10 Dicas para viver mais com o médico que atendeu até os 105 anos

Crédito: Reprodução

Meu pai costumava me ler. Isso nos encoraja a fazer grandes artes, não pequenos rabiscos. Diz para tentar desenhar um círculo tão grande que não existe nenhuma maneira de terminarmos enquanto estamos vivos. Tudo o que vemos é um arco; O resto está além da nossa visão, mas está na distância (Dr. Shigeaki Hinohara)

Qual é o segrego para uma vida longa? Não digo longa no quesito só de tempo que você passa vivo, já que de nada vale ter 100 anos e conviver com diversos problemas de saúde, em cima de uma cama de hospital. Falo sobre uma vida bem vivida, ativa, até os últimos instantes.

Esse foi estilo de vivência que teve o médico japonês especialista em longevidade, Shigeaki Hinohara. Morreu aos 105 anos, trabalhando, com uma ótima saúde mental e física impecável.

Shigeaki completou o século dedicando-se a medicina. Fugindo do modelo frio de atendimento padrão do médico para com os pacientes, ele sempre buscou um trato mais pessoal e humanizado para com seus pacientes.

Ganhou tanta notoriedade, que frequentemente era convidado para palestrar e dar dicas de como viver mais e melhor. Tanto que ele deixou algumas lições valiosas que reproduzo abaixo:

1. A energia vem de se sentir bem, e não de comer bem ou dormir muito

Crédito: Reprodução

Assim como crianças que se divertem muito até sentirem fomes ou estiverem com sono, elimine regras estritas sobre o tempo de comer e quando dormir e você terá mais energia e ficará mais feliz consigo mesmo.

2. Coma para viver Não viva para comer

Sempre controle a sua alimentação. Dr. Hinohara revelou que tomava café, suco de laranja e uma colher de azeite no café da manhã; leite e biscoitos no almoço; legumes, peixe e arroz para o jantar. Carne vermelha, 100 gramas duas vezes por semana.

3. Mantenha-se ativo

Crédito: Reprodução

Para permanecer saudável, sempre suba as escadas e carregue suas próprias coisas. O médico até o fim da vida subia de dois em dois degraus para exercitar os músculos.

4. Mantenha-se trabalhando

Dr. Hinohara afirmava que você não precisa se aposentar se você ama o trabalho que você faz. Mas, se for preciso, faça bem mais tarde do que aos 65 anos.

“50 anos atrás, haviam somente 125 japoneses com mais de 100 anos. Hoje, são mais de 36 mil”.

5. Compartilhe o que aprendeu

Crédito: Reprodução

Dr. Hinohara deixou não só essas lições, como compartilha histórias e vivências em 150 palestras por ano, algumas para 100 crianças do ensino médio, outra para 4,5 mil empresários. A maioria dessas palestras é feita em pé por 90 minutos, uma prática que o médico afirma manté-lo forte.

6. Não acredite em tudo o que o médico diz ou recomenda

Dicas pelo próprio médico, que recomenda sempre perguntar a seu médico em questão se ele deve realizar o mesmo procedimento ou prescrever a mesma medicação para seus entes queridos, antes de concordar com qualquer tratamento.

7. A diversão pode ser o melhor remédio

Crédito: Reprodução

Para ele, a dor é algo misterioso, e a diversão é a melhor maneira de esquecê-la. Se uma criança está com dor de dentes e você começa a brincar com ela, ela imediatamente esquece a dor. Hospitais precisam oferecer as necessidades básicas dos pacientes: nós todos queremos nos divertir. No St. Luke’s (hospital que dirigiu e trabalhou até o fim da vida) eles usavam a música, terapia animal e aulas de arte para ajudar na cura dos pacientes.

8. Tenha modelos de vida e inspirações

Encontre alguém que te inspire para procurar ir ainda mais longe. “Meu pai veio para os EUA estudar em 1900, foi um pioneiro e um dos meus heróis. Mais tarde encontrei outros guias de vida, e quando me sinto paralisado, me pergunto como eles lidariam com o problema”.

9. Não se apegue ao consumismo

Crédito: Reprodução

Das muitas coisas que você pode levar em vida, os bens materiais não estão na lista. Deixe de lado o acúmulo de coisas. Coloque na sua cabeça que você nunca sabe quando será sua vez e que nada disso você poderá levar consigo.

10. Faça planejamento

Com uma agenda movimentada e cheia de palestras, compromisso e trabalho hospitalar, Dr. Hinohara aprendeu a programar-se com antecedência para aproveitar a vida melhor. Tanto que até até tinha a participação dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 no papel. Infelizmente a vida não permitiu a conclusão do sonho!

 

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »