Vale a pena ir na CCXP 2016?

Vale a pena ir na CCXP 2016?

Feche os olhos e pense na Disney para adultos. Não, eu não estou falando de Las Vegas ou do carnaval no Brasil, estou falando de um paraíso para quem é maluco por cultura pop e, é claro, tem dinheiro pra gastar: a Comic Con Experience 2016.

+ Cosplay feminino e respeito na CCXP 2015

Assim como não é barato ir pra Disney, não é barato viver a total experiência da CCXP 2016, mas é muito mais acessível, é claro! Mas quanto vale conhecer um dos seus maiores ídolos? O seu roteirista de quadrinho favorito? Um diretor que você admira?

Quanto vale acreditar, nem que seja por um dia, que a Rey, personagem principal do último episódio de Star Wars, está tomando um café do seu lado?

Você acha que o dinheiro pode comprar o mergulho em um mar onde cada gota é repleta de gente tão maluca por quadrinhos quanto você? Então você é o público da Comic Con, o evento geek mais épico do planeta.

Esse slogan não é mentira – ainda mais agora, que a CCXP chega na sua terceira edição aqui no Brasil e mostra estar cada vez maior e mais forte. Mais geek. Mais emocionante.

Vale a pena ir na CCXP 2016?

Eu me lembro da primeira vez que fui em um parque de diversões. Eu devia ter uns 8 anos e, na fila para entrar, os alto falantes ao redor tocavam o hino do parque. Não era a Disney e eu estava bem longe de lá mas, naquela fila, eu me senti no melhor lugar do mundo.

Na fila – que não é pequena – para entrar na CCXP, a sensação foi a mesma. Cada batida que saia dos alto falantes meu coração pulava um pouquinho. Lá dentro, você acha que está no melhor lugar do mundo.

Esse sentimento não é proporcionado pelas atrações incríveis, afinal, pra você conseguir entrar em um painel concorrido é preciso encarar uma mega fila e para tirar uma foto com seu ídolo é preciso pagar. Esse sentimento é proporcionado pelo mar de gente que gosta do que você gosta.

É claro que os preços são salgados, é claro que não é barato garantir uma selfie com o Vin Diesel e é óbvio que nem todo mundo consegue ficar parado na fila por horas para entrar no painel da sua série favorita.

Mas todo o espaço do São Paulo EXPO é tomado por uma conexão impagável.

É como se algum vilão tivesse hipnotizado todo o centro de exposições e colocado todo mundo dentro de uma bolha de euforia e êxtase. Capaz de fazer com que uma pessoa ande por horas sem cansar e só perceba a dor nas pernas no fim do dia.

Vale a pena ir na CCXP 2016?

É muita informação o tempo inteiro. Cada estande apresenta uma atração diferente e mesmo aqueles que não prepararam nada exclusivo são interessantes de visitar.

Muitas empresas disponibilizam produtos exclusivos pra CCXP, outras companhias apresentam no evento conteúdos únicos sobre filmes, séries e jogos e, além disso, você pode garantir desconto em alguns produtos. Mas vale lembrar: a Comic Con não é conhecida pelos descontos, mas sim pela grande variedade de itens.

Você pode comprar o mesmo action figure mais barato pela internet, mas a emoção de ver a peça ao vivo enquanto você está mergulhado no clima do lugar vai te fazer querer levar o boneco na mesma hora. Não importa se na CCXP ele está 20% mais caro.

Aliás, muita gente diz que a Comic Con só é boa se você quiser fazer compras e tiver bastante dinheiro para gastar. Mentira.

Além de todo o clima único que já relatei ali em cima, o evento te dá a oportunidade de conhecer novos talentos. O Artists’ Alley é um espaço gigante onde quadrinistas independentes apresentam os seus trabalhos e também recriam desenhos de personagens famosos.

Vale a pena ir na CCXP 2016?

Quando você passa por lá para descobrir ou conhecer um artista que você gosta, também pode ajudar os outros comprando seus originais. Não é nada caro – mesmo – e você ainda leva pra casa uma arte incrível.

Se você gosta, mas gosta de verdade, desse universo, vá. Não precisa garantir presença em todos os painéis, não precisa pagar para tirar foto com seu ídolo, basta ir pra viver a energia maluca que a CCXP proporciona e curtir as atrações gratuitas.

Quem sabe, enquanto você passeia por lá, não dá de cara com seus atores favoritos dando autografo de graça? Isso aconteceu ano passado com Krysten Ritter e David Tennant, astros de Jessica Jones. Para garantir os autógrafos, os fãs só precisaram apresentar um bilhete distribuído no estande da Netflix.

A verdade é que a Comic Con em São Paulo está cada vez maior, trazendo cada vez mais gente importante e influente e conquistando cada vez mais espaço entre os fãs de cultura pop aqui do Brasil. Ela caminha para ser a maior do mundo e, depois do que eu vi logo no primeiro dia da CCXP 2016, eu não tenho dúvidas de que isso não vai demorar para acontecer.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »