Namoro na adolescência: veja como não quebrar a cara e não ser um idiota!

Namoro na adolescência: veja como não quebrar a cara e não ser idiota!

Ah, o namoro na adolescência! Essa questão tão comum e ao mesmo tempo tão complexa; tão deliciosa e ao mesmo tempo tão apavorante. Quem passa por essa fase e sobrevive, lembra dela com carinho. Quem a vive, só quer morrer.

Sim, a sociedade e a tecnologia já evoluíram bastante (apesar de controvérsias) – mas a vida como um adolescente continua sendo complicada. Na verdade, embora os adultos suportem praticamente tudo, desde problemas de trabalho até dívidas, nenhum período da sua vida chega perto de ser tão confuso e bagunçado quanto a adolescência.


Saiba tudo o que você precisar saber sobre namoros na adolescência!

Principalmente quando o assunto é namoro na adolescência.

Hoje, para te ajudar a sofrer menos – e, quem sabe, lembrar dessa fase com carinho – separamos algumas coisas que você precisa saber sobre namoro na adolescência. Pegue um papel e uma caneta e se prepare para a aula!

Entenda a sua motivação para o namoro na adolescência

Namoro na adolescência: veja como não quebrar a cara e não ser idiota!

Muitos adolescentes passam muito tempo obcecados. Especialmente quando é o primeiro amor, afinal, um relacionamento romântico enche seu corpo com emoção e adrenalina. Quem poderia vencer essa corrida? Bem, cuidado. Cuidado é a palavra do dia quando se trata de namoro na adolescência.

Na maioria das vezes, você não vai estar amando: a probabilidade de ser apenas hormônios e adrenalina é bem alta.

Embora certamente isso não soe como uma boa notícia, é importante lembrar que namoro na adolescência não é fácil.

É claro que seu primeiro pensamento é: “mas é diferente, eu realmente estou apaixonado…”, bom, mesmo assim é importante não perder de vista exatamente o que o amor jovem que você está sentindo realmente é.

Namoro na adolescência: veja como não quebrar a cara e não ser idiota!

O amor jovem, especialmente o primeiro amor, é intenso. Tão intenso que pode ser bastante assustador. Essa intensidade fará com que o amor pareça mais forte do que realmente é.

Como adolescente, este é um momento de diversão e crescimento, não de responsabilidade pesada. Não desperdice o seu estimulante namoro adolescente com um relacionamento amoroso pesado, especialmente sabendo que provavelmente ele terminará.

Sim. A chance de você casar e ter filhos com a sua namorada de adolescência é extremamente baixa. Tenha isso em mente e aproveite enquanto durar – de uma maneira leve.

Aceitar o inevitável irá te fazer aproveitar o relacionamento de uma maneira menos dolorosa e mais divertida, sem espaço para mágoa e dor.

Ninguém vai te salvar, o amor não é isso

Namoro na adolescência: veja como não quebrar a cara e não ser idiota!

Isso não quer dizer que você deve evitar o namoro na adolescência; estamos te pedindo para saboreá-lo. Um fenômeno de curta duração, o amor na adolescência é o material com o qual contos de fadas e sonhos são feitos.

Tente tirar qualquer pressão ou responsabilidade de você e da sua namorada ou namorado. Como um adolescente, não há necessidade de estar à procura de um parceiro vitalício, apenas alguém divertido para compartilhar a fase mais mágica da vida.

Primeiros amores são as lembranças mais doces da sua vida, mais ingênuas e leves. Todo adolescente se lembra do seu primeiro amor e isso prepara o palco para todos os relacionamentos que se seguem. Como você quer ser lembrado? Deixe este pensamento guiá-lo em suas próprias decisões de relacionamento.

Não se desespere para namorar ou para se apaixonar

Namoro na adolescência: veja como não quebrar a cara e não ser idiota!

E se você ainda não sentiu o formigamento do primeiro amor? Não se estresse, milhões de adolescentes nunca experimentam o amor até que sejam muito mais velhos. Seja paciente e relaxe sabendo que você pode se concentrar em outras atividades interessantes.

Paixão e amor, especialmente amor jovem, andam de mãos dadas. Essa paixão será o seu maior sucesso ou fracasso, dependendo de como você a usa.

Quando se trata de amor, seja o amor por alguém ou por alguma coisa, o ideal é não depositar expectativas irreais porque, como o próprio nome já alerta, elas sempre quebrarão.

Não deixe que suas paixões dominem sua vida, não importa quais sejam. Nos primeiros estágios do amor, é muito fácil deixar todo o resto desmoronar. Dever de casa, obrigações familiares, emprego, tudo parece menos importante quando aquela garota na aula de matemática finalmente fala com você você.

Mas calma, está tudo bem: você pode chamar a menina para sair e curtir um tempo com ela.

Quem sabe, pode até namorar. Só não pule o treino de futebol ou perca o aniversário do seu irmão para se encontrar com ela, afinal, é na adolescência que você começa a construir o seu futuro: e se você abrir mão dos primeiros passos para dar uns beijos na boca, certamente vai se arrepender depois.

Use o namoro na adolescência como um incentivo

Namoro na adolescência: veja como não quebrar a cara e não ser idiota!

Em vez disso, deixe a paixão motivá-lo. Aprenda sobre si mesmo para entender melhor o que e quem você ama e por quê.

Torne-se uma pessoa completa que seja mais fácil para os outros amarem. Ao equilibrar sua própria autoestima e confiança, você instantaneamente se tornará mais atraente para si e para os outros.

Não se envergonhe de suas emoções intensas. Em vez disso, olhe para dentro e tente entender melhor quem você realmente é. Faça com que esse tempo de transições seja a oportunidade de se preparar para as dificuldades e tensões do mundo adulto.

Quando você entender isso, vai se libertar de qualquer chance de quebrar a cara, afinal, se você enxergar tudo como uma experiência válida, dará o peso certo para cada parte da sua vida – inclusive para o namoro na adolescência.

Dê uma lida no Guia Definitivo para não quebrar a cara

Descubra agora como finalmente parar de sofrer por amor!

Uma boa maneira de conseguir conquistar e manter inteligência emocional é ouvir a voz de quem lida com esse tipo de questão todos os dias.

Ao ler e expandir a sua mente com algumas verdades que são dolorosas, você conseguirá elaborar auto-crítica e até analisar os próprios comportamentos.

O Edson Castro e o Leonardo Filomeno, criadores do Manual do Homem Moderno, acabaram de publicar um livro para te ajudar neste processo. O Guia Definitivo Para Não Quebrar a Cara: (ou Pelo Menos Tentar) reúne os melhores conselhos, toques verdadeiros que dispensam palavras gentis e tapinhas de boa sorte nas costas.

Às vezes, o que a gente realmente precisa é de um bom tapa na cara para acordar para a vida.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »