Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Motos, escolhas de moda questionáveis ​​e decisões de carreira espontâneas; Todos conhecemos os sintomas clássicos da crise da meia-idade. Mas e a crise dos 20 anos? O que ela é? Do que se alimenta?

Bom, em resumo: de você.

De acordo com um estudo do LinkedIn, quase três quartos (72%) de jovens profissionais no Reino Unido tiveram uma crise dos 20 anos, levando-os a reavaliar sua carreira e suas escolhas de vida.


Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Há muitas pressões que os jovens enfrentam que podem levar a essas crises, mas a pesquisa revelou que dois pontos são cada vez mais prioritários: 57% dos entrevistados acreditam que encontrar a carreira certa é fundamental, já 46% acreditam que encontrar um parceiro de vida é o mais importante.

O que é a crise dos 20 anos

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

O psicólogo clínico, Dr. Alex Fowke, define a “crise de um quarto de vida” como “um período de insegurança, dúvida e decepção em torno de sua carreira, relacionamentos e situação financeira”.

“Isso pode derivar de um período da vida após as grandes mudanças da adolescência, quando uma pessoa começa a duvidar de sua própria vida e começa a enfrentar a extensão das tensões associadas a se tornar um adulto”, diz ele.

E a prevalência da crise dos 20 anos parece estar aumentando, com os millennials atuais lutando financeiramente mais do que seus pais – eles são a primeira geração a ser menos abastada do que a anterior.

Dr. Fowke acredita que a crise dos 20 anos se tornou cada vez mais proeminente nos últimos anos devido às pressões substanciais que as gerações mais jovens enfrentam, especialmente quando comparadas às gerações mais velhas.

“Hoje em dia, pessoas de vinte e poucos anos estão sob intensa pressão para ter uma casa, navegar no panorama profissional cada vez mais complexo, lutar para manter relacionamentos e são comumente submetidos a uma noção distorcida de vida através das mídias sociais”, diz ele.

“A literatura sugere que os principais desafios enfrentados por pessoas com idades entre 18 e 35 anos podem incluir confusão de identidade, conflito interno (falha em atingir as expectativas definidas para si próprios) e incerteza.”, reforça o psicólogo.

Quem é mais afetado pela crise dos 20 anos

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

De acordo com o The Guardian, a crise dos 20 anos afeta 86% dos millennials, que afirmam estar atolados por inseguranças, decepções, solidão e depressão.

O negócio é que nós ouvimos que nossos “20 anos” são os melhores anos de nossas vidas, e nós totalmente pretendemos viver de acordo com isso.

A única coisa é que nós não sabemos como.

Quer estejamos recém-saídos da universidade, ao final dos nossos estudos de graduação ou em um emprego que pague as contas, sem oportunidades reais de progressão, não podemos deixar de nos perguntar: estamos mesmo no caminho certo? Somos bons no que fazemos?

Queremos ver o mundo, viajar enquanto podemos, experimentar novas coisas e conhecer novas pessoas. No entanto, também queremos construir carreira.

Queremos trabalhar com algo que nos faça bem e que tenha um propósito maior, queremos ser felizes diariamente e não temer os nossos pensamentos do dia seguinte.

O problema é que não temos certeza das nossas paixões.

O drama da incerteza na crise dos 20 anos

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Nós não encontramos uma coisa que nos motiva todas as manhãs, que nos motiva a enfrentar o dia com entusiasmo e fazer a diferença.

Queremos ter certeza de que refletiremos nossos 20 anos como o tempo de nossas vidas. Mas viajando, festejando e aproveitando nossa juventude, estamos sacrificando os melhores anos para subir na carreira?

Ou gastando nossos 20 anos em educação e força de trabalho, para nos assegurarmos uma carreira de sucesso, estamos sacrificando os melhores anos de ver o mundo, aprender e ampliar nossos horizontes?

Também estamos tentando decidir se é melhor estar solteiro durante essa transição, ou se agora é um bom momento para começar a pensar em entrar em um relacionamento sério.

Afinal, seria bom ter alguém para conversar sobre essas coisas, não é?

Mas se estamos em um relacionamento, não podemos deixar de pensar que há coisas que deveríamos estar fazendo sem ter que considerar outra pessoa.

O dinheiro é sempre uma questão

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Estamos começando a perceber o quanto é difícil ser financeiramente independente.

Talvez tenhamos empréstimos para pagar ou contas a serem pagas e agora somos os únicos responsáveis, porque está começando a ficar menos aceitável pedir dinheiro aos pais.

Estamos naquele estágio estranho em que metade dos nossos amigos está se acomodando, noivaindo e começando famílias, enquanto a outra metade está saindo de boates, inebriada em horas ímpias da manhã.

Nós realmente não pertencemos a nenhuma categoria, porque enquanto tentamos evitar responsabilidades desnecessárias, gostaríamos de pensar que estamos um pouco mais avançados do que estávamos aos 18 anos.

Nós nunca estamos felizes em apenas existir. Estamos constantemente pensando no próximo lugar que podemos ir e no próximo estágio de nossas vidas.

As infinitas possibilidades do futuro são esmagadoras. As inúmeras oportunidades que nos são oferecidas nos deixam tontos quando se trata de tomar uma decisão.

Ainda estamos descobrindo nossos gostos e desgostos e descobrindo novos interesses todos os dias.

Estamos começando a priorizar o que é importante para nós. Mas ainda não acertamos.

Esta é a crise dos 20 anos.

Mas então, como vencer a crise dos 20 anos e sobreviver?

Darain Faraz, especialista em carreiras do LinkedIn, compartilha suas principais dicas para lidar com uma crise dos 20 anos e chegar ileso (ou quase) aos 30:

Pare de se comparar com os outros

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Uma maneira infalível de reforçar os sentimentos de desapontamento e insucesso é comparar a trajetória de sua carreira com seus amigos e familiares.

Lembre-se de que todos estão em um estágio diferente de sua jornada, por isso, não se compare a outras pessoas – seja qual for sua definição de sucesso e o que te faz feliz, basta.

Dê um passo para trás e identifique o mal pela raíz

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

É fácil se sobrecarregar com todas as pressões do trabalho e as expectativas da família, muitas vezes deixando você muito próximo da situação.

Dê um passo para trás e escreva o que está deixando você mais nervoso, seja grana, não ser feliz em seu setor atual ou até mesmo em seus relacionamentos pessoais.

Isso permitirá que você resolva o problema e mantenha-se em uma boa posição para conversar com os outros.

Seja gentil consigo mesmo

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Passar por uma crise dos 20 anos pode ser um processo difícil e exacerbado quando você se torna o seu pior crítico.

Lembre-se de que essa é uma experiência positiva que, esperamos, possibilitará que você faça uma mudança e progrida, tanto com sua carreira quanto com sua vida, e, eventualmente, tornando-se mais feliz a longo prazo.

E lembre-se: a crise não dura para sempre!

Fale com outras pessoas

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

É importante discutir sentimentos de descontentamento.

Conversar com outras pessoas sobre determinados assuntos não apenas ajuda a racionalizar o problema, mas te ajuda a encontrar uma solução.

Embora seja ótimo que seus amigos e familiares estejam lá para apoiá-lo, também é bom ter um ponto de vista imparcial, especialmente de alguém que tenha experiência na sua profissão, por exemplo.

Pesquise

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Depois de discutir sua situação com as pessoas relevantes, é importante sair e pesquisar suas opções e, mais importante, suas paixões.

Quer sua paixão seja começar uma nova carreira, viajar ou progredir na sua função atual, é necessário estar ciente das suas possibilidades.

E no fim, lembre-se do mais importante

Crise dos 20 anos: tudo o que você precisa saber para sobreviver

Talvez você nunca chegue lá, onde quer que “lá” esteja. Mas a vida não é sobre chegar em algum lugar.

É sobre o que você faz, o que você vê, o que você aprende e quem você conhece ao longo do caminho.

Garotos de 20 e tantos anos, lembrem-se disso para emergir dessa crise como uma geração mais feliz, equilibrada, bem-sucedida, instruída e compreensiva, que olhará para os seus 20 anos como a “época de suas vidas”.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »