Quatro passos para aprender com seus erros e se tornar um bom profissional

Quatro passos para aprender com seus erros e se tornar um bom profissional

É errando que se aprende, errar é humano, todo mundo erra. A história da humanidade é repleta de ditados sobre a importância de cometer erros e aprender com eles, mas, mesmo assim, parece que quando erramos tudo o que pensamos é o quão péssimo nós somos.

Na hora do erro, a gente se sente horrível. Incapaz. Parece que nada nunca mais vai dar certo na nossa vida e a imagem de nós mesmos se transforma diante dos nossos olhos. De repente, a gente se sente inútil.

Se aprender com seus erros parece uma tarefa impossível, veja essas dicas de como agir depois de ferrar tudo e comece a mudar de ideia:

Antes de tudo, entenda como o seu cérebro funciona!

Em fevereiro de 1996, num jogo de xadrez histórico entre homem e máquina, o Campeão do Mundo Gary Kasparov derrotou o Deep Blue, um programa de computador desenvolvido pela IBM ao longo de seis anos e com milhões de dólares de pesquisa.

Enquanto Deep Blue calculava cerca de 100 milhões de combinações de xadrez possíveis em um segundo e previa até 25 movimentos antecipados, Kasparov só podia dar conta de 3 movimentos por segundo.

Então como ele derrotou o Supercomputador? Bem, a resposta está em como nosso cérebro aprende coisas.

Quando cometemos um erro, um conjunto de neurônios dispara em nosso cérebro para estabelecer um novo caminho neural para nos impedir de repetir esses erros.

Uma má memória é formada como uma barreira. Mais forte a memória, menor é a chance de repetir erros. Este sistema é tão infalível que em questão de poucas horas nossa mente pode ser configurada para nunca seguir o caminho errado outra vez.

Deep Blue estava lidando com algoritmos enquanto Kasparov simplesmente tinha suas memórias para o impedir de fazer movimentos errados.

Cada uma dessas decisões envolvia algoritmos complexos e numerosos cálculos pequenos, que simplesmente se transformam em resultados instintivos. Em outras palavras, se você aprender com seus erros, seu cérebro pode resolver problemas inimaginavelmente complexos e difíceis.

Então, se a mente humana, sem dúvida a máquina mais sofisticada do mundo, faz isso, por que você não pode aprender com seus erros?

Bom, infelizmente nem todo mundo que erra consegue instantemente aprender com os erros porque nem todo mundo desenvolveu as técnicas necessárias pra isso.

Quer saber quais são elas?

Vamos lá:

Anote seus erros

Quatro passos para aprender com seus erros e se tornar um bom profissional

Sempre que você fizer um trabalho pela primeira vez, anote exatamente quais dificuldades encontrou e o que você fez para superar cada uma.

Anote. De verdade. Não precisa ser no papel, pode ser no bloco de notas do seu computador ou no seu celular – o importante é anotar.

Aprenda com os erros de seus colegas

Quatro passos para aprender com seus erros e se tornar um bom profissional

Não espere que você cometa um erro, preste atenção nos erros dos outros e aprenda com eles. Analise os erros dos seu amigos e colegas de trabalho e crie cenários para solucionar esses problemas.

Observe atentamente as coisas que deram errado e como eles resolveram os problemas. Você também pode ler livros sobre o assunto e ver depoimentos de pessoas que conseguiram aprender com seus erros. A experiência é fundamental para o cérebro saber como agir no futuro.

Faça sua check list

Quatro passos para aprender com seus erros e se tornar um bom profissional

Essa lista será uma combinação de todos os possíveis erros que você encontrou nas etapas 1 e 2: agora sim você começa a aprender com os seus erros.

Um pouco de imaginação é necessário para pensar o que também pode dar errado por extensão e prever possíveis erros inesperados.

Isso é ótimo para você programar seu cérebro e, da próxima vez que tomar uma ação parecida, saber o que pode dar errado.

Nunca seja complacente

Quatro passos para aprender com seus erros e se tornar um bom profissional

Tome cuidado: muitas pessoas são complacentes quando tentam prever erros futuros. Você deve entender que os problemas, na maioria das vezes, surgem de lugares inesperados e do excesso de confiança.

Conheça seus erros

Em vez de tentar justificar ou negar, conheça e aceite seus erros. Todo mundo que chega no topo e se firma lá reconhece quando erra e não joga a culpa nos outros e nem tenta diminuir os problemas.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »