50 livros sobre sexo para ler no lugar de 50 Tons de Cinza

Falar mal de “50 Tons de Cinza” é fácil. Além de viver em uma relação de perseguição, intimidação, isolamento e humilhação, o livro incentiva a violência contra mulheres, cria o mito do homem perfeito e uma visão distorcida da realidade.

Porém, na fúria de criticar, muitos não fazem a via reversa e deixam de oferecer outras opções de leitura que sejam melhores, mais divertidas e produzam mais conhecimento sobre o sexo do que a obra de E. L. James.

Pensando nisso, nós separamos 50 livros para você, e principalmente sua companheira, lerem no lugar de “50 Tons de Cinza”. Vão desde clássicos da ficção erótica até livros sobre filosofia e alguns manuais safados.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Confira nossa seleção de livros abaixo:

Ficção

budas2

  • “A Casa dos Budas Ditosos” de  João Ubaldo Ribeiro:  Uma mulher de 68 anos conta as experiências sexuais que teve após uma vida sem se negar a fazer o que dava na cabeça.
  • “120 Dias de Sodoma” de Marquês de Sade: Quatro homens se trancam em um castelo com 46 pessoas durante 4 meses e realizam as mais perversa experiências sexuais.
  • “As 100 Melhores Histórias Eróticas da Literatura Universal”: O organizador Flávio Moreira reuniu histórias de todos os séculos e dos quatro cantos do mundo em um mesmo livro. Da Grécia antiga até os dias de hoje.
  • “Fanny Hill ou Memórias de uma Mulher de Prazer” de John Cleeland: Ano 1748. Uma jovem resolve tentar a vida em Londres e se acaba se tornando uma requisitada cortesã.
  • “A História do Olho”M de Georges Bataille: Dois adolescentes narram as experiências sexuais pelas quais eles passam, como sadomasoquismo, voyeurismo e a sexo anal.
  • “Sofá” de Crébillon Fils: A história é narrada por um sofá que conta todos os tipos de aventuras sexuais que rolaram em cima dele.
  • Teresa Filósofa”: O romance anônimo conta a história de Teresa, uma jovem que vive o conflito entre seus desejos sexuais e sua religião.

lolita-1997

  • “Flossie, a Vênus de Quinze Anos” de Swinburne: Clássico pornográfico da Era Vitoriana conta a historia da relação entre o capitão Jack Archer e Flossie Eversley, uma jovem de 15 anos.
  • “Mulheres” de Charles Bukowski: No livro, o mestre da putaria narra as aventuras sexuais de um homem que volta a transar após quatro anos na seca.
  • “A Casa Verde” de Mario Vargas Llosa: Premiado autor peruano conta a história de um prostíbulo na pequena cidade de Piura e dos personagens que frequentam o local
  • “Lolita” de Vladimir Nabokov: O livro narra a história de amor obsessiva de Humbert Humbert, um intelectual de meia-idade, por Dolores Haze, Lolita, uma garota de 12 anos.
  • “Engraçadinha” de Nelson Rodrigues: O livro conta a história de uma ninfomaníaca e como seus atos afetam a vida das pessoas ao seu redor.
  • “As Relações Perigosas”, de Choderlos de Laclos: O livro conta por meio de cartas a vida sexual dos membros de um grupo da nobreza francesa,
  • “A Vênus das Peles” de Sacher-Masoch: A obra conta a história do relacionamento de dominação sexual entre Severin e Wanda, O livro acabou dando origem ao termo “masoquismo”, inspirado no sobrenome do autor.

DSC02232

  • “O Novo Epicuro: as Delícias do Sexo” de Edward Sellon: Um homem conversa com suas amantes por meio cartas picantes que revelam todos os detalhes de suas últimas aventuras eróticas.
  • “Autobiografia de uma Pulga” de Stanislas de Rhodes: Uma pulga narra os atos sexuais entre homens e mulheres da era vitoriana. Adultério, homossexualismo e incesto são alguns dos temas abordados no livro.
  • “Pornólogos”, de Pietro Arentino: No século XIV, duas prostitutas conversam para decidir o futuro de uma delas enquanto relembram suas aventuras sexuais.
  • “Minha Vida Secreta”, de Walter: O diário de um cavalheiro relata o clima libertino que guiava a Era Vitoriana apesar de todos os tabus da sociedade.
  • “O Caderno Rosa de Lori Lamby”, de Hilda Hilst: O livro narra as descobertas sexuais de Lori, uma garota de oito anos que vende seu corpo por incentivo dos pais e sente prazer na prostituição.
  • “A História de Ó”,  de Anne Desclos: Ó é uma mulher livre que é levada a um castelo por seu amante. Lá ela se torna escrava dele e de outros homens e passa a ser submetida a várias práticas sexuais.
  •  “Juliette Society”, de Sasha Grey: Primeiro livro de ficção escrito pela ex-atriz pornô Sasha Grey.
  • “Delta de Vênus”, de Anaïs Nin: Coletânea de histórias da aclamada escritora erótica Anaïs Nin com narrativas sobre triângulos amorosos, orgias e prostitutas satisfazendo os desejos mais estranhos de seus clientes.
  • “O Amante de Lady Chatterley”, de D. H. Lawrence: Lady Chatterley é uma mulher que não pode se satisfazer sexualmente por seu marido cadeirante ferido na guerra. Logo, ela resolve buscar satisfação sexual no caseiro da propriedade.
  • “Sexto Sexo”, de Fernanda Lizardo: Compilação de textos do blog homônimo que contava a história de Cooper, uma mulher que gosta muito de sexo e não mede consequências para se satisfazer.
  • “Decameron”, de Boccacci: Uma série de 100 contos mostra como eram as relações pessoais e sexuais durante a Itália, na Idade Média.
  • “Desidéria”, de Alberto Moravia: Filha de uma prostituta, Desidéria é adotada por uma mulher sexualmente voraz. Em certo momento a mãe adotiva cobiça a garota.
  • “Jóias Indiscretas” de Diderot: O sultão do Congo ganha um anel mágico que faz com que todas mulheres para que ele aponte a joia lhe conte a histórias sexuais mais tórrida que viveram.

Quadrinhos

MANARA_El Gaucho_06

  • “Pagando por Sexo” de Chester Brown: Um homem decide apenas ter relações sexuais com prostitutas. Baseado na história real do autor.
  • “Meus problemas com as mulheres” de Robert Crumb: O polêmico autor mostra sua mistura de devoção e desprezo pela figura feminina, a SUA fixação por mulheres gordinhas e seus fetiches bizarros em um só HQ.
  • Click” de Millor Manara: Um cientista coloca um dispositivo na cabeça de uma mulher que sempre que ele aperta um botão ela sente um tesão absurdo e precisa transar imediatamente.
  • “O Vira-Lata”, de Paulo Garfunkel e Libero Malavoglia: Idealizada por Drauzio Varella essa HQ erótico-policial servia para conscientizar os presos da Casa de Detenção do Carandiru sobre a AIDS.
  • “A Pro”, de Garth Ennis e Jimmy Palmiotti: Uma prostituta ganha super poderes e resolve usar suas novas habilidades para tirar uma grana extra;
  • “Lost Girls”, de Alan Moore e Melinda Gebbie: O que acontece quando a Alice, do País das Maravilhas; Dorothy, de OZ e Wendy, de Peter Pan, começam suas vidas sexuais?
  • “Os Catecismos”, de Carlos Zefiro: Durante 30 anos, as publicações eróticas feitas por este brasileiro mexeram com a cabeça de homens e meninos do colégio. Foram batizados de “Catecismos” porque eram vendidas dentro de folhetos e publicações religiosas,

Biografias

doce-veneno

  • “O doce veneno do escorpião” de Bruna Surfistinha: Famosa prostituta brasileira narra suas histórias em beste-seller
  • “Filha, Mãe, Avó e Puta” de  Gabriela Leite: Filha de boa família, aluna dos melhores colégios de SP, a garota de 22 anos resolveu largar seus estudos na USP para se tornar prostituta. Em 2005 criou a grife Daspu.
  • “O amante” de Marguerite Duras: O romance narra um episódio da adolescência da escritóra: sua iniciação sexual, aos 15 anos e meio, com um chinês rico de Saigon.
  • “O prazer é todo nosso”, de Lola Benvenutti: Ex-prostituta, filha de militares e que já transou com mais de 3 mil homens conta suas experiências sexuais em um livro.
  • “100 Escovadas Antes de ir para cama” de Melissa Panarello: Autora conta suas experiências sexuais entre os 15 e 17 anos. Durante o período ela participou de orgias, sexo homossexual, sadomasoquismo, experiências com drogas e muito mais.
  • “A Vida Sexual” de Catherine Millet: A autora conta suas aventuras sexuais nos mais diversos lugares como estradas, balada, casas de amigos além de orgias com grupos de até 150 pessoas. Além da

Manuais

]

  • “Kama Sutra” de Vatsyayana Kamasutram: O antigo texto indiano enfoca o erotismo entre casais, as formas de se alcançar prazer além do orgasmo e trabalha o autocontrole e a ansiedade na hora do sexo.
  •  “Os Prazeres do Sexo” de Alex Comfort: Clássico manual erótico escrito pelo britânico Alex Comfort em 1972 e que já vendeu mais de 8 milhões de cópia.
  • ” O Jardim Perfumado” de Xeque Nefzaui: Manual erótico revela curiosidades e costumes sexuais da África islâmica medieva

Livros Científicos

the-office-season-8-dwight

  • “O Relatório Kinsey” de Alfred Kinsey: Com o início da “revolução sexual” na década de 50 este estudo fundamentou boa parte do entendimento da diversidade sexual humana.
  • “Por que Elas Negam Fogo” de Bettina Arndt: Terapeuta sexual australiana propõe uma nova abordagem de como os casais podem ter uma vida sexual ativa e regular para não deixar a chama apagar.
  • “Meu Jardim Secreto” de Nancy Friday: O livro é o resultado de um estudo em cima de centenas de entrevistas com mulheres sobre suas fantasias sexuais.

Filosofia e sociologia

Alfred Kinsey and Family

  • “Uma Breve História do Sexo” de Claudio Blanc: Obra apresenta um painel rico de como o sexo vem sendo visto e praticado desde os primórdios da civilização até a atualidade.
  • “Histórias Intímas” de Mary del Priori: Historiadora narra a evolução da sexualidade do povo brasileiro do descobrimento do país até os dias de hoje.
  • “História da Sexualidade” de Michel FocaultHistória da sexualidade é um estudo em três partes sobre a sexualidade no mundo ocidental escrito pelo famosos filósofo e historiador francês.
  • “Três ensaios sobre a teoria da sexualidade” de Sigmund Freud: O psicanalista escandalizou a sociedade da época ao defender que a sexualidade existe desde a infância e vai sendo desenvolvida ao longo da vida através das experiências pessoais de cada indivíduo.
Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »