Inscreva-se no Canal

5 dicas para acabar com as dívidas e organizar seu dinheiro

O Brasil começou o ano de 2017 com quase 60 milhões de pessoas endividadas. Esse é o maior número de brasileiros no vermelho desde 2012, e as dívidas atrasadas desses consumidores chegam a R$ 270 bilhões.

O desemprego e uma inflação alta são os principais fatores que explicam o surpreendente aumento no número de inadimplentes. Numa comparação com o ano 2013, por exemplo, levantada pelo Jornal Hoje da Rede Globo, o percentual de brasileiros com nome sujo cresceu 18%.

Seguindo análise feita pelo CEO da Lendico, Marcelo Ciampolini, o grande erro dessa parcela de endividados é não saber qual é o seu rendimento mensal. Como assim? A gente explica.

Por exemplo: muitas pessoas fazem suas contas pensando no valor bruto do salário – sem descontar impostos e outros gastos, como INSS , FGTS , benefícios e etc., – e, na hora de fazer dívidas de longo prazo, isso acaba gerando vários problemas.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Esse é bem comum entre os assalariados e também entre os trabalhadores autônomos e empresários, que costumam, segundo o portal IG, basear os gastos no valor do faturamento – esquecendo que o lucro também vem repleto de obrigações financeiras.

Em entrevista para o Ig, Ciampolini usou como base para a sua análise os pedidos de empréstimo feitos na plataforma Lendico, e identificou que 40% dos clientes “aumentam” a renda mensal em 40%. Ou seja: eles acreditam ganhar mais do que realmente recebem mensalmente, e é essa falta de entendimento das finanças pessoais que gera boa parte do stress do endividamento.

Quer saber como resolver esse problema? Veja 5 dicas para acabar com as suas dívidas e organizar o seu dinheiro:

Organização

5 dicas para acabar com as dívidas e organizar seu dinheiro

Para conseguir sair dessa situação, a dica é saber exatamente o valor da dívida e a quantidade de parcelas – ou o período – que ela carrega. Ou seja, você precisa colocar na ponta do lápis o quanto ser´necessário para quitar débitos de uma vez, e planejar essa quitação de acordo com a quantidade real de dinheiro que você recebe por mês.

Economia

5 dicas para acabar com as dívidas e organizar seu dinheiro

Para pagar as suas dívidas, você vai precisar economizar dinheiro – não tem jeito. Se você tem dúvidas de como fazer isso, nós já demos várias dicas aqui. Mas, em resumo, uma boa forma de guardar grana é tentar separar 15% da sua renda mensal para pagar débitos e, quando você finalmente eliminar sua dívida, vai ter criado um bom hábito de economia para levar para o resto da vida.

Chega de exagerar nas compras

5 dicas para acabar com as dívidas e organizar seu dinheiro

Enquanto você não quitar suas dívidas, você vai precisar segurar uma grana e economizar, e isso envolve parar de comprar coisas supérfluas e gastar dinheiro com serviços e produtos desnecessários. Espere as dívidas atuais terminarem para você voltar a gastar com outras coisas.

Tente renegociar

5 dicas para acabar com as dívidas e organizar seu dinheiro

Você não vai saber se não tentar, então, tente renegociar as suas dívidas com os credores. Entre em contato com as instituições a quem deve dinheiro e tente chegar a um acordo com descontos em juros ou uma maior quantidade de parcelas, por exemplo. Antes de fazer a negociação com o credor, entretanto, você precisa pensar nos argumentos que irá apresentar e levar todos os documentos comprobatórios. Uma boa dica é fazer uma lista de perguntas que você poderá levantar antes de assinar a negociação. Por exemplo: qual será o desconto sobre a dívida total? Se você pagar a vista, pode ter um desconto maior? Se você resolver parcelar, quais serão os juros? Depois de pagar, em quanto tempo você vai conseguir, por exemplo, regularizar situação no Serasa? Quando pagar, você vai receber uma carta de quitação?

Nada de cartão

5 dicas para acabar com as dívidas e organizar seu dinheiro

Se você não costuma se controlar com um cartão de crédito, o melhor é deixar ele escondido em uma gaveta e nem sair com ele. Se precisar comprar algo, então, leve em dinheiro apenas o valor para usar nessa compra.

Junte dinheiro e invista

5 dicas para acabar com as dívidas e organizar seu dinheiro

Depois de quitar suas dívidas e se livrar desse sofrimento todo, o ideal é separar um dinheiro para investir. Na opinião do CEO da Lendico, não é uma boa ideia pensar em investimento quando você ainda tem dívidas para quitar, porém, quando se livrar delas, você pode começar a pensar em investir para conseguir lidar mais facilmente com dívidas futuras!

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »