10 Doenças transmitidas pelo Beijo: Vira essa boca pra lá!

Beijar no Carnaval é tudo de bom, mas cuidado! Este guia revela as 10 doenças mais comuns transmitidas pelo beijo. Da 'doença do beijo' à candidíase oral, vamos te mostrar como curtir a folia sem preocupações!

Doenças transmitidas pelo Beijo | Envato

O Carnaval é conhecido por ser a época do ano em que os beijos se tornam mais comuns. Mas você sabia que, segundo o Ministério da Saúde, o beijo pode transmitir mais de 20 doenças? Algumas delas, como a mononucleose infecciosa e a herpes labial, podem ser graves e até mesmo fatais.

Neste artigo você encontra uma lista das 10 doenças mais comuns que podem ser transmitidas através do beijo. Quais são elas? Quais são os sintomas? Como se prevenir?

+ 25 Jogos de Bebidas simples para fazer com a galera em qualquer ocasião
+ Drinks refrescantes para curtir: Bebidas para curtir a folia com os amigos

Descubra a seguir.

Quais são as doenças transmitidas através do beijo?

Doenças transmitidas pelo beijo | Envato

Herpes labial

Herpes Labial

Causada pelo vírus herpes simplex tipo 1 (HSV-1), provoca feridas dolorosas nos lábios ou na boca. É altamente contagiosa e pode ser transmitida pelo contato direto com as feridas ou com a saliva da pessoa infectada.

Mononucleose infecciosa

Mononucleose Infecciosa

Também conhecida como “doença do beijo”, é causada pelo vírus Epstein-Barr (EBV). Provoca sintomas como febre, fadiga, dor de garganta e inchaço dos gânglios linfáticos. É transmitida pelo contato com a saliva da pessoa infectada.

Sífilis

Sífilis

Infecção sexualmente transmissível (IST) causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode ser transmitida pelo contato com feridas sifilíticas na boca ou nos órgãos genitais. Os sintomas incluem úlceras indolores, erupções cutâneas e fadiga.

Gonorreia

Gonorreia

Outra IST causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae. Pode ser transmitida pelo contato com secreções gonorreicas da uretra, vagina ou reto. Os sintomas incluem corrimento vaginal ou peniano, dor ao urinar e dor durante a relação sexual.

Hepatite B

Hepatite B

Vírus que ataca o fígado. Pode ser transmitido pelo contato com sangue, sêmen, fluidos vaginais e saliva de uma pessoa infectada. Os sintomas incluem fadiga, náuseas, vômitos e urina escura.

Hepatite C

Hepatite C

Vírus que ataca o fígado. Pode ser transmitido pelo contato com o sangue de uma pessoa infectada. Os sintomas incluem fadiga, náuseas, vômitos e urina escura.

Caxumba

Caxumba

Doença viral que causa inchaço das glândulas parótidas. É transmitida pelo contato com a saliva ou gotículas respiratórias de uma pessoa infectada. Os sintomas incluem febre, dor de cabeça, dor muscular e inchaço das glândulas parótidas.

Rubéola

Rubéola

Doença viral que causa erupções cutâneas. É transmitida pelo contato com gotículas respiratórias de uma pessoa infectada. Os sintomas incluem febre, dor de cabeça, dor muscular e erupção cutânea.

Candidíase oral

Candidíase oral

Infecção fúngica causada pelo fungo Candida albicans. Provoca placas brancas na boca e na língua. Pode ser transmitida pelo contato direto com as placas ou com a saliva da pessoa infectada.

Doença periodontal

Doença periodontal

Inflamação das gengivas e dos ossos que suportam os dentes. Pode ser transmitida pelo contato com a saliva da pessoa infectada.

Como evitar Doenças transmitidas pelo Beijo

Higiene

Lavar as mãos frequentemente | Envato

〉 Lavar as mãos frequentemente: Com água e sabão, especialmente após usar o banheiro, tocar em superfícies públicas e antes de comer.
〉 Evitar tocar o rosto: O contato com as mãos pode levar à transmissão de vírus e bactérias para a boca e olhos.
〉 Manter a boca e os dentes limpos: Escovar os dentes duas vezes ao dia e usar fio dental regularmente para reduzir o risco de infecções.

Prevenção específica para cada doença

Herpes labial

〉 Evitar beijar pessoas com feridas nos lábios ou na boca.
〉 Utilizar protetor solar labial com FPS 30 ou superior.

Mononucleose infecciosa

〉 Evitar compartilhar copos, talheres e outros objetos pessoais.
〉 Evitar beijar pessoas com sintomas de mononucleose, como febre, dor de garganta e inchaço dos gânglios linfáticos.

Sífilis, Gonorreia, Hepatite B e Hepatite C

〉 Usar preservativos durante relações sexuais.
〉 Fazer testes regularmente para ISTs.

Caxumba e Rubéola

〉 Vacinar-se contra caxumba e rubéola.
〉 Evitar contato com pessoas com sintomas de caxumba ou rubéola, como febre, erupções cutâneas e dor de cabeça.

Candidíase oral

〉 Manter a boca e os dentes limpos.
〉 Evitar compartilhar copos, talheres e outros objetos pessoais.

Doença periodontal

〉 Manter a boca e os dentes limpos.
〉 Usar fio dental regularmente.
〉 Visitar o dentista regularmente para limpezas e exames.

Comportamento

Evite beijar pessoas com sintomas de doenças | Envato

〉 Evite beijar pessoas com sintomas de doenças, como febre, erupções cutâneas, dor de garganta ou tosse.
〉 Escolha parceiros com quem você se sinta seguro e que também estejam tomando medidas para prevenir doenças.
〉 Beba com moderação. O álcool pode prejudicar o sistema imunológico e aumentar o risco de contrair doenças.

Dicas extras

Kit de higiene pessoal | Envato

〉 Leve um kit de higiene pessoal com você.
〉 Beba água potável.
〉 Coma alimentos frescos e bem cozidos.
〉 Descanse o suficiente.

Ao tomar essas precauções, você pode aproveitar as festas e noitadas com segurança e reduzir o risco de contrair doenças.

Lembre-se

〉 As informações fornecidas aqui não substituem o acompanhamento médico.
〉 Consulte sempre um profissional de saúde para obter orientação personalizada.

Compartilhe
Weslley Alves
Weslley Alves

Full Stack Developer, empreendedor e eterno estudante de programação, tecnologia e empreendedorismo. Sócio da Ynvolve, razão social do Manual do Homem Moderno, principal hub de conteúdo para o público masculino no Brasil.

Comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso