Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

Este ano, vários dos melhores filmes do cinema completam 20 anos. Nesta lista, vamos relembrar os melhores filmes de 1999 – o ano considerado por muitos especialistas como o melhor ano do cinema.

Em 1999, estávamos à beira de um novo milênio, e nenhuma outra mídia prognosticou o que viria mais do que os filmes.

A ascensão do cinema digital em paralelo com a era de ouro dos roteiristas criou, no penúltimo ano do século XX, não apenas um ano revolucionário no cinema, mas também o último grande ano de grandes filmes em sequência.

Os melhores filmes de 1999

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

Tantos filmes influentes surgiram em 1999: Clube da Luta, Matrix, Beleza Americana, Corra, Lola, Corra, Meninos Não Choram, O Sexto Sentido, American Pie, Três Reis, Eleição, De Olhos bem Fechados, Tudo Sobre a Minha Mãe, À Espera de Um Milagre, Quero Ser John Malkovich, Magnólia, A Bruxa de Blair e Como Enlouquecer Seu Chefe, para citar apenas alguns.

O que todos esses filmes têm em comum é a habilidade de diretores novos e talentosos que deixaram o cinema tradicional para trás, para consertar novas narrativas e efeitos.

Em novembro de 1999, a Entertainment Weekly publicou um artigo de Jeff Gordinier afirmando: “Um dia, 1999 será gravado em um microchip como o primeiro ano real do cinema do século 21. O ano em que todas as antigas regras do cinema começaram a desmoronar.”

Cara, como ele estava certo.

Tom Tykwer, diretor do filme alemão Corra, Lola, Corra, diz na matéria que citamos: “Vocês estão vendo filmes tão perfeitos que nem se conectam mais a eles. Um filme como Malkovich é um convite para fazer algo completamente diferente. Mesmo Matrix, que ainda serve a todos os nossos desejos tradicionais no cinema, joga com sua mente de uma maneira muito estranha. Há dez anos, eu não acho que as pessoas estivessem prontas para isso”.

As diferenças entre os filmes de 1999 e os blockbusters de hoje

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

Parece que ficamos sem idéias originais. Na lista dos filmes de maior bilheteria de 1999 nos EUA, não há um único filme de super-herói, e a maioria dos filmes são de roteiros originais, não de material de origem estabelecido.

Reforçamos: não é um problema fazer filmes de heróis. A gente ama. O interessante é que esse sub-gênero praticamente dominou as grandes salas de cinema, enquanto há 20 anos atrás, os filmes que eram sucessos de bilheteria eram filmes 100% originais, como O Sexto Sentido ou Magnólia.

Matrix, que criou efeitos especiais “bullet time”, influenciou filmes como A Origem, e reiniciou filmes de ficção científica existentes, foi feito a partir de um roteiro completamente original – apesar da discussão sobre a óbvia inspiração em Ghost in the Shell.

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

O Sexto Sentido, o segundo filme de maior bilheteria de 1999, foi um conceito autêntico que deu uma nova vida ao conceito de plot twist.

De todos os cineastas que lançaram filmes influentes em 1999, apenas Spike Jonze, de Malkovich, ainda faz filmes de vanguarda.

O filme “Her”, por exemplo, ganhou um Oscar de Melhor Roteiro em 2014 por sua descrição exata de quão solitárias nossas vidas se tornaram.

Isso não quer dizer que tenha havido uma completa falta de originalidade na última década, mas a maioria dos filmes, pelo menos dos filmes de estúdio que lotam as salas de cinema, não dialoga com o nosso estado atual como os filmes de 1999 fizeram.

Como os filmes de 1999 influenciaram o cinema

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

O que veio à tona em 1999 foi o advento de edições mais febris e narrativas não-lineares.

Por exemplo, Vamos nessa! usa uma estrutura tipo Rashomon, com emendas rápidas, cores vivas e música eletrônica, para contar uma história bastante simples de adolescentes se metendo com um traficante de drogas.

Corra, Lola, Corra experimentou uma fórmula de videogame de uma mulher tentando salvar a vida de seu namorado, mas dentro das três sequências do filme, algo a atrapalha e muda seus resultados.

Você poderia dizer que um filme como No Limite do Amanhã não teria existido sem a história de Lola.

Depois, há o caso de A Bruxa de Blair. Ele não foi o primeiro filme a usar “filmagens encontradas” como um dispositivo de contar histórias, mas foi o primeiro a tomar o sistema mainstream.

A Bruxa de Blair é um ótimo filme? Não necessariamente, mas isso nos fez tremer de medo, simplesmente porque ninguém tinha visto nada parecido na época (e aquelas armadilhas demoníacas pré-True Detective são muito estranhas).

De todos os filmes de gênero “found footage” – sim, este é agora um subgênero de horror, graças ao incrível lucro de Bruxa de Blair-, é de longe o melhor.

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

Aqueles que o viram no cinema foram ficaram realmente enjoados pelo jogo de câmera, algumas dessas pessoas deixaram as salas de cinema e ficaram aterrorizadas.

Hoje, através do YouTube, nos tornamos insensíveis a essas nuances herky-jerky.

Outra coisa engenhosa sobre o filme: a chamada “bruxa” nunca se revela.

Pode ter sido um dos primeiros momentos no cinema de terror moderno, quando o vilão nunca aparece. Em absoluto.

O filme enganou tanto nossas mentes que muitos de nós realmente pensaram que a suposta ameaça se manifestaria e nos mataria.

Com a ajuda de A Bruxa de Blair, as vendas de filmadoras aumentaram mais de 800% de 1998 a 2000, e agora os cineastas passaram a poder fazer filmes com um orçamento apertado e editar seus filmes em um notebook.

A ótima democratização do cinema com os filmes de 1999

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

Claro, os filmes de baixo orçamento começaram a parecer melhores, mas eles tendiam a não ter uma narrativa forte. “Acho que vai haver esse maravilhoso e explosivo excesso de mediocridade”, disse o futuro cineasta do filme O Homem que Mudou o Jogo, Bennett Miller, à Entertainment Weekly em 1999. “Vai ser horrível. Você sabe, grandes idéias sem muita preparação. A tecnologia convida a um certo descuido, porque é fácil baixar a guarda e não ser disciplinado.”

Além dos avanços tecnológicos, em 1999, tivemos uma série de filmes de orientação masculina que nos deram uma ideia de como seria a vida no século XXI.

Clube da Luta, Beleza Americana e Como Enlouquecer Seu Chefe retrataram o homem americano evitando normas sociais e, às vezes, literalmente criticando o consumismo, o subúrbio e a complacência.

O filme Clube da Luta, um comentário difundido sobre o machismo no final do século XX, foi um indicador que possivelmente prenunciou o 11 de setembro e a crise financeira de 2008.

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

O pugilista-anarquista de luta Tyler Durden nos ensinou que era melhor sentir-se tudo menos entorpecido e como os homens, agindo daquela maneira retratada no filme, não tinham futuro; Como resultado, isso os tornou esquizofrênicos.

Pelo contrário, Lester Burnham, de Kevin Spacey, inicialmente se parece muito com Durden, mas no final do filme ele pacifica sua vida – mas a morte sela seu destino.

Esses filmes, junto com Magnólia, de Paul Thomas Anderson, postulavam que a beleza poderia ser encontrada onde menos se esperaria – como em uma sacola plástica flutuando ao vento – e todos nós deveríamos levar uma vida mais significativa. Mas nós levamos vidas mais significativas desde então?

Lembrando que não estamos dizendo que os filmes de 1999 são muito melhores que alguns dos filmes lançados hoje.

O que estamos dizendo é que, se analisarmos, 1999 lançou uma quantidade bem maior de filmes transgressores e influentes em apenas um ano – algo que não se repetiu nos anos anteriores.

As séries são os novos filmes de 1999?

Filmes de 1999: 20 anos do melhor ano do cinema

Em 2014, a TV (ou as séries em geral) usurpou o cinema, uma mudança radical que começou em 1999, quando Os Sopranos borbulhou para a superfície, logo seguida pela criação de Six Feet Under, do escritor norte-americano Alan Ball.

Com o déficit orçamentário entre os filmes de estúdio e os filmes independentes aumentando e os filmes de orçamento médio mal existindo, como será o cinema depois de 2019? O futuro é agora o passado.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »