Beijar não transmite herpes e ainda serve como vacina para 5 doenças

shutterstock


Se você, assim como eu, foi instruído a tomar cuidado com quem beija, para evitar pegar herpes ou sapinho, esqueça tudo que disseram. Não só o ato de beijar não transmite os males descritos, como ainda serve como vacina para outras 5 doenças.

Quem concluiu isto foi o demartologista Dr. Sílvio Boraks, ao afirmar que o beijo na boca é benéfico para o organismo e o a juda a criar imunidade para algumas doenças, funcionando como uma espécie de vacina.

“Quando beijam na boca, as pessoas entram em contato com micro-organismos estranhos ao seu organismo, o que provoca a formação de anticorpos. Claro, desde que estejam em bom estado de saúde, sem ferimentos na região e sejam imunocompetentes – ou seja, capazes de produzir respostas imunológicas a antígenos”, explica o Dr. Silvio.

De acordo com o especialista em estomatologia, o ato de beijar ajuda a criar imunidade para estas doenças:

Mononucleose infecciosa
hepatite A
caxumba
sarampo
gripe

shutterstock
Além disso, o Sílvio contraria a clássica afirmação de que beijar transmite doenças como herpes ou sapinho. Sapinho é um fungo natural do ser humano, presente na flora bucal de todos. Já herpes é um vírus que, normalmente, se adquire nos primeiros anos de vida e atinge de 85% a 90% da população mundial. Ambas as doenças só aparecem quando há uma imunidade baixa no corpo humano, e não no contato físico, revela o especialista.

“Cerca de 90% dos adultos já tiveram contato com um dos dois tipos do herpes-vírus (tipo 1, simples, e tipo 2, mais comum na região genital) , embora só um em cada dez infectados manifeste a doença (nos outros, o vírus fica no corpo, mas permanece inativo)”, aponta o  dermatologista Omar Lupi.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Mas, isto não significa que sejam inofensicos. Se não tratada, a herpes pode chegar ao cérebro. Em relação ao sapinho, o problema é a falta de informação.

“Há uma tendência em chamar toda manchinha branca na boca de sapinho, quando na realidade pode se tratar de uma leucoplasia, lesão esbranquiçada que precede o câncer e que também não tem nada a ver com beijo”, afirma o Dr. Silvio.

Agora que você descobriu que o beijo faz bem à saúde, não dá herpes e ainda serve como vacina, mãos à obra. Mas, antes de sair beijando a torto e direito, vale uma ressalva. Algumas doenças podem ser transmitidas por beijo, principalmente quando estamos com baixa imunidade, ou com feridas e bolhas na região.

“Boa parte das doenças infecciosas são transmitidas por vias respiratórias. Quando a gente está doente, podemos transmitir a doença através da tosse, espirro ou beijo”, diz o médico e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm), Renato Kfouri.

Fonte: Mundo Conectado, Isto É

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »