Veja o que acontece se você usar a mesma cueca de novo

Veja o que acontece se você usar a mesma cueca de novo

Se você tiver o estilo do antigo Super Homem, (aquele que usava a cueca por cima das calças), talvez até fosse possível usar roupas íntimas por mais de um dia sem maiores problemas.

+ Saiba porque os homens devem enxugar o pênis depois de urinar

Mas, usando do jeito convencional, todo mundo está careca de saber, desde a infância, da necessidade de fazer a troca diária, assim como o de manter o hábito de tomar banho regularmente.

Agora, na prática, por preguiça – e muitas vezes falta de higiene -, você está ligado que muitos homens não seguem essa convenção social de trocar a cueca regularmente. Até mesmo você já deve ter dado sua escapadinha.

E para comprovar essa prática, aponto para uma pesquisa recente em relação ao uso da roupa íntima na França e na Grã-Bretanha, que apontou dados relevantes para o assunto: enquanto na França até 27% dos homens reconhece que usa a mesma cueca por vários dias consecutivos, entre os ingleses, o porcentual é de 18%.

Para você entender que a prática é muito mais masculina, o estudo apontou que 91% das mulheres francesas e 93% das britânicas usam sempre roupa íntima limpa (aqui referindo a calcinha, já que não é necessário lavar os sutiãs todos os dias nem é bom para a roupa).

“O comportamento e a percepção que os rapazes e as garotas têm das coisas é muito diferente. Muitos homens simplesmente pegam suas cuecas, cheiram-nas, bem por cima, e pensam: “Bah, vou usar de novo”. O recorde nesse assunto é dos garotos franceses, e alguns confessaram (o que já é algo que requer coragem) que chegaram a repetir até seis vezes seguidas…”, Mike Eaton, fundador da marca Hero Clean, cujo singular objetivo é fabricar todo tipo de sabão para uso masculino.

Se você está neste ‘seleto grupo’, não quero fazer nenhum julgamento. Mas, quero abrir seus olhos para esta prática e as possíveis consequências que pode acarretar para o seu corpo e sua saúde!

Risco de usar a mesma cueca novamente

Veja o que acontece se você usar a mesma cueca de novo

Você precisa ter em mente é que roupas íntimas são ambientes perfeitos para a proliferação de fungos e bactérias. Isso acontece por estarem em locais escuros e úmidos, que são comuns em nosso organismo.

Um adendo é que as áreas genitais são ainda muito mais propensas a excessos de bactérias. Se não houver o cuidado devido, pode causar, na maioria das vezes, irritações e coceira. O acúmulo de resquícios de suor, urina ou fezes pode provocar sérios problemas de saúde, em ambos os sexos.

“Embora por razões anatômicas óbvias elas estejam mais expostas à entrada de micro-organismos, os homens tampouco estão isentos de contrair, entre outros problemas, infecções urinárias e fungos, ou um simples e desagradável comichão em ambos os sexos, e uma infecção vulvovaginal nas mulheres. Também é recomendável, em caso de elevada transpiração, trocar a roupa íntima, pois a umidade é caldo de cultura de vários micróbios”, diz Gema García Gálvez, médica no Hospital Quirón de Madri.

Se você estiver com essa área infectada e começar a coçar, as chances de provocar uma irritação é grande. No começo essas saliências estarão parecidas com erupções causadas pelo calor, mas poderão se tornar feridas abertas. Ou seja, mais uma porta de entrada para as mais diversas bactérias e vírus no seu organismo.

Para que essas feridas cicatrizes é preciso que deixá-las ao ar livre, literalmente. É um processo lento, é muitas vezes doloroso, em alguns casos é necessário ir a um dermatologista e aplicar pomadas. E todo esse incomodo pode ser evitado com um simples ato, o de trocar as roupas íntimas com frequência.

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), 1000 homens têm o pênis amputado parcial ou totalmente todos os anos. E o motivo, na maioria das vezes, é a falta de higienização adequada nessa região do corpo.

Higienização depois do sexo

Veja o que acontece se você usar a mesma cueca de novo

A prática também é necessária depois do sexo. Higienizar o órgão sexual depois da transa ajuda a evitar, principalmente, infeções causadas por fungos, como a candidíase. Além de remover resíduos do sêmen e excesso de lubrificante da camisinha.

Se você não usou preservativo, a higiene serve para retirar o muco da lubrificação da vagina junto com resíduos do esperma. Eles servem como meio de cultura para bactérias e fungos.

Vale lembrar que a flora bacteriana nos tecidos do pênis e da vagina aumenta após a relação sexual, principalmente próximo do período menstrual. Caso essa flora esteja modificada, há riscos de transmissão de doenças.

Neste caso, a higiene não precisa ser imediata, mas pode ser feita até em poucas horas após a relação. Lembrando é claro de trocar a cueca e não vestir a mesma!

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »