12 Dúvidas frequentes sobre tatuagem

Crédito: Reprodução

É normal surgir muitas dúvidas na hora de fazer uma tatuagem, principalmente se é a sua primeira. Como é algo que vai marcar a sua pele, a escolha pode influenciar sua carreira, você pode se arrepender do desenho e, embora até tenha como removê-la, o processo não é assim tão fácil.

Para te deixar mais tranquilo na hora de fazer sua escolha, conversamos com o ilustrador e tatuador Tiago Marinho, que tem o projeto First Tattoo Project para ajudar quem ainda não fez tatuagem, para esclarecer as principais dúvidas relacionadas a tatuagem.

Confira perguntas frequentes de quem está querendo fazer uma tatuagem.

1. É possível cobrir sinais e cicatrizes com a tatuagem?


Saiba onde dói mais para fazer uma tatuagem

Sim. Claro que tudo depende de que tipo de sinais e cicatrizes estamos falando. Sinais que não resultam em alteração na textura ou coloração escurecida da pele podem ser cobertos com tatuagem (exceto pintas muito salientes).

Cicatrizes exigem um pouco mais de atenção já que só podemos cobri-las quando são normotróficas (cicatrizes já com coloração aproximada da pele), que geralmente levam em torno de um ano para perderem a vermelhidão e inchaço local.

Claro que estamos falando de cicatrizes profundas que normalmente envolvem acidentes ou incisões cirúrgicas. Cicatrizes de queimaduras de terceiro grau e quelóides NÃO podem ser cobertas com tatuagem.

2. Por que algumas tatuagens ficam m​ais saltadas?

Por via de regra acontece por dois motivos: ou a pessoa tem algum grau de quelóide (uma “super cicatrização” que deixa a cicatriz com grande relevo) ou devido à região que a cicatriz foi feita.

Têm partes do corpo onde a pele é muito fina e sensível, essas regiões têm uma quantidade maior de colágeno para manter sua elasticidade e quando se insere o pigmento é um elemento a mais ocupando o espaço naquele tecido. Isso faz com que haja algum relevo na região da tatuagem.

3. Pode tomar sol depois de tatuar?

Crédito: Reprodução

Pode somente após um mês de tatuagem. Mas calma, pra explicar o motivo: a tatuagem é um ferimento, uma lesão na pele. A cicatrização superficial (casca) leva uma semana pra cair. Depois desse período, pode tomar sol com bloqueador solar (FPS 50 ou superior).

Já para tomar sol com protetores FPS 30, 15, etc… ou nenhum (que não recomendo) precisa de pelo menos 28 dias já que é o tempo necessário para as lesões internas onde a agulha perfurou se regenerarem por completo.

A queimadura de sol é uma nova lesão, por isso o ideal é tomar sol apenas depois de passado esse período para não causar lesão sobre um local já machucado.

4. É necessário algum cuidado antes de tatuar?


Sim! Escolher um profissional que conheça os procedimentos de pigmentação e principalmente barreiras para evitar qualquer contaminação dos equipamentos ou do cliente.

Sou gordo, e pretendo fazer redução assim que possível. Minha dúvida é se eu fizer tatuagem agora, quando emagrecer pode acontecer de deformá-la, ou só se a tatuagem for em determinados locais?

Sim, pode acontecer. Dependendo do IMC e da região a deformação pode ser mínima. Mas, na verdade, a tatuagem se deforma independente do peso da pessoa. O ideal é aguardar para sua pele readquirir a elasticidade após a cirurgia bariátrica e só daí fazer a tatuagem.

5. Quero fazer uma tatuagem, mas estou receoso em relação a dor. Qual o tamanho e intensidade dessa dor?

Crédito: Reprodução

Depende da região. Doer vai doer em qualquer local, mas a intensidade varia com o local da tatuagem. Não é regra, varia de pessoa para pessoa, mas geralmente os locais que mais doem são mãos, pés, costelas, virilha, parte interna do bíceps (próximo das axilas), parte interna das coxas e tíbia (nome do osso da frente da perna logo abaixo dos joelhos).

6. É possível unir dois estilos diferentes (e ter um bom resultado), como geométrica e foto realismo?

Sim, é possível! Você pode unir os estilos em um mesmo desenho, o que exige do profissional que ilustre e integre os estilos, ou tatuar esses estilos próximos um ao outro no corpo em tatuagens diferentes. Tudo é possível desde que haja diálogo para definir o que o cliente deseja e o que o profissional tem habilidade para realizar.

7. Gostaria de saber se um pessoa magra faz uma tattoo no braço, se ele fizer musculação e aumentar o braço, isso pode modificar a tatuagem?

Crédito: Reprodução

Pode! Dependendo da medida que ganhar de braço e dependendo do desenho da tatuagem a distorção pode inclusive ser bem evidente.

8. Tem algum cuidado pra garantir que a tatuagem não perca a coloração, fique meio apagada com o tempo?

O primeiro cuidado é de responsabilidade do tatuador! De usar pigmentos de boa qualidade e não entrar muito profundamente na pele. O restante é com o cliente que deve lavar e cuidar bem durante a cicatrização e manter sempre hidratado e coberto com protetor solar. Isso evita a regeneração excessiva da pele por exposição ao sol.

9. Em até quanto tempo tenho o direito ao retoque do desenho sem pagar adicional?

Crédito: Reprodução

O tempo de retoque varia conforme o profissional, mas geralmente em torno de um mês depois é quando o tatuador já tem condições de avaliar o retoque e fazer nova sessão sem cobrar a mais por isso.

10. Com relação a cor pode acontecer de ter uma alergia por conta da coloração?

Isso é MUITO raro, mas sim, pode acontecer! Já vi casos que o cliente (não era meu cliente, mas de um profissional amigo) teve reação alérgica ao pigmento vermelho. E veja bem, não era a marca do pigmento, já que foram tentadas várias outras marcas e o vermelho era rejeitado pela pele dele.

11. Quem tem dermatite atópica, pode ter alguma complicação com a tinta aplicada?

Crédito: Reprodução

Sim, mas a complicação se deve não ao pigmento necessariamente. A primeira complicação se deve à lesão causada pela perfuração e dependendo do grau da dermatite, pode ter complicação também pelo pigmento.

12. Em termos de higiene e assepsia, o que eu devo ficar atento e cobrar do meu tatuador e do estúdio?

Deve ficar atento e cobrar muitos pontos, vamos lá… Os itens do tatuador são, luva e/ou mangote para cobrir até acima dos cotovelos dependendo do tamanho da tatuagem; máscara, em casos que o cabelo é comprido usar boné ou toca, quando a tatuagem é MUITO grande avental.

No caso do equipamento: a máquina, clipcord (fio que se liga na máquina), a maca ou cadeira e a bancada com os materiais a serem usados devem ser cobertos com filme plástico ou plásticos específicos para esses equipamentos (barreiras).

TODO o material que não for estéril e descartável, deve ir para uma autoclave para ser esterilizado. Geralmente é a biqueira (parte da máquina onde o tatuador segura como se fosse uma caneta). Sobre os materiais descartáveis podemos listar a agulha, a biqueira, o batoque (onde se coloca o pigmento) e todos os plásticos que serviram de barreira.

Conheça o Tatuador Tiago Marinho

Crédito: Reprodução

Design Gráfico, Ilustrador e Tatuador, Tiago Marinho criou o First Tattoo Project com o objetivo de ajudar quem tem vontade de fazer uma tatuagem, mas não consegue identificar o desenho para representar a sua personalidade.

O First Tattoo Project conta com acompanhamento personalizado dos “ainda não iniciados” na arte da tatuagem, desde a produção do desenho até a arte final. Para descobrir o desenho certo que vai representar cada história, Tiago prepara uma entrevista minuciosa para encontrar uma linguagem que traduza o objetivo do seu cliente.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »