Aprenda de uma vez por todas como ser mais confiante e dono de si!

Como ter mais confiança

Como ser mais confiante. Uma dúvida frequente na mente de todos, independente da idade. Não importa se você tem 15, 20 ou 30 anos, em algum momento da sua vida você vai sentir um terremoto abalar a sua autoconfiança.

Esse terremoto pode ser causado por um gatilho emocional, ou pode ser composto por pequenos terremotos somados ao longo da sua vida. Independente da causa e da manifestação do problema, psicólogos trabalham há anos aprendendo maneiras de habituar o cérebro a te fazer ter mais confiança.


Sinais para sair da zona de conforto

Quando a crise de insegurança for grave e constante, o ideal é buscar ajuda psicológica para explorar o problema na raiz. Mas enquanto isso você pode colocar em prática algumas dicas que farão a diferença na sua vida!

Os benefícios da autoconfiança

Aprenda de uma vez por todas como ser mais confiante e dono de si!

Quando você se sentir confiante , poderá dedicar seus recursos à tarefa que tem em mãos. Em vez de perder tempo e energia se preocupando que você não é bom o suficiente, você pode dedicar sua energia aos seus esforços. Então, em última análise, você terá melhor desempenho quando se sentir confiante.

Por exemplo, se você se sentir confiante em relação a uma apresentação que fará, concentrará sua mensagem em seu público.

Se, no entanto, você não tiver confiança na sua capacidade de se comunicar, pode se preocupar que ninguém esteja lhe ouvindo ou que você esteja preocupado em bagunçar.

Consequentemente, você pode se esforçar para se concentrar e pode tropeçar em suas palavras – o que pode reforçar sua crença de que você é ruim em fazer apresentações.

Felizmente, existem coisas que você pode fazer para aumentar sua autoconfiança. Se você não tem confiança em uma área específica ou se esforça para se sentir confiante sobre qualquer coisa, essas estratégias podem ajudar.

Aprenda como ser mais confiante e dono de si:

Pare de se comparar com os outros

Aprenda de uma vez por todas como ser mais confiante e dono de si!

Quer você compare a sua aparência com a dos seus amigos no Facebook, ou compare seu salário com a receita do seu amigo, comparações nunca são saudáveis. De fato, um estudo publicado em 2018 pela Personality and Individual Differences encontrou uma ligação direta entre a inveja e a maneira como você se sente em relação a si mesmo.

Pesquisadores descobriram que as pessoas que se comparavam a outras experimentavam inveja. E quanto mais inveja elas sentiam, pior se sentiam sobre elas mesmas.

Ou seja: pode ser um ciclo vicioso.

Preste atenção aos momentos em que você compara sua riqueza, posses, habilidades, conquistas e atributos. Pensar que as outras pessoas são melhores ou que têm mais de algo que você quer irá corroer sua confiança em si mesmo.

Quando você perceber que está fazendo comparações, lembre-se de que isso não é útil. Todo mundo está correndo sua própria corrida e a vida não é uma competição.

Cuide do seu corpo. Dos pés à cabeça!

Aprenda de uma vez por todas como ser mais confiante e dono de si!

É difícil se sentir bem consigo mesmo se você está abusando do seu corpo. Dormir mal, comer uma dieta pouco saudável e não praticar exercícios vai prejudicar seu bem-estar.

Estudos mostram consistentemente que a atividade física aumenta a confiança. Um estudo de 2016 publicado na revista Neuropsychiatric Disease and Treatment concluiu que a atividade física regular melhorou a imagem corporal dos participantes. E quando a imagem corporal melhorou, eles se sentiram mais confiantes.

E isso não tem relação com emagrecer: a “imagem melhor” é apenas a concepção de um corpo mais saudável, independente do peso.

Quando você estiver se sentindo melhor fisicamente, você se sentirá mais confiante em si mesmo.

O mesmo vale para terapia: cuidar da saúde mental é fundamental.

Para aprender como ser mais confiante, você precisa ter isto em mente.

Pratique a autocompaixão

Aprenda de uma vez por todas como ser mais confiante e dono de si!

A autocompaixão envolve se tratar com bondade quando você cometer um erro ou falhar. Falar com você mesmo de forma dura não vai motivá-lo a fazer as coisas com mais dedicação. De fato, estudos mostram que a autodepreciação tende a ter o efeito oposto.

Um estudo de 2009 publicado no Journal of Personality descobriu que a autocompaixão contribui para uma confiança mais consistente. Pensar: “todo mundo erra às vezes”, em vez de “sou tão burro. Eu estraguei tudo”, pode te ajudar a se sentir bem, mesmo quando você não se sair tão bem quanto esperava.

Em vez de se criticar ou se xingar, tente falar consigo mesmo como se estivesse falando com um amigo de confiança. Rir de si mesmo também pode ser uma boa saída! Afinal, ninguém é perfeito.

Abrace a dúvida

Aprenda de uma vez por todas como ser mais confiante e dono de si!

Às vezes, as pessoas deixam de fazer coisas – como convidar alguém em um encontro ou pedir um aumento – até que se sintam mais confiantes. Mas às vezes, a melhor maneira de ganhar confiança é fazendo, praticando.

Pratique enfrentar alguns de seus medos que resultam de uma falta de autoconfiança. Se você tem medo de se envergonhar ou acha que vai estragar tudo, arrisque assim mesmo.

Isso não significa que você não deve se preparar ou praticar, é claro. Se você fizer um grande discurso, pratique na frente de seus amigos e familiares para ganhar alguma confiança.

Mas não espere até se sentir 100% confiante antes de prosseguir. Você pode nunca chegar lá.

Felizmente, abraçar um pouco de dúvida pode realmente te ajudar a um melhor desempenho. Um estudo de 2010 publicado na revista Psychology of Sport and Exercise descobriu que os atletas que abraçaram sua insegurança superaram os atletas que eram 100% confiantes em si mesmos.

Finja até se tornar

Aprenda de uma vez por todas como ser mais confiante e dono de si!

Esta é uma das dicas mais importantes de como ser mais confiante.

Quando seu cérebro disser que você não tem nada a dizer em uma reunião ou que está muito fora de forma para se exercitar, lembre-se de que seus pensamentos nem sempre são precisos. E, às vezes, a melhor maneira de lidar com a conversa interna negativa é desafiando essas declarações.

Tente fazer coisas que seu cérebro lhe diz que você não pode. Diga a si mesmo que é apenas uma experiência e veja o que acontece.

Você pode descobrir que ficar um pouco ansioso ou cometer alguns erros não é tão ruim quanto você pensa. E cada vez que você avança, pode ganhar mais confiança em si mesmo.

Todos passam por inseguranças, você não está sozinho

Aprenda de uma vez por todas como ser mais confiante e dono de si!

Todos lutam com problemas de confiança de uma vez ou outra. Mas se os seus problemas de autoconfiança interferirem no seu trabalho, na sua vida social ou na sua educação, procure ajuda profissional.

Às vezes, a baixa autoconfiança decorre de um problema maior, como um evento traumático do passado. Em outras ocasiões, pode ser um sintoma de um problema de saúde mental.

E é possível ter muita confiança. Se você está excessivamente confiante em suas habilidades, pode acabar ficando estacionado no mesmo lugar.

Estar confiante demais sobre sua capacidade de fazer uma prova pode impedir você de estudar. Ou assumir que você não precisa praticar uma apresentação pode fazer com que você não esteja preparado.

Por isso, é importante ter uma boa dose de autoconfiança que ajude você a ter um bom desempenho.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »