Como chegar em uma mulher na balada

Como chegar em uma mulher na balada
Créditos: pinterest

Você está se arrumando para sair de casa, e a mesma dúvida surge na sua mente: como chegar em uma mulher na balada?

É uma pergunta que te incomoda com frequência? Você acha que não sabe mesmo como chegar em uma mulher na balada? Fica nervoso? Não sabe o que falar? Começa a se tremer todo e se atrapalha?

Bom, antes de tudo você precisa relaxar. Aprenda a relaxar e, além disso, lembre-se de não levar tudo tão a sério.

Como chegar em uma mulher na balada: beijar é o de menos

Como chegar em uma mulher na balada

Podem te falar o contrário, mas a balada não é um campo de batalha, não é um ringue e muito menos uma selva repleta de animais para a caça. Pare de acreditar nesse “papo palestrinha” sobre a “arte da conquista”.

Pare de colocar tanto peso e tanta importância no simples ato de conhecer gente nova. Pare de se cobrar tanto.

Para saber como chegar em uma mulher na balada – ou em qualquer lugar – você precisa, antes de tudo, saber como existir.

Se reconhecer como indivíduo, como um ser interessante, um ser único nas suas qualidades e defeitos – e reconhecer esses pontos nas mulheres.

Quando você perceber que o mais interessante na hora de chegar em uma mulher na balada – ou, de novo, chegar em uma mulher em qualquer lugar – é o fato de conhecer uma pessoa nova, e não apenas marcar mais um beijo na sua lista ou mais uma transa na sua meta de conquistas, você vai se tornar alguém muito melhor e a sua vida vai se tornar muito mais fácil.

Dito isso, vamos aos próximos pontos!

Como chegar em uma mulher na balada: não toque

Como chegar em uma mulher na balada

Na parte prática, o ponto mais importante da abordagem é não tocar.

Não invadir o espaço da garota e nem chegar segurando o braço dela ou a puxando pela mão ou pelo ombro.

Ninguém gosta de ter o seu espaço invadido, e fazer isso, além de ser extremamente desagradável, também pode assustar a menina e deixá-la desconfortável.

Então, não toque. Experimente chegar depois do contato visual – que, aliás, é o próximo passo.

Como chegar em uma mulher na balada: troque olhares

Crédito: Reprodução

O primeiro contato deve ser visual.

Viu uma garota interessante? Então, olhe para ela de um jeito natural e leve. Isso é importante para ela identificar a sua presença e não se sentir surpreendida (de uma maneira negativa) quando você se aproximar.

Além disso, a troca de olhares vai te trazer mais confiança para abordá-la, afinal, se ela está de olhando de volta e demonstrou algum interesse apenas com o olhar ou com um sorriso, a chance de você conseguir começar um diálogo é bem maior.

Mas não olhe para a mulher de um jeito psicopata ou invasivo, tá? Não a fique encarando sozinho de um canto distante. Olhe para ela, passe por ela de forma natural e a observe de forma fluída.

Aproxime-se de maneira natural

Como chegar em uma mulher na balada

A aproximação também tem que ser natural ou divertida. Não chegue na garota pedindo um beijo logo de cara. Demonstre interesse nela, curiosidade, um desejo genuíno de conhecê-la.

Afinal, como falei anteriormente, o mais legal de conhecer uma pessoa nova é o fato de conhecer uma pessoa nova.

Tenha esse sentimento como base! Peça licença, diga “oi” e pergunte o nome dela. Sempre sorrindo, de uma maneira convidativa e simpática, não nervosa ou ansiosa.

Pergunte sobre a balada em si! Mas fuja do óbvio: evite a pergunta “você vem sempre aqui?” e tente trocar a abordagem por algo como: “Eu nunca te vi por aqui! Tenho certeza que eu lembraria de você…quais baladas você gosta de frequentar?”

Lembre-se: faça perguntas! Não puxe assunto terminando as frases com um ponto final. Deixe a pergunta aberta para uma resposta que vá além do “sim” ou “não”, afinal, perguntas abertas fazem com que a conversa continue fluindo.

Escute. Converse.

Como chegar em uma mulher na balada

A música está alta e você não consegue ouvi-lá direito? Pergunte se vocês podem se afastar um pouco do barulho para conseguirem conversar.

Mas não faça isso de um jeito que demonstre segundas intenções! Pelo contrário, tente reforçar que você quer saber mais sobre ela. Diga algo como: “Eu realmente quero saber mais sobre você! mas a música está muito alta. Vamos ali no bar?”.

Demonstrar interesse é fundamental em qualquer área da vida não só para “pegar alguém”.

Demonstrar interesse e realmente se interessar em conhecer alguém é interessante porque cada pessoa é um mundo, é um universo.

Quando você entender isso e realmente se encantar com a ideia, demonstrar interesse não será algo forçado, será algo genuíno.

O beijo vai ser natural

Como chegar em uma mulher na balada

Se você realmente entendeu o que eu quis dizer nos itens acima e se realmente se comportar da maneira exemplificada, o beijo vai ser natural. Acredite.

O mais importante na hora de saber como chegar em uma mulher na balada é saber estabelecer uma conexão verdadeira. É ser verdadeiro. Se você seguir os passos anteriores, a conversa vai fluir com naturalidade, assim como o beijo.

Por outro lado, se o beijo não rolou ou se a garota disse que não está afim de beijar alguém por qualquer motivo, respeite.

Continue a conversa, seja um cara legal, mantenha o papo de um jeito leve, afinal, se você começou a conversar com ela com o interesse verdadeiro de simplesmente conhecer alguém novo, por que deveria se incomodar com a falta de um beijo?

Além do mais, a balada continua, a festa não acabou. Quando a conversa estiver caminhando para um fim, peça o telefone dela apenas para continuar aquele contato de alguma maneira e parta para a outra. O mundo é gigante, e a pista de dança também.

Boa sorte!

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »