10 Fatos sobre vinhos que você precisa saber

Fatos sobre o vinho precisa saber

O vinho é uma bebida muito antiga, com uma história longa e fascinante. Para descobrir todos os fatos sobre vinho, certamente levaremos anos de estudo!

Mas, apesar disso, a bebida não é tão complexa assim e, por isso, algumas curiosidades incríveis sobre o vinho já são bem conhecidos por muita gente.

Não é seu caso? Não sabe nada sobre vinho ou quer conhecer mais?


Conheça os mitos que já te contaram sobre vinho

Então, se liga na nossa lista de 10 fatos sobre vinho que você precisa descobrir (e, quem sabe, ter algumas informações extras para compartilhar durante uma festa regada à bebida):

Beber vinho pode melhorar sua vida sexual

Beber vinho pode melhorar sua vida sexual

Este é talvez um dos fatos mais surpreendentes e interessantes sobre a bebida! Uma das mais úteis curiosidades sobre vinho.

Quando bebido regularmente, ele pode realmente ajudá-lo a impulsionar seu desejo sexual.

Um estudo italiano mostrou que mulheres que tomam 2 copos de vinho diariamente desfrutam de prazer físico muito mais intensamente do que mulheres que não bebem vinho.

A questão é que o vinho reduz o estresse da mulher e aumenta seu foco no parceiro, além de estimular a circulação do sangue, inclusive nas áreas erógenas.

Uma boa razão para começar a beber vinho, não é?

Fatos sobre o vinho: a China é a maior consumidora

Curiosidades sobre o vinho: a China é a maior consumidora

Os chineses beberam o caminho para um recorde de 155 milhões de caixas de 9 litros de vinho tinto em 2013, superando assim os franceses cujo consumo diminuiu em 18% para 150 milhões de caixas.

A crescente popularidade do vinho tinto na China é em grande parte devido ao fato de que o vermelho é considerado uma cor de sorte.

Esta importância simbólica, combinada com a relação entre a longevidade e a bebida, encoraja os chineses a pegar uma garrafa na prateleira do supermercado com mais frequência.

Além da China, você consegue adivinhar quem são os maiores consumidores de vinho do mundo?

Bem, enquanto a Itália é o maior produtor de vinho do mundo, o país é apenas o quarto lugar na lista de consumidores de vinhos – ultrapassado ​​pela França e por Portugal.

Quando se trata dos maiores consumidores de vinho dos EUA, os líderes são: Califórnia, e Nova York seguida pela Flórida.

A França ainda bebe mais vinho (todas as categorias) do que os chineses, com 53 litros per capita por ano, contra 1,9 na China.

Mas qual país bebe mais vinho per capita? O Vaticano! No total, são 74 litros per capita por ano!

Devemos agradecer aos monges pelo nosso vinho

Devemos agradecer aos monges pelo nosso vinho

Um dos fatos sobre vinho mais legais que você vai ler hoje!

Ordens monásticas, como os cistercienses e os beneditinos, preservaram e inovaram a arte da produção de vinho durante a Idade Média.

É graças a suas pesquisas e incansáveis ​​esforços que temos hoje uma elaborada tecnologia de fabricação de vinhos.

Um dos mais famosos champanhes do mundo, Dom Pérignon, recebeu o nome de um monge.

Dom Pierre Pérignon (1638-1715), um dos primeiros defensores da produção de vinho orgânico, experimentou novos métodos, melhorando com sucesso o processo de vinificação. Suas práticas e técnicas ainda são usadas hoje.

Nem todo vinho faz bem para a saúde

Nem todo vinho faz bem para a saúde

Os vinhos tintos são conhecidos por conter muitos antioxidantes benéficos, como o polifenol e resveratrol, que têm efeitos cardio-protetores e propriedades anti-câncer.

A pele de uva é especialmente rica em antioxidantes.

Uma vez que o vinho tinto é fermentado juntamente com a sua pele, tem mais antioxidantes do que o vinho branco, que é processado sem a sua pele.

O vinho branco pode até aumentar um pouco o risco de contrair câncer, especialmente do trato digestivo, como mostram alguns estudos.

Portanto, não beba mais do que 1 ou 2 copos de vinho por dia!

Nomes de vinhos geralmente indicam a localização ou variações de uva

Nomes de vinhos geralmente indicam a localização ou variações de uva

A maioria dos vinhos europeus tem o nome de sua origem geográfica.

Um exemplo muito famoso seria o vinho de Bordeaux, produzido na região de Bordeaux, na França. Os vinhos de Bordeaux são feitos de Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, Petit Verdot e, em menor escala, Carmenere e Malbec.

Vinhos não europeus quase sempre têm o nome da uva (também conhecida como varietal) no rótulo – por exemplo, Cabernet Sauvignon, da Califórnia.

Bom, agora você sabe!

Fatos sobre vinho: a cor fala sobre sua origem geográfica

Curiosidades sobre vinho: a cor fala sobre sua origem geográfica

Uma das coisas que você pode ver olhando para a cor do vinho é a região e o clima onde a videira está localizada.

Tons mais escuros de vinho, ou seja, os vermelhos mais escuros e brancos amarelos vêm de climas quentes.

As cores mais claras vêm de climas mais frios e têm um sabor mais leve e menos exuberante.

As mulheres se embebedam mais rapidamente do vinho por causa da relação entre água e gordura

As mulheres se embebedam mais rapidamente do vinho por causa da relação entre água e gordura

Uma das mais importantes fatos sobre vinho para evitar problemas!

As mulheres geralmente toleram menos álcool do que os homens, mas isso não tem nada a ver com seu peso ou tamanho corporal.

Se uma mulher e um homem do mesmo tamanho e construção corporal bebessem a mesma quantidade de vinho, a mulher ainda mostraria uma maior concentração de álcool no sangue.

Isso ocorre porque as mulheres têm um maior teor de gordura do que os homens e a gordura não absorve nenhum álcool.

O intoxicante, portanto, se espalha para menos líquido, levando a uma maior concentração de álcool no sangue.

Vinho foi descoberto há cerca de 6.000 anos no Oriente Médio

Vinho foi descoberto há cerca de 6.000 anos no Oriente Médio

Esta é uma histórica curiosidade sobre vinho!

Os primeiros registros de vinho foram descobertos no Irã, datando do período neolítico (8500-4000 aC).

As evidências mais antigas de videiras cultivadas foram encontradas na Geórgia, datando de 7000-5000 a.C.

Supõe-se que a bebida originalmente fermentou por engano.

Leveduras nativas acidentalmente entraram em contato com uvas armazenadas em recipientes, transformando os açúcares das uvas em álcool.

A arte da produção de vinho foi mais tarde aperfeiçoada pelos egípcios e espalhada pelo Mediterrâneo pelo grego.

Os romanos tornaram popular em toda a Europa e os espanhóis, assim como outros europeus, levaram sua bebida para o Novo Mundo, Oceania e África do Sul.

Fatos sobre vinho: tem gente que tem medo

Curiosidades sobre vinho: tem gente que tem medo

Sim! Surpreendentemente, existem pessoas em todo o mundo que odeiam vinho e há até mesmo um nome para isso, a fobia é chamada “enofobia”.

Vinho não te engorda

Vinho não te engorda 

Enquanto a cerveja cria aquela barriga de cerveja inestética, o vinho não afeta sua cintura.

De fato, estudos recentes mostraram que “mulheres que rotineiramente bebiam quantidades moderadas de vinho, totalizando cerca de um drinque por dia, carregavam quase 10 quilos a menos de gordura corporal do que mulheres que não bebiam”.

Especialistas acreditam que as calorias no álcool não são metabolizadas da mesma forma que as calorias de carboidratos, gorduras ou proteínas.

Então, se você está prestes a começar uma dieta para perder peso, você pode considerar tomar uma taça de vinho em vez de um pudim de chocolate para a sobremesa – mas maneirando sempre, hein?

Com certeza, um dos mais vantajosos fatos sobre vinho!

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »