7 coisas sobre a depressão masculina que você precisa saber (a 3ª é a mais chocante)

Depressão masculina e um homem em pedaços

Você se sente irritado, isolado ou retraído? Você se encontra trabalhando o tempo todo? Bebendo demais? Essas estratégias de enfrentamento insalubres podem ser pistas de que você tem depressão masculina.

A depressão pode afetar homens e mulheres de maneira diferente.


7 coisas sobre a depressão masculina que você precisa saber

Quando a depressão ocorre em homens, ela pode ser mascarada por comportamento de enfrentamento insalubre.

Por uma série de razões, a depressão masculina geralmente não é diagnosticada e pode ter consequências devastadoras quando não tratada.

Mas a depressão masculina melhora com o tratamento. Então, procure ajuda!

Os principais sinais e sintomas de depressão masculina

depressão masculina e inúmeros pensamentos fluindo na cabeça de um homem

Os sinais e sintomas de depressão podem diferir em homens e mulheres.

Os homens também tendem a usar diferentes habilidades de enfrentamento – tanto saudáveis ​​quanto insalubres – do que as mulheres.

Não está claro por que homens e mulheres podem ter depressão de forma diferente. Isso provavelmente envolve vários fatores, incluindo química cerebral, hormônios e experiências de vida.

7 coisas sobre a depressão masculina que você precisa saber (a 3ª é a mais chocante)

Como mulheres com depressão, homens com depressão podem:

  • Sentir tristeza, sem esperança ou sensação de vazio;
  • Sentir um cansaço excessivo;
  • Dificuldade em dormir;
  • Não aproveitar as atividades que antes curtiram.

Outros comportamentos em homens que podem ser sinais de depressão – mas não reconhecidos como tal – incluem:

  • Comportamento de fuga, como passar muito tempo no trabalho ou em esportes;
  • Álcool ou abuso de drogas;
  • Comportamento controlador, violento ou abusivo;
  • Irritabilidade ou raiva inadequada;
  • Comportamento arriscado, como direção imprudente;
  • Como esses comportamentos podem ser sinais de ou podem se sobrepor a outros problemas de saúde mental, a ajuda profissional é a chave para um diagnóstico preciso e tratamento adequado.

A depressão masculina muitas vezes é invisibilizada

depressão masculina e a vergonha

Quando o assunto é detectar e curar distúrbios mentais, a psicologia masculina ainda tem muito trabalho pela frente.

Especialistas na área da saúde concordam que a questão de gênero ainda é chave na hora do diagnóstico.

“Isso tem a ver com os estereótipos comportamentais, a noção do papel de homens e mulheres na sociedade.

Ainda hoje é mais aceitável para as mulheres dizerem que têm medo do que para os homens”, explica Iris Hauth, presidente da Associação Alemã de Psiquiatria e Psicoterapia,ara o portal Terra.

Ela também atua como psiquiatra no Hospital Alexianer Sankt Joseph, em Berlim.

“Recentemente, tive um paciente que disse: ‘minha mulher não suporta quando eu choro'”, conta Hauth.

Segundo ela, em muitas esferas da sociedade, os homens ainda não têm liberdade para chorar ou demonstrar fraqueza. “Homens, principalmente em cargos de chefia, pensam que não podem admitir que têm doenças psicológicas”, complementa.

Homens podem se matar mais do que as mulheres

depressão masculina e o excesso de pensamentos

Esses fatores levantam dúvidas sobre as estatísticas oficiais. As mulheres até podem ser diagnosticadas com problemas psicológicos mais frequentemente do que os homens, mas isso não necessariamente significa que os homens estejam em condições melhores.

Longe disso, aliás. Homens mentalmente doentes frequentemente dizem que estão bem – diferente das mulheres, que são mais abertas com relação aos próprios problemas.

Muitos homens ainda veem distúrbios mentais como um sinal de fraqueza que eles precisam resolver sozinhos.

“É por isso que os homens não se dão ao trabalho de consultar um médico. E se consultam, tendem a reclamar de sintomas físicos, como dor nas costas ou coisas do tipo”, diz Hauth.

Assim, muitos homens que desenvolveram problemas de ordem psicológica simplesmente não aparecem nas estatísticas — e menos ainda, claro, recebem tratamento.

Veja esses dados coletados pelo CVV (Centro de Valorização da Vida):

depressão masculina e suicídio

Em média, uma pessoa comete suicídio por hora no Brasil. A cada hora, três pessoas tentam, sem sucesso, cometer suicídio no país.

Entre as mulheres, a taxa oficial é de 1,9 mulheres para cada cem mil habitantes. Já entre os homens, o índice é de 7,1.

Em alguns grupos – jovens de cidades grandes, indígenas e lavradores do Rio Grande do Sul – os índices de suicídio verificados no Brasil estão entre os maiores do mundo!

Depressão masculina: há sintomas diferentes entre homens e mulheres

depressão masculina e a falta de sentimentos

Você pode achar que se sentir triste ou emocional é sempre o principal sintoma da depressão. Mas para muitos homens, esse não é o sintoma primário.

Por exemplo, dores de cabeça, problemas digestivos, cansaço, irritabilidade ou dor a longo prazo podem, por vezes, indicar depressão.

Homens ignoram os sintomas

depressão masculino e o afastamento de amigos

Um dos principais fatores destacáveis da depressão masculina é a anulação os sintomas.

Você pode não reconhecer o quanto seus sintomas o afetam, ou você pode não querer admitir para si mesmo ou para qualquer outra pessoa que esteja deprimido.

Mas ignorar, suprimir ou mascarar a depressão com algum comportamento doentio só piorará as emoções negativas.

Você pode não estar aberto para falar sobre seus sentimentos com a família ou amigos, muito menos com um profissional de saúde. Como muitos homens, você pode ter aprendido a enfatizar o autocontrole.

Você pode pensar que não é viril expressar sentimentos e emoções associados à depressão e tentar suprimi-los.

Não faça isso.

Procure ajuda! Não é vergonhoso buscar auxílio profissional.

Homens resistem ao tratamento para depressão masculina

7 coisas sobre a depressão masculina que você precisa saber

Mesmo se você suspeitar que tem depressão, é bem possível que você evite o diagnóstico ou recuse o tratamento.

Você pode evitar a ajuda porque teme que o estigma da depressão possa prejudicar sua carreira ou fazer com que familiares e amigos percam o respeito por você.

Mas isso não vai acontecer.

Lembre-se: ao buscar ajuda, você vai se tornar um homem melhor para si mesmo e para os outros ao seu redor, pode ter certeza.

Busque tratamento, grite por ajuda. Você não está sozinho.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »