Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Sofrer por amor é uma realidade para muitas pessoas. Infelizmente. Quem nunca sofreu, um dia vai sofrer. Mas calma: uma das boas notícias é que ninguém morre por sofrer de amor – pelo menos, ninguém provou.

A outra boa notícia é que você consegue parar de sofrer por amor.

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Bom, não parar de fato, mas aprender a lidar com seus sentimentos e emoções e realmente adquirir inteligência emocional para conseguir parar de sofrer por absolutamente qualquer coisa.

Leia e absorva conhecimento sobre o assunto

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Uma boa forma de conseguir adquirir inteligência emocional é lendo sobre o assunto e se conhecendo através das palavras de terceiros.

Ao ler e expandir a sua mente, você consegue elaborar auto-crítica e até analisar os próprios comportamentos.

O Edson Castro e o Leonardo Filomeno, criadores do Manual do Homem Moderno, acabaram de publicar um livro para te ajudar neste processo. O Guia Definitivo Para Não Quebrar a Cara: (ou Pelo Menos Tentar) reúne os melhores conselhos, toques verdadeiros que dispensam palavras gentis e tapinhas de boa sorte nas costas.

Às vezes, o que a gente realmente precisa é de um bom tapa na cara para acordar para a vida.

Entenda a essência da dor

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Todos nós sentimos dor. Essa dor pode resultar da perda de um ente querido, da perda de um emprego, do término de um relacionamento, de um acidente de carro ou de qualquer outro tipo de trauma ou situação.

A dor é inevitável. Faz parte do ser humano. Muitas vezes, no entanto, aumentamos nossa dor e criamos sofrimento, de acordo com Sheri Van Dijk, MSW, em seu livro Calming the Emotional Storm: Usando Habilidades de Terapia Comportamental Dialética para Gerenciar Suas Emoções e Equilibrar Sua Vida.

No livro, Van Dijk se concentra em quatro conjuntos de habilidades em terapia comportamental dialética (DBT), que foi desenvolvido pela psicóloga Marsha Linehan, Ph.D. Van Dijk compartilha idéias sobre tudo, desde validar nossas emoções até ser mais eficaz em nossas vidas, passando por uma crise, até melhorar nossos relacionamentos.

Aceitar a realidade não é abaixar a cabeça, é abraçar o que você não pode mudar

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Esta é uma das maiores dicas para parar de sofrer por amor.

Nós criamos sofrimento por não aceitar a realidade. Por exemplo, dizemos coisas como “Não é justo”, “Por que eu?”, “Isso não deveria ter acontecido” ou “Eu não aguento mais!”, Escreve Van Dijk, uma terapeuta de saúde mental em Sharon, Ontário, Canadá.

Nosso instinto é lutar contra a dor, ela escreve. Normalmente, esse instinto é protetor. Mas nos casos de dor, dá errado. Podemos evitar nossa dor ou fingir que ela não está presente.

Podemos nos voltar para comportamentos não saudáveis. Nós podemos refletir sobre o nosso sofrimento, sem fazer nada sobre isso. Podemos nos voltar para substâncias para esquecer a dor.

Em vez disso, a chave é aceitar sua realidade. “Aceitação significa simplesmente parar de tentar negar a sua realidade e realmente reconhecer isso”, escreve Van Dijk.

Aceitação não significa que você aprova uma situação ou que você não quer que ela mude. Aceitação também não é sinônimo de perdão. Não tem a ver com mais ninguém.

“É reduzir o seu próprio sofrimento”, escreve Van Dijk. Então, se você foi passado para trás, traído, tratado mal ou se simplesmente ouviu coisas ruins, você não precisa perdoar a pessoa que “abusou” de você. Aceitação significa aceitar que o ruim ocorreu.

“A aceitação é simplesmente se você quer ou não continuar gastando tanto tempo e energia experimentando todas essas emoções dolorosas sobre uma situação”, escreve ela.

O perdão é opcional, segundo Van Dijk. Mas a aceitação é necessária para seguir em frente.

Aceitar não é ser fraco

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

A aceitação também não significa desistir ou ser passivo sobre uma situação. Você precisa saber disso para parar de sofrer por amor.

Por exemplo, Van Dijk compartilha o exemplo de uma mulher que estava namorando um homem que não queria se casar ou ter filhos. No entanto, ela queria. Ela esperava que ele mudasse de ideia.

Depois de dois anos juntos, ela percebeu que precisava aceitar a realidade da decisão de seu parceiro. E ela teve que decidir se deveria permanecer no relacionamento ou encontrar alguém que quisesse as mesmas coisas.

Como Van Dijk escreve: “Não podemos agir para mudar as coisas até reconhecê-las como elas realmente são”.

Aceitação é poderosa. Quando aceitamos a realidade, nossa raiva tende a diminuir. A dolorosa situação perde o poder que tem sobre nós. Enquanto a dor não vai embora, o sofrimento faz.

Veja uma lista de dicas e conselhos de como finalmente parar de sofrer por amor:

Assuma o compromisso de parar de sofrer por amor

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Assuma o compromisso de aceitar a realidade de uma determinada situação.

Observe quando você se encontra lutando e dizendo coisas como “Mas não é justo”. Não se julgue por não ser capaz de aceitar sua realidade.

É natural que nossos pensamentos voltem a esse lugar. Como aprender qualquer habilidade nova, é preciso tempo, prática e paciência para parar de sofrer por amor. A aceitação não acontece da noite para o dia. Situações mais dolorosas levarão mais tempo e prática.

Tenha um foco

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Refocalize a aceitação. Lembre-se de que você está aceitando e por que isso é importante para você. Você pode dizer para si mesmo: “É o que é. Eu decidi trabalhar em aceitar esta situação porque eu não quero mais ter esse poder me dominando. Eu vou continuar trabalhando para aceitar isso.”

Faça uma lista

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Faça sua própria lista de coisas que você gostaria de aceitar. Comece pequeno com situações menos dolorosas. Isso ajuda você a praticar e constrói sua confiança.

Por exemplo, comece aceitando que você fica preso no trânsito, precisa andar até o ponto de ônibus todos os dias, precisa se alimentar melhor e etc. Comece aceitando coisas pequenas até se fortalecer. Aceite o que você não pode mudar.

Quebre a lista em pequenos objetivos

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Tente dividir situações esmagadoras em partes menores que sejam mais fáceis de aceitar.

Esta é uma dica boa inclusive para criar novos hábitos ou realizar objetivos! Nós já falamos sobre isso aqui, veja a matéria completa.

Concentre-se no presente

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Não tente aceitar algo no futuro, como “você nunca terá um relacionamento de longo prazo”.

Não temos ideia do que o futuro nos reserva. Em vez disso, você pode aceitar que atualmente não está em um relacionamento – se isso está lhe causando sofrimento.

Não tente aceitar julgamentos, aceite a realidade

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Van Dijk trabalhou com uma mulher que disse que estava tendo dificuldade em aceitar que ela é uma pessoa ruim.

Ela chegou a essa conclusão porque usava drogas e não podia aceitar ajuda de entes queridos. Mas o que ela realmente precisava era aceitar essas realidades – não o julgamento de supostamente ser uma pessoa ruim.

Tente enxergar padrões na sua vida

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Este é o ponto mais importante para parar de sofrer por amor.

Tente ver se se apaixonar por alguém que não te ama de volta é um padrão em sua vida.

Segundo o psicólogo Phillip Shaver, apaixonar-se por alguém que irá rejeitá-lo pode ser um padrão repetido para algumas pessoas.

Isso pode ser particularmente verdadeiro se você teve repetidas experiências na infância com o que é chamado dentro da psicologia de “apego inseguro”, isto é, uma sensação de que os adultos de quem você depende não estão regularmente acessíveis nos momentos em que você mais precisa deles (é importante notar que isso não é resultado de um pai que não responde a todas as necessidades da infância imediatamente ou exatamente da maneira que uma criança quer).

Uma maneira de pensar sobre isso é perguntar a si mesmo se você já se apaixonou por alguém que o rejeitou antes.

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Tente avaliar honestamente se há algum tipo de padrão. Se houver, você pode estar tentando encontrar alguém que irá desfazer a dor das rejeições ou abandono da infância; mas, infelizmente, em muitos casos, nessas situações, acabamos inconscientemente escolhendo alguém que repete e que não desfaz o padrão, reforçando sentimentos de que você realmente é indigno de amor, como talvez você acreditasse quando criança; ou que você está condenado a ser desapontado, rejeitado e abandonado.

Você pode ficar mais convencido do que nunca de que simplesmente não pode confiar em ninguém. De qualquer maneira, sua escolha provavelmente acabará confirmando seus medos de abandono, em vez de proporcionar uma nova experiência.

Mais uma vez, sofrer por amor faz parte de todas as nossas vidas. No entanto, criamos sofrimento desnecessário quando não aceitamos a realidade.

Nós nos impedimos de fazer mudanças saudáveis. Quando praticamos a aceitação, nos deixamos seguir em frente, abrimos a porta para a liberdade e damos passos para melhorar nossas vidas.

Aceitação pode ser difícil. Mas é algo que podemos praticar. Não tenha medo mergulhar em seus sentimentos – e viva o luto, ele também é importante.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »