Descubra o segredo para melhorar sua criatividade e ganhar muito dinheiro

Descubra o segredo para melhorar sua criatividade e ganhar muito dinheiro

Criatividade é a chave para fazer dinheiro. Em qualquer cenário, em qualquer época e até mesmo em tempos de crise, ser criativo é indispensável para enxergar uma luz no fim do túnel e começar um negócio de sucesso. Porém, muita pessoas acreditam que criatividade é um dom e que nem todo mundo nasce com esse talento. Você acha isso? Bom, então saiba que você está enganado.

Algumas descobertas científicas provam que para ser criativo você precisa exercitar a sua mente. Mas, antes, vamos definir o que é criatividade. Segundo a ciência, ela pode ser separada em três palavras:

A primeira delas é “insight”, uma palavra em inglês para expressar aquele click que dá na cabeça quando temos uma ideia. Imagine que você tem só duas horas para criar um programa de televisão. Pior: ele tem que ser engraçado. Por onde você começaria? Esse click acontece no lado direito do cérebro. Na hora em que temos uma boa sacada, surge dessa parte do cérebro uma descarga de ondas cerebrais de alta energia, chamadas de ondas gama.

“A gente descobriu que os neurônios do lado esquerdo do cérebro são diferentes dos neurônios do lado direito. Os dendritos, a parte do neurônio que coleta informações, se organiza de forma diferente do lado direito do cérebro, possibilitando conexões diferentes que proporcionam o surgimento da ideia”, explica um pesquisador entrevistado em uma edição do programa Fantástico em 2014.

A segunda palavra que define criatividade: pensamento divergente. Quantas ideias você consegue ter a partir da mesma coisa? Quantos usos diferentes você conseguiria imaginar para uma panela, além de cozinhar, é claro? E o carnavalesco Paulo Barros? O que faria?

“Eu lembro que uma vez, passando na rua, eu vi desembarcar de um caminhão toneladas de panelas. Em 2005, eu precisava fazer uma referência ao mundo de Oz. Vou fazer um carro alegórico que represente o homem de lata e vou usar aquelas panelas que um dia eu enxerguei no meio da rua. Criatividade exatamente vem daí. É você surpreender o outro a partir de uma forma conhecida”, lembra um carnavalesco que precisava criar um carro alegórico para um determinado samba-enredo.

Todo mundo é capaz de exercer a criatividade

Descubra o segredo para melhorar sua criatividade e ganhar muito dinheiro

Pensar diferente faz parte do processo criativo. Segundo o cientista entrevistado pelo Fantástico, você não precisa ser inteligente para isso. Para provar, ele começou a fotografar cérebros.

Todo cérebro é composto de massa cinzenta e massa branca. A massa cinzenta são os neurônios. E são os choques que os neurônios dão uns nos outros que fazem a gente pensar. A massa branca é um conjunto de células que dá apoio a essa massa cinzenta. Ela serve para proteger, dar forma, isola eletricamente. Quanto mais massa cinzenta, maior a capacidade dos neurônios de fazer ligações rápidas e diretas. Isso é inteligência. Mas os cientistas descobriram que o cérebro criativo não segue esse padrão.

“Para a criatividade, a quantidade de massa cinzenta importa menos. O que importa é quantidade de massa branca. E quanto menos, melhor”, diz o cientista. A massa branca organiza a massa cinzenta, e quanto menos massa branca, mais desorganizado é o cérebro. Um cérebro desorganizado te leva a viajar, fazer várias associações improváveis. E ter respostas mais criativas. Assim, você vai além do obvio.

A terceira palavra que define criatividade é improviso. Um cientista colocou músicos de jazz em aparelhos de eletroencefalograma. Ele queria ver o que acontece no cérebro quando esses músicos improvisam. Ele descobriu que há mudanças na parte da frente do cérebro cada vez que tocam de improviso.

A parte da frente é responsável por nos manter conscientes e tomar as decisões racionais. É meio a babá do nosso cérebro. Para que o improviso aconteça, essa área precisa estar relaxada. Para deixar outras áreas do cérebro atuarem.

O segredo para desenvolver a criatividade

Descubra o segredo para melhorar sua criatividade e ganhar muito dinheiro

O professor de design gráfico Brad Hokanson, da Universidade de Minnesota, foi entrevistado pela revista Galileu e tem a resposta para quem se pergunta como é possível incentivar a auto-criatividade. Veja a entrevista completa:

A criatividade é para todo mundo?

Algumas pesquisas mostram que a criatividade é parte das habilidades mentais. Todo mundo a usa na hora de resolver problemas que encontramos no dia a dia. A gente só não reconhece isso como criatividade. Nós não devemos pensar que não somos criativos só porque não estamos produzindo arte ou inventando alguma coisa como Einstein. Na verdade, somos bem inventivos e criativos em muitas coisas. Por isso, devemos reconhecer a criatividade e trabalhá-la. Todo mundo consegue. Criatividade se adquire com prática.

De certa maneira, para ser criativo é preciso desafiar alguns padrões. Você acha que as pessoas têm medo de serem criativas por conta disso?

Acho. Uma das características da criatividade é que ela difere do normal, da rotina. Ou seja, temos que ser corajosos para propor coisas novas, seja vestindo meias diferentes, ou comendo de uma forma inusitada. Às vezes, nos sentimos limitados pela sociedade, sejam colegas de trabalho com regras rígidas ou uma família muito tradicional, mas todos devem estar abertos a resolver problemas de forma diferente dentro do seu próprio contexto.

As pessoas acham que criatividade é uma coisa ligada às artes, só músicos, pintores e designers podem ser criativos. Por que é errado pensar assim?

Artistas, designer e músicos são sortudos por terem uma vida cercada de criatividade. Mas acho que as pessoas erram ao isolar a criatividade em certos campos e não incorporar isso na vida. Meu pai era pedreiro, ele era muito bom em inventar e consertar coisas. Apesar de achá-lo criativo, ele nunca pensou nele mesmo desta forma. Não era arte, mas ele estava resolvendo problemas e inventando coisas.

Falta de criatividade é associada com uma visão de mundo mais limitada. Como as pessoas podem se livrar desse tipo de visão?

Uma das formas de aumentar nosso potencial criativo é nos expondo a ambientes, coisas e pessoas diferentes. Algumas pesquisas mostram que nossas memórias e experiências em lugares diferentes podem nos ajudar a resolver os problemas de onde vivemos. As pessoas podem ter visões limitadas em seus ambientes de trabalho, por exemplo, mas podem mudar as coisas tendo certeza de que atingiram os limites por lá.

Ou seja: basta ser criativo para conseguir ser criativo! Boa sorte.

Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »