4 dicas para parar de ser trouxa nos relacionamentos

Em relacionamentos saudáveis, as duas pessoas precisam ter voz. Mas o que isso significa? Ter uma voz significa que você é capaz de se comunicar e compartilhar coisas sobre você e como você se sente. Quando apenas uma pessoa tem uma voz, o relacionamento fica fora de equilíbrio e se torna completamente insalubre.

Em resumo: você se torna um trouxa.

Acha que se encaixa nessa situação? Há algumas coisas que você pode fazer para criar a sua própria voz dentro desse relacionamento, afinal, muitas vezes a culpa de você não ter presença no namoro não é da outra pessoa, é sua. Porém, mesmo assim, para o namoro dar certo a outra pessoa também precisa estar disposta a equilibrar as coisas.

Veja 4 dicas para parar de ser trouxa nos relacionamentos, de acordo com os psicólogos do Mental Health America:

Promova respeito

4 dicas para parar de ser trouxa nos relacionamentos

Tente mudar sua mentalidade para mostrar a pessoa que está com você que você é igual a ela. Lembre-se de que você tem o direito de estar em um relacionamento equilibrado e poder se expressar honestamente. Se sua voz não foi ouvida por algum tempo, é possível que você e sua parceira estejam presos em uma rotina. Porém, pelo hábito, no início ela pode se surpreender se você falar e esperar que ela ouça. Mas, com o tempo, você vai perceber que dizer o que você está pensando e o que você quer vai se tornar cada vez mais fácil – mas tome cuidado para não confundir atitude com grosseria e arrogância.

Converse sobre isso

4 dicas para parar de ser trouxa nos relacionamentos

Encontre um bom momento para você e sua namorada conversarem honestamente e sem interrupções antes de uma briga acontecer. Então, diga o que você sente. Se ele começar a descartar seus sentimentos ou falar em cima de você, com calma, peça para que ela ouça. Como você ficou sem voz no relacionamento por muito tempo, é possível que ela esteja acostumada a sempre tomar decisões e falar mais e, por isso, inconscientemente, ela queira repetir o padrão. É claro que ela também pode agir dessa forma por falta de caráter – vamos falar disso mais pra frente – mas, se for apenas hábito, peça para que ela te escute e diga que você sente falta disso.

Não se perca na outra pessoa

4 dicas para parar de ser trouxa nos relacionamentos

Você pode ter perdido sua voz se a sua identidade inteira se perdeu na sua namorada. Se a sua namorada sempre parece ter um problema, por exemplo, e você é sempre o apoio dela, quem “conserta” as coisas e quem nunca recebe a mesma atenção e ajuda em retorno, você pode estar em um relacionamento co-dependente. De acordo com a Mental Health America, pessoas que são co-dependentes geralmente desenvolvem relacionamentos unilaterais e às vezes abusivos. Os co-dependentes gostam de resgatar os outros e podem estar envolvidos com indivíduos extremamente abusivos. Então, fale com um profissional se você acredita que mostra sinais de co-dependência.

Não tenha medo de terminar se sentir que não está feliz

4 dicas para parar de ser trouxa nos relacionamentos

Lembre-se que a única pessoa que você pode mudar é você mesmo. Se você tentou fazer mudanças em você, você criou uma voz no relacionamento e as coisas ainda não estão melhorando, é hora de reavaliar esse namoro ou casamento. Você precisa decidir se realmente deseja permanecer com alguém que não te valoriza e não valoriza seus sentimentos ou opiniões. Se ela sabe como você se sente e não está disposta a fazer mudanças, as coisas provavelmente não irão melhorar, então, é melhor sair desse relacionamento para buscar a felicidade com você mesmo.

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »