7 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar

Quem vê de fora pensa que a gente é a geração da desculpa: “Sinto muito, mas tenho uma pergunta.”,”Me desculpe, posso entrar?”,”Desculpe, estava trabalhando e não pude ver sua mensagem antes”.

Será que você realmente tem que pedir desculpas por tudo?

A menos que você seja perfeito (e ninguém é), as desculpas são uma parte necessária da vida, e essas duas pequenas palavras – “Me desculpe” – são bastante poderosas. Dizer isso nos liberta da culpa de ter ofendido alguém; restaura um senso de confiança entre as duas partes; e nos ajuda em vários aspectos da vida porque transmite empatia.

Mas, como o chocolate, muito “me desculpe” é, bem, ruim. Desculpas em excesso – por exemplo, em uma reunião, dizer coisas como “Sinto muito, isso é uma coisa tão estúpida para perguntar, mas …” ou pedir desculpas quando alguém passa na sua frente no mercado pode transmitir falta de confiança e competência, diz Deborah Tannen, professora de linguística da Georgetown University e autora do livro “You Just Do not Understand: Women and Men in Conversation”.

Veja 18 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar:

Por dizer o que sente

7 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar

Você não pode evitar sentimentos, porém, calma: isso não significa que você pode sair por aí magoando os outros baseado nas coisas que sente. Porém, se seus sentimentos são genuínos e honestos, você não deve de desculpar por dizer o que sente.

“Dizer às pessoas o que você pensa e sente é uma responsabilidade em qualquer relacionamento. Ao deixar alguém saber como se sente, está ajudando essa pessoa a entender. É isso mesmo “, diz Donna Flagg, autora do livro “Surviving Dreaded Conversations”.

Mas tem hora pra tudo. Por exemplo, o momento em que a reunião de estratégia de quinta-feira não é o lugar ideal para abrir todas as feridas de infância não resolvidas. O escritório de um terapeuta seria melhor. Mas o “eu estou chateado com isso” ou “eu me sinto desconfortável com ___” é perfeitamente legítimo, diz Flagg.

Isso também se aplica ao pedido de perdão por ser “hipersensível”, acrescenta Breines. Quando pedimos desculpas por estarmos machucados, minimizamos-nos numa tentativa equivocada de proteger os outros.

Sua aparência

7 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar

Quando entramos em mea culpas por, por exemplo, parecermos cansados, estarmos com o cabelo bagunçado, ou vestirmos uma roupa diferente, estamos realmente expressando uma falta de autocompaixão, explica Breines.

“Você é quem você é”, diz Flagg. “Por que uma desculpa seria necessária?”.

A menos que você entre no escritório todo suado e com uma camisa manchada de comida, tentar se desculpar por ter a aparência que tem é completamente desnecessário e errado.

Precisar de um tempo só seu

7 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar

Pessoas ansiosas, por exemplo, podem precisar de mais “tempo sozinhas” do que outras, por isso é fundamental para o nosso bem-estar que consigamos pedir o quanto tempo for necessário para respirar, mesmo que isso signifique dizer não para sair com um amigo ou pedir para a sua namorada não te visitar em determinado dia.

Se você se sentir culpado por pedir um”tempo só seu”, provavelmente você pensa demais, diz Flagg. “Simplesmente diga: ‘Tenho que ficar de boa hoje’  ou fale que precisa ficar sozinho”, ela aconselha. Também não há problema algum em dizer que vai compensar depois algum outro dia.

E se a outra pessoa ficar chateada? Desde que tenha expressado respeitosamente o desejo de estar sozinho, essa reação não é problema seu, é dela.

Fazer uma pergunta

7 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar

Nós nos invalidamos quando nos desculpamos por fazer uma pergunta. Tem gente que faz isso para não parecer ignorante ou arrogante, “mas você não deve pedir desculpas se você está pedindo ajuda ou algum esclarecimento”, diz Flagg.

“Tudo o que você precisa dizer é ‘você pode me ajudar a entender isso?’ ou ‘você poderia explicar isso um pouco mais?’. Se alguém te julgar por perguntar, isso ser uma projeção das inseguranças dessa pessoa, Flagg acrescenta.

Se desculpar pelo comportamento de outras pessoas

7 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar

A menos que você tenha apresentado alguém a uma pessoa e esse alguém a tratou grosseiramente, você não tem controle sobre as atitudes dos outros, portanto, não há motivos para pedir desculpa, diz Flagg.

O mesmo vale para pedir desculpas para alguém que esbarra em você na rua. “Algumas pessoas realmente têm esse desejo de suavizar as coisas, então, se a outra pessoa não se desculpar, elas sentem a necessidade de se desculpar e podem até assumir a culpa sendo que a culpa não é delas”, diz Breines.

Em vez de desculpas, então, diga: “licença”.

Não responder imediatamente uma mensagem ou ligação

7 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar

Nem sempre é possível responder alguém imediatamente. A menos que haja uma emergência (e normalmente é fácil perceber isso), pedir desculpas por ter demorado para responder pode transformar algo simples em um problema, diz Flagg. Além disso, o que você está fazendo provavelmente é mais importante do que responder a mensagem: você pode estar com alguém que gosta, curtindo um encontro, trabalhando ou até estudando.

Se a outra pessoa for sensível, responder algo como: “Eu não me esqueci de você, estou apenas um pouco preso aqui no trabalho” ou “Eu ainda estou pensando em uma resposta, espera aí!” funciona muito bem. As pessoas apreciam a confirmação de que você está ciente de suas necessidades, diz Flagg. Apenas nunca esqueça que você também tem as suas.

Circunstâncias que você não pode controlar

7 coisas pelas quais você deveria parar de se desculpar

Você conhece a situação: alguém se queixa de você sobre um incômodo, um chefe difícil ou um relacionamento infeliz, e sua reação logo é “nossa, sinto muito”. Fazemos isso porque nos sentimos mal pela outra pessoa, explica Tannen. Mas em vez de confundir a situação ao verbalizar uma responsabilidade que você realmente não possui, ela sugere suavemente dizendo: “isso é muito ruim” ou “isso deve ser muito difícil para você”.

Quando você diz: “sinto muito! o que aconteceu?” você assume a culpa de algo que não foi culpa sua.

Conclusão

Pedir desculpa quando machucamos alguém é um passo necessário na reparação do tecido social que nos mantém conectados a outras pessoas. Mas pedir desculpas por algo que você não tem culpa prejudica a sua autoestima, abala seus relacionamentos e até banaliza o ato de pedir desculpas para começo de conversa, transmitindo uma imagem de fraqueza.

É difícil superar o impulso de perdão por coisas que não somos responsáveis, mas a prática envolve o cultivo de uma tolerância para o desconforto de situações estranhas, bem como uma maior compaixão de si mesmo, diz Breines. Não é fácil mudar repentinamente o seu comportamento. Mas os estudos demonstram que, em alguns casos, parar de pedir desculpa por tudo pode te fazer crescer na vida. Então, da próxima vez que você se inclinar para dizer “desculpa” respire, pause e pergunte se você é realmente o culpado. Caso contrário, não abra a boca.

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »