Tesouro Direto: tudo o que você precisa saber para começar a investir

Tesouro Direto: tudo o que você precisa saber para começar a investir

Se você já se tocou que a poupança não é uma boa maneira de fazer render seu suado dinheirinho, provavelmente já ouviu falar no Tesouro Direto como alternativa de investimento da sua grana. Mas porque o pessoal gosta e adere a ele?

Com ajuda da nossa parceira Rico, corretora de investimento, levantamos algumas das principais dúvidas para você começar a investir. Se liga!

O que é o Tesouro Direto?

tesouro direto

Primeiro, é preciso explicar que Tesouro direito é uma plataforma de investimento de títulos públicos, feita para pessoas físicas pela internet. Ela é bem vista porque é considerada uma opção de investimento segura e de baixo custo para o investidor, da mesma forma como a poupança. A grande diferença é que o Tesouro Direto costuma ter rentabilidade maior do que a poupança.

Essa plataforma de compra e venda de títulos foi criada em 2002 com o objetivo de reduzir o custo das aplicações e torná-las mais acessíveis ao pequeno investidor. Antes disso, esses títulos só estavam acessíveis para os bancos ou clubes de investimentos, com uma grande burocracia para ter contato.

Mas o que diabos são esses Títulos Públicos?

Títulos públicos são opções de investimentos de renda fixa que o Governo Federal usa para captar recursos para pagar a dívida pública e, teoricamente, investir em áreas como saúde, educação e infra-estrutura.

Basicamente, é você, cidadão comum, emprestando dinheiro para o governo por determinado período e, com esse empréstimo, recebe em troca o dinheiro de volta com juros melhores do que os da poupança.

Quais são as vantagens de Investir no Tesouro Direto?

tesouro direto

Talvez a primeira grande vantagem que enxergo em apostar no Tesouro Direto é o baixo valor de investimento inicial. Com apenas R$ 30, você já pode começar a investir na plataforma.

Ao lado desse benefício, outro grande é a de que, apensar de existirem alguns tipos de títulos públicos (Selic, IPCA, prefixado,) sua rentabilidade (em média) costuma ser bem maior que a poupança. Historicamente, investir no Tesouro Direito oferece uma rentabilidade superior a todas as aplicações no Brasil.

Para você que está em dúvida se investir no Tesouro Direto realmente é mais vantajoso que a Poupança, fiz aqui um simulado:

Vamos supor que você tenha R$ 300 disponíveis para investir mensalmente, por 10 anos.

No Tesouro Direto (Selic): o resgate é de R$ 62.077,29
Na Poupança: vai retirar R$ 51.077,39
Diferença: R$ 10.999,9

Agora, em outro simulado, imagine que você recebeu R$ 10 mil de uma herança e queira investir por 10 anos.

No Tesouro Direto (Selic): o resgate é de R$ 27.633,26
Na Poupança: vai retirar R$ 19.312,97
Diferença: R$ 8.320,29

Nas duas simulações, o de valor mensal fixo ou somente um dinheiro  inicial, o investimento no Tesouro Direto leva vantagem.

Outros pontos positivos em apostar no Tesouro Direto:

tesouro direto

– Tem baixa Taxa de Administração
– Consegue passar por cima de Intermediários (fundos)
– A pessoa tem autonomia para decidir
– Controle e monitoramente fácil
– Possui liquidez caso você precise resgatar
– Você consegue migrar seus títulos de instituição para Instituição sem Precisar Resgatar
– Você pode Pré-Fixar, Pós-Fixar ou atrelar a Inflação de forma simples

Tipos de investimento em Tesouro Direto

tesouro direto
Uma coisa que você precisa saber é que o tesouro direto é um tipo de investimento de renda fixa. E isso significa duas coisas básicas.

A primeira é que ele sempre tem um prazo de validade. Ou seja, seu dinheiro só pode ficar aplicado e rendendo até uma data definida. Quando esse período vencer, ele volta pra sua conta com os devidos juros pagos.

A outra coisa é que ele tem um vinculo com um indexador de rentabilidade, ou seja, tudo que você vai receber daquele investimento está atrelado a um indicador. Conheça os três principais grandes grupos:

Tesouro SELIC: você ganha conforme a varição da Taxa Selic. Se no período que você investiu a Selic estiver em 6,75% ao ano (número de jan/2018), o seu rendimento anual estará próximo a este número (já considerando os descontos com Imposto de Renda e outras taxas).

Essa forma de investimento em Tesouro Direto vale para quem pensa em usar o dinheiro aplicado nos próximos meses e quer que ele valorize mais do que a poupança.

Tesouro Pré-Fixado: você investe sabendo exatamente qual será a rentabilidade
do título na dada do seu vencimento (resgate).

Vale para quem procura uma segurança maior no valor investido, quer ter rentabilidade garantida e tem planos de médio para longo prazo (algo para acima de 3 anos).

Tesouro IPCA: você tem uma rentabilidade que acompanha a inflação, somado aos juros definido na hora da compra.

Esse investimento paga semestralmente uma taxa de juros, o que pode virar uma renda extra pra você enquanto durar sua aplicação.

O Tesouro IPCA é indicado para quem quer viver de rendimentos mensais e não quer arriscar seu patrimônio perdendo dinheiro para a inflação ao longo prazo.

Existe Risco em Investir no Tesouro direto?

tesouro direto

Existem dois principais riscos de Investir no Tesouro Direto. O primeiro diz a respeito do Governo, o segundo a você, investidor.

Como você está emprestando dinheiro para o Governo do seu país, existe o risco (pequeno, é claro), da economia do país quebrar e você não receber. Mas, é um caso bem raro. Não é uma crise política, entrada ou saída de partido no governo que isso pode influenciar. Precisa ser algo como o governo dar o calote, como aconteceu na Grécia, Venezuela ou mesmo na Argentina.

Isso não só pode gerar o bloqueio do seu dinheiro, mas uma crise econômica drástica.

O segundo risco tem a ver com a escolha na forma de investimento e o resgate da sua aplicação antecipada. Se você investir para resgatar seu dinheiro apenas no vencimento, o seu risco está muito bem controlado. Você não precisa se preocupar com isso, pois no vencimento você não pode ter rentabilidade negativa.

Ou seja, a sua rentabilidade e ganhos com o tesouro estarão garantidas se você levar este investimento até lá.

Agora se você não se planejar direito e quiser pegar o dinheiro de volta antes da data do vencimento pode perder parte do valor investido, caso tenha aplicado no Tesouro IPCA ou PREFIXADO.

Como você viu, existem Títulos para perfis e intenções de investimentos diferentes. Antes de aplicar seu dinheiro, defina um objetivo para ele e, só a partir daí, escolha o investimento que melhor contemple sua intenção.

Passo-a-passo para Investir no Tesouro Direto

tesouro direto

Basta você seguir esse passo-a-passo básico para começar a Investir no Tesouro Direto:

1. Abra uma conta em uma corretora de Valores

Nós, do MHM, indicamos a Rico, que são nossos parceiros e ainda cobra taxa Zero em investimentos de Tesouro Direto. Ou seja, você não paga absolutamente NADA para começar a investir a sua grana.

O cadastro é super rápido, dá para ser feito em menos de 10 minutos e, depois de você se aprovado, você só precisa transferir seu dinheiro para sua conta na Rico e escolher qual título você quer investir de acordo com o seu plano.

2. Escolha qual o título mais adequado para alcançar seu objetivo financeiro

Não precisa ter pressa nessa hora. Veja quais são os títulos disponíveis, faça simulação e testes e opte pelo que te agradar mais.

3. Compre o Título (ou a carteira de títulos) que te agradar mais

Lembrando que você pode investir em diversos Títulos com diferentes prazos.

4. Acompanhe e monitore o desempenho dos títulos mensalmente 

Essa é a melhor forma de aprender com o investimento e ver a evolução do seu dinheiro

5. Programe investimentos mensalmente

Faça realocações sempre que se fizer necessário e reserve parte do seu dinheiro para fazer investimentos mensais no Tesouro Direto.

6. Se precisar, faça o resgate do titulo a qualquer momento

Esse é uma funcionalidade permitida e garantida pelo Tesouro Direto

 

Rico Corretora

Crédito: Reprodução

Este texto é padrocinado pela Rico, uma corretora online, onde você consegue investir seu dinheiro, de maneira fácil e segura, a partir de R$ 30.

A corretora possui uma cartela de produtos que disponibiliza para seus investidores, de títulos de Renda Fixa (Tesouro Direto), Fundos de Investimentos até títulos de Renda Variável.

Além da plataforma de investimentos, a Rico possui um canal no youtube e um blog, ambos tiram dúvidas e te ajudam e organizar sua vida financeira!

Conheça a plataforma e comece a investir na Rico

Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »