Tipos de vinho: Conheça os principais e qual é o mais indicado para você

Conheça os principais tipos de vinho

Quais são os principais tipos de vinho que existem? Qual é o melhor tipo para mim?

O mundo do vinho tem fama de ser difícil, caro e esnobe. Motivos não faltam: é possível encontrar rótulos a preço de carro popular, as cartas de vinho parecem estar em um dialeto estranho e, pra piorar, sempre tem um “grande” entendedor de vinho por perto para fazer caras e bocas ao citar nomes de vinho em francês! (o que não ajuda em nada os iniciantes).

Para dismistificar o mundo do fermentado para você,  preparamo um guia com os os principais tipos de vinho que existem e o que você precisa saber de cada um deles.


Conheça os mitos que já te contaram sobre vinho

Cabernet Sauvignon

Homem experimentando um vinho Cabernet Sauvignon

Cabernet Sauvignon é a rainha das uvas tintas. Produz tipos de vinhos potentes, encorpados, com muito tanino (exatamente aquela sensação de “amarra-boca”, que gruda no céu da boca e gengivas) e corpo médio a encorpado (entenda “corpo” como o “peso” que o vinho tem na boca, no caso, ele é mais pesado e encorpado que um gole de água, por exemplo).

Normalmente, é um vinho que passa por estágios em barricas de carvalho (você também vai encontrar os termos barril ou apenas “madeira” na descrição de muitos vinhos), esse processo deixa o vinho mais rico em sabor e aromas, no caso, notas de baunilha e madeira. Aliás, essa passagem por barrica de madeira é, na verdade, uma necessidade para muitos Cabernet, pois os taninos presentes no vinho precisam ser amadurecidos, “arredondados” para chegarem até a sua taça.

Cabernet é um vinho clássico de guarda, ou seja, é vinho que pode ficar na adega por anos a fio, maturando, “amadurecendo” os taninos e os aromas. Resumo: Não se assuste ao encontrar vinhos de 3-4 anos de idade (ou muito mais) na carta de restaurantes ou na sua loja preferida. Em um Cabernet, você provavelmente vai sentir notas de cassis (um tipo de groselha), pimentão e menta.

Merlot

vinho do tipo merlot

Entre os tipos de vinho, este é um dos que tem o sabor mais arredondado e frutado. O Merlot é uma das uvas francesas mais cultivadas e vinificadas pelo mundo. Vinhos feitos com 100% Merlot apresentam notas de frutas negras como ameixas e amoras (sim, é possível senti-las), além de taninos baixos ou médios. Assim, é um vinho mais suave que a Cabernet, ideal para quem precisa de um vinho frutado e menos agressivo na boca.

Pinot Noir

uva do tipo pinot noir

112

O que você precisa saber: Uva de temperamental e de difícil cultivo (só se dá bem em climas frios), a Pinot Noir produz um vinho leve e versátil (mais ligeiro e pálido que a Cabernet Sauvignon), entretanto, cheio de aromas complexos. É a uva de maior destaque da região da Borgonha (França). Produz vinhos com aromas que lembram framboesas, morangos e cereja. Quando passa por madeira, pode produzir notas de especiarias ou tostados.

Syrah

vinho do tipo Syrah

O que você precisa saber: Uva negra do sul da França, produz vinhos potentes com notas que lembram ameixas frescas, cerejas, chocolate e pimenta do reino. Por ser encorpado e vivo, pede pratos a altura. (veja dicas de harmonização logo abaixo).

Se for escolher um Syrah australiano, prepare-se para um vinho ainda mais concentrado e alcoólico, mas não menos saboroso.

Malbec

Uva do tipo Malbec

Entre todos os tipos de vinho, o Malbec é a uva mais famosa na Argentina. É de lá que saem vinhos concentrados e alcoólicos, que pedem churrasco! Isso mesmo; vai para um churrasco na casa dos amigos? Leve uma garrafa de Malbec com você ao invés de tradicional caixinha de cerveja. A escolha é mais que certeira, além de causar uma bela impressão nos amigos.

Tempranillo

Vinho do tipo Tempranillo

Essa uva típica da Espanha produz vinhos tintos leves, agradáveis, fáceis de beber. Um típico Tempranillo possui notas de frutas vermelhas como amoras, cerejas e noz-moscada. Opção ideal para iniciantes no mundo do vinho. Delicada na boca, fácil de beber.

  • Beba com: espaguete à bolonhesa, pizza de calabresa, pizzas variadas e bruschettas.
  • Para começar: Toro Loco Tempranillo 2013, R$25

4 dicas para beber melhor todos os tipos de vinho

• Tome o vinho com calma, evite “goladas”, sinta o gosto na boca por alguns segundos e só depois engula.
• Grana curta? Compre a garrafa em parceria com amigos. É um dos jeitos mais comuns de ter acessos a vinhos mais caros, sem esvaziar os bolsos.
• Traga o vinho pra dentro de casa. Antes de se aventurar a pedir vinho nos restaurantes e ficar mais seguro nas suas escolhas, tome vinho em casa. Experimente rótulos, diferentes tipos de vinho e descubra seu gosto pessoal. É uma boa oportunidade para trazer aquela gata para mais perto de você ou ainda para reunir os amigos mais chegados.
• Não tenha receio de perguntar, pesquisar e pedir dicas a quem entende. Em grandes lojas sempre há especialistas no assunto. Diga sempre a faixa de preço que espera pagar e, dentro dessa faixa, escolha uma opção.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »