“Arremesso Final” é a série obrigatória de 2020 na Netflix

Crédito: Reprodução

Esqueça o basquete, os tênis da Nike e a fortuna. A série documental “Arremesso Final”, sobre a carreira de Michael Jordan, transcende os limites da narrativa esportiva para entregar uma obra que vai além da história que muitos já conhecem.

Produzida em parceria da ESPN com a Netflix, a série documental de 10 episódios traz gravações nunca antes reveladas da última temporada do jogador no Chicago Bulls (1997/1998). Enquanto retrata os momentos finais do atleta no time que o levou ao estrelato, somos jogados através do tempo para entender como Michael Jordan se tornou “O” Michael Jordan e como nomes como Phil Jackson, Dennis Rodman e Scottie Pippen costuraram seus nomes nessa trama.

O que estamos falando aqui não é de uma simples reportagem esportiva nostálgica como vemos nas manhãs de domingo. Este é um sensível ensaio sobre a natureza humana que, por um feliz acaso, tem como pano de fundo um dos maiores esportistas da história da humanidade.

O Peso da Realeza

Jordan foi o precursor na categoria atleta fenômeno. Não só era considerado o melhor no que fazia, como também atraia a curiosidade de multidões por todos os cantos do mundo e ajudava seus patrocinadores a ganhar milhões em vendas, algo que no futuro se tornaria mais comum e replicado por atletas como Ronaldo, Messi, Tiger Woods e muitos outros.

Não me entenda mal, tivemos sim outros gênios antes de Jordan. Pelé, Babe Ruth e até mesmo Magic Johson, eram nomes que marcaram suas categorias. Porém, a combinação da personalidade e talento de Michael com um time do Bulls composto por alguns dos maiores jogadores de sua época, transformaram o que seria uma lenda do esporte em um fenômeno cultural nunca visto antes.

“Arremesso Final” é certeiro em mostrar como Jordan foi além do que qualquer atleta . O impacto cultural da linha de tênis “Air Jordan” é um dos exemplos disso. O que era pra ser apenas mais um calçado de performance, hoje é uma das linhas esportivas mais bem sucedidas no mundo.

Conforme ia ganhando espaço no basquete, a fama de Michael atraia celebridades do cinema e TV, patrocinadores milionários e destaque nos jornais ao redor do mundo. Tanta exposição, não viria sem seus  reveses.

Crédito: Reprodução

Imagens de arquivo mostram gradativamente como um menino humilde, que era praticamente um estranho na primeira temporada de seu time, se tornou o homem dos recordes e dos milhões. O assédio dos jornalistas e fãs era constante. Do momento em que saia de seu quarto de hotel até chegar nas quadras, o camisa 23 era cercado por multidões querendo um minuto de sua atenção. Pouco a pouco, sua competitividade extrapolou as quadras e, em pouco tempo o jogador começou a se envolver mais polêmicas relacionadas a apostas esportivas.

Nos bastidores do Chicago Bulls, Jerry Krause, gerente esportivo do time, tinha um péssimo relacionamento com o técnico Phil Jackson. Scottie Pippen, braço direito de Jordan, era considerado o segundo melhor jogador da NBA, porém, era apenas o 122° mais bem pago jogador da liga americana. O excêntrico Dennis Rodman tentava lidar com seus demônios interiores enquanto lutava para cumprir seus compromissos em quadra.

Um caldeirão perfeito que cada episódio “Arremesso Final” consiga ir além do que acontecia no esporte para retratar os dramas e angustias pessoais dos envolvidos nessa história. A ESPN conversou com mais de 100 pessoas próximas ao time ou que viveram de perto a vitoriosa trajetória dos Bulls nos anos 80-90. Mágoas antigas que se mantem até hoje, divertidas histórias de bastidores e pequenas curiosidade como funcionam uma franquia da NBA, temperam a produção.

De Kobe Bryant a Jerry Seinfeld, vemos nomes de peso rechearem essa história e ajudar a entender como Michael Jordan transcendeu o esporte o qual jogou a vida inteira para ser tornar um ícone.

Mais estranho que a ficção

Crédito: Reprodução

É difícil não se impressionar com a riqueza de detalhes registrada no documentário. O espectador é apresentado a rotina diária do Bulls em sua jornada rumo ao segundo tricampeonato. Paralelo a isso, um trabalho de arquivo magistral compila as mais diversas entrevistas e filmagens do começo de carreira de Michael Jordan.

Pouquíssimos roteiristas conseguiriam escrever uma ficção com os elementos que fizeram a história real do Chicaco Bulls. Jogos eram vencidos nos últimos segundos. Jogadores cheios de personalidade se relacionavam com estrelas de Hollywood e marcavam as caras nos tabloides. Figuras lendárias no basquete rivalizam com Jordan dentro das quadras tornando cada jogo dos playoffs em partidas a serem estudadas até hoje.

Crédito: Reprodução

Talvez o maior trunfo de “Arremesso Final” está em focar sua narrativa nos dramas pessoais de seus protagonistas, ao invés de simplesmente contar seus feitos em quadra. Entender os dilemas internos de cada jogador, faz com que cada partida tenha um peso maior e cada jogada ganha um ar ineditismo. Não importa quantas vezes você viu Jordan ser campeão no Youtube, a produção consegue retratar todos suor e esforço do atleta pela conquista de seus títulos.

A produção é muito feliz em mostrar que, contrário que muitos pensam , o time de Chicago não era o time de um homem só, mas sim a tempestade perfeita: Um técnico brilhante em começo de carreira, alguns dos maiores nomes do basquete, o melhor jogador da história aliado com uma comunicação e marketing em massa.

Michael Jordan deixou um legado. Acompanhar extenuante rotina nos seus anos do Bulls aumenta o respeito por essa trajetória e mostra que muitos atletas podem calçar o seus calçados, mas poucos chegaram perto de sua realeza. Longa vida a Michael Jordan.

OBS: Os episódios de “Arremesso Final” são lançados de 2 em 2 todos os domingos na ESPN, as 22h, e as segundas-feira, na Netflix.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »