3 Novos sintomas de Coronavírus são reconhecidos (Covid-19)

sintomas covid

Nos últimos dias, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), que funciona como uma agência dos Estados Unidos para proteção da saúde pública e segurança da população reconheceu e adicionou três novos sintomas à lista de sinais relacionados à covid-19.

Desta forma, agora a instituição americana considera também estes três itens: Congestão nasal; Náusea; Diarreia.

Assim, estes sintomas entraram no rol de reações do corpo que sugerem infecção pelo novo coronavírus.

Aliás, com esta nova adição, a adição, a lista atualmente totaliza 12 sintomas. Além dos três novos, o CDC considera também estes sinais:

  • Febre;
  • Calafrios;
  • Tosse;
  • Dificuldade de respirar;
  • Cansaço;
  • Dores musculares;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de garganta
  • Perda de olfato e paladar.

Vale lembrar que os sintomas podem ter diferentes graus de intensidade, indo dos mais leves até os muito severos. Eles podem se manifestar no corpo de dois até 14 dias depois da exposição ao vírus.

Sintomas frequentes de Coronavírus

Estudo aponta qual é o sintoma mais comum em casos de coronavírus (Covid-19)

Juntamente com isso, por ser uma doença ainda nova na literatura médica, as descobertas ainda estão sendo reveladas enquanto sofremos com a Pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A saber, recentemente a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou alguns dos sintomas que tem aparecido para o novo coronavírus (Covid-19), em ordem de frequência nos infectados:

  • Perda parcial ou total de olfato – 87,2% (sintoma mais comum de coronavírus)
  • Dor de cabeça – 70,1%
  • Entupimento nasal – 64,2%
  • Dores musculares – 61,8%
  • Coriza – 59%
  • Tosse – 58,4%
  • Problemas no paladar – 56,4%
  • Dor de garganta – 51,6%
  • Perda de apetite – 47,5%
  • Gotejamento pós-nasal – 47%
  • Dificuldade de respirar – 46,2%
  • Dor no rosto -43,3%
  • Diarreia e dor abdominal – 42,3%
  • Febre – 40,6%
  • Dor nas articulações – 39%
  • Disfonia – 26,7%
  • Dor de ouvido – 25,3%
  • Disfagia – 20,6%
  • Náusea/vômito- 18,7%
  • Catarro – 14,4%
  • Dor no peito – 9,2%

Além disso, os médicos estão observando que os dedos dos pés também podem indicar quando as pessoas estão (ou foram) infectadas pelo coronavírus.

Segundo o Business Insider, a comunidade dermatológica apelidou o fenômeno de “dedos da Covid”, em referência ao inchaço e inflamação nos dedos dos pés.

Assim, a Academia Americana de Dermatologia (AAD) lançou um processo para coletar informações de dermatologistas que estejam observando sinais do vírus no corpo.

Fonte: Exame

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »