Dores musculares: como evitar?

Dores musculares: como evitar?


Uma das maiores reclamações das pessoas ao começar a fazer algum exercício são as famosas dores musculares. Aquela dor que você sente nos músculos 24h ou 48h depois do treino – e por isso é conhecida como “dor do dia seguinte” – tem motivo e principalmente, tem como ser evitada.

Qual a melhor alimentação pós-treino?
+ 13 Dicas simples para comer menos e perder peso

Agora você vai aprender como não passar mais por momentos ridículos como não conseguir esfregar o shampoo no banho depois da musculação ou andar como uma senhora reumática no dia seguinte àquela corrida de rua que você foi “só pra ter a camiseta”.

A causa

A causa - Crédito: Reprodução
Quando treinamos, os músculos sofrem microlesões. Isso é normal. É como se causássemos um estresse na nossa musculatura. Com horas de repouso e alimentação adequada, nós nos recuperamos e passamos a aguentar um pouco mais de carga, pois os músculos passam a se preparar para aquele estresse que você o fez passar.

Para melhorarmos nosso condicionamento, temos que ir aumentando ligeiramente a carga do nosso treino a cada dia. É o tal do “de grão em grão a galinha enche o papo”.

Lembra da dica do professor, de “começar devagar” e ir aumentando a intensidade do treino aos poucos? Pois é. Você não seguiu, deu nisso. A dor do dia seguinte aparece após fazermos um treino muito mais intenso do que estamos acostumados.

Ok, a endorfina te deu confiança, você se sentiu bem e exagerou. Compreensível. Mas não é bom fazer isso sempre, pois os músculos podem precisar de até uma semana de repouso pra se recuperar, o que vai impedir você de treinar por uns dias, atrapalhando todo o seu progresso.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Como evitar

Como evitar - Crédito: Reprodução
Um dos grandes motivos para treinar mais pesado do que nosso corpo está acostumado é a tal da vaidade. Sim, tem muita gente que simplesmente pira na sensação bem estar que o exercício proporciona e acaba passando dos limites sem querer.

Mas tem muita gente (98% das vezes, homens) que fica com vergonha de treinar com menos peso do que os outros. Aí o espertão se mete a aumentar radicalmente os pesos dos exercícios num espaço de tempo muito curto. O resultado disso é uma postura horrorosa (adeus coluna, ombros, joelhos e quadris) e dores musculares.

A melhor maneira de se prevenir a dor do dia seguinte é ter paciência e aumentar aos poucos a intensidade dos seus treinos. Além disso, beber muita água e ter uma alimentação equilibrada tanto nos dias de treino, quanto nos dias de repouso, é fundamental.

Texto colaborativo de Diego Paladini. Personal trainer, mestre em Educação Física e MBA em Marketing. Cansado de ver tanta gente sedentária, resolveu dar dicas sobre como ter mais qualidade de vida na correria do dia a dia (Confira mais dicas em Saúde na Rotina).

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »