30 melhores filmes da década (2010-2018)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Sim, estamos no último ano desta década. Isso significa que é o momento certo para começar a listar os melhores filmes a década!

Então, fizemos exatamente isso: montamos uma lista dos melhores filmes desta década. Obviamente, vamos atualizar – e até expandir – essa lista no final do ano.

Não há dúvida de que a década de 2010 foi uma boa década para o cinema. Temos visto muito progresso dentro das pautas abordadas nas obras, na diversidade presente tanto na produção do filme (direção, roteiro, fotografia e e  tc), quanto na abordagem das histórias que estão sendo contadas.


Confira o vídeo com a nossa seleção de melhores do ano 2018

O que, lembramos, é ótimo! Afinal, o cinema, apesar de entreter, é uma ferramenta artística, e a arte transforma e retrata o mundo.

Na lista, você também encontrará muita variedade de gêneros e subgêneros – da ação ao musical, esta lista tem tudo. Obviamente, os anos 2020 vão parecer muito diferentes, especialmente com o aumento exponencial do Netflix. Por enquanto, vamos ver a lista dos principais filmes da década de 2010 (2010-2018)!

Dunkirk (2017)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Além de um trabalho de câmera extraordinário e de tirar o fôlego, o que também torna “Dunkirk” tão imersiva é a maneira como Nolan escolhe contar a história – isso é de maneira não-cronológica.

Então, enquanto você está ocupado com tudo o que está acontecendo na tela, você também tem que estar atento para seguir as três histórias que ocorrem simultaneamente. Tipicamente, tal abordagem é reservada para filmes de ficção científica ou thrillers, mas Nolan destrói essa noção também e efetivamente a usa para contar uma história de guerra.

Certamente, um dos melhores filmes da década.

Ela (2013)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

A ideia de se apaixonar por uma Inteligência Artificial pode soar completamente boba, mas da maneira como estamos ficando excessivamente dependentes da tecnologia, essa ideia não parece nem um pouco inconcebível a partir de reinos de possibilidades em um futuro próximo.

O verdadeiro valor de “Ela” será percebido quando a ideia de que é baseada se concretizar. Sempre que isso acontecer no futuro, tenho certeza de que as pessoas vão olhar para “Ela” e para Spike Jonze, incrédulas em prever o futuro com uma precisão tão desarmante.

Um dos filmes mais doces e tocantes na nossa lista dos melhores filmes da década.

Me Chame Pelo Seu Nome (2017)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

O diretor Luca Guadagnino dirige o filme com uma confiança que é excitante ver em um cineasta emergente.

Ele gentilmente orienta os atores, encorajando-os sempre a ir além, mantém as cenas de sexo atenuadas e permite que o intenso calor do sol que ilumina a Itália do filme seja um segundo personagem. Um filme brilhante e ousado que é facilmente entre os melhores do ano e um contendor do Oscar em muitas categorias.

Uma doçura quase sem igual, uma leveza inesquecível e um dos filmes com mais “cara de verão” que você verá na vida.

Lady Bird (2017)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Greta Gerwig já provou ser uma ótima atriz. Com “Lady Bird”, ela se mostra também como uma grande diretora. U

ma história parcialmente autográfica sobre uma garota que tenta se afastar de sua família e se encontrar em seus próprios pés é contada de uma forma que é instantaneamente encantadora e catártica.

Em um ano que pode ser facilmente denominado como “o ano das mulheres fortes no cinema”, “Lady Bird” se destaca como o filme que representa a juventude feminina no cinema.

Para os homens, é um ótimo mergulho na mente das adolescentes – e uma ótima forma de praticar empatia ao ver um filme. Aliás, é bem provável que você se identifique com a personagem, afinal, dramas adolescentes não têm gênero.

As Vantagens de Ser Invisível (2012)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Ainda falando em adolescência, não poderíamos deixar As Vantagens de Ser Invisível de fora desta lista.

A maior conquista do filme é como ele capta lindamente a rica tapeçaria de experiências crescentes encharcadas de lições aprendidas para toda a vida.

Há muito poucos filmes feitos hoje em dia que têm o poder de levá-lo de volta no tempo e deixá-lo com nada além de lembranças agradáveis ​​e bem-aventuradas, e podem ser uma gota ou duas de lágrimas em seus olhos. As Vantagens de Ser Invisível é um deles.

Um Lugar Qualquer (2010)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

A história da ligação pai-filha é aparentemente auto-biográfica para a infância de Sofia, quando ela costumava acompanhar seu pai, o lendário Francis Ford Coppola, em diferentes hotéis e sets de filmagem.

“Um Lugar Qualquer” é um dos filmes que não o surpreendem instantaneamente, mas cresce lentamente quando você começa a pensar nele.

Basicamente, ele fica com você. Ele toca os temas da solidão – algo parecido com o que acontece e “Lost in Translation”, também da Sofia Coppola, nesse aspecto – mas em “Um Lugar Qualquer”, você vai se contagiar mais por causa da química pai-filha, que é fundamental para o filme. Resumindo: o melhor filme de ligação entre pai e filha de todos os tempos.

Blue Jasmine (2013)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Astuto e sobriamente engraçado, “Blue Jasmine” funciona como um comentário satírico e um estudo de personagem.

É uma vitrine da escrita divertida de Woody Allen. De vez em quando, o diretor ele surpreendê-lo com um trabalho tão divertido e extremamente inteligente. E não vamos esquecer o desempenho de Cate Blanchett, que, na minha opinião, é uma das melhores performances da década.

Interestellar (2014)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Repleta de algumas das melhores imagens que você já viu na tela, “Interstellar” é visualmente deslumbrante e tecnologicamente inspirador. Fiquei deslumbrada, surpresa e desafiada por “Interstellar” em igual medida. “Interestelar” tem falhas, mas é lindo também. E é também o que Nolan quer que seja: um sinal de amor de um pai para sua filha.

Certamente, um dos melhores filmes da década!

Burning (2018)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

“Burning” não é o seu típico drama de thriller tradicional. É um daqueles filmes que lentamente, mas seguramente, o atrai para um estudo de caráter que, em última instância, recompensa sua paciência – e, no processo, subverte muitas de suas expectativas.

O cinema coreano está claramente na sua idade de ouro. Quando você vê “Burning”, percebe o motivo.

Com histórias ousadas e temas subtis mas corajosos, “Burning” resume tudo o que é bom no cinema coreano.

O filme pinta retratos vívidos de três personagens distintos e inspira simpatia com um intrigante protagonista apenas para quebrar tudo o que você tinha assumido sobre cada um dos personagens.

O final de assombro de Burning deixa você com um impacto eterno que é impossível esquecer. “Burning” é como uma peça complicada de quebra-cabeça sem respostas fáceis.

Um dos melhores filmes da década!

O Lobo de Wall Street (2013)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Baseado nos eventos da vida real do corretor da bolsa Jordan Belfort, “O lobo de Wall Street” é tão exagerado, que às vezes é inacreditável que o que você está vendo na tela possa ter realmente acontecido.

É tanto um filme ousadamente audacioso quanto delirantemente engraçado. Ele nunca se esquiva de exagerar e extrapolar, mesmo que isso signifique mostrar uma faceta completamente louca, maluca e animalesca dos personagens. Afinal, a verdade é mais estranha – e possivelmente – mais selvagem que a ficção.

Whiplash (2014)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

De vez em quando, surge um filme que te pega completamente de surpresa, e você sai do cinema ainda carregado com o que acabou de ver. “Whiplash” é um desses filmes. Por isso, ele está na nossa lista de melhores filmes da década.

Ele expõe uma narrativa que você costuma ver em dramas baseados em esportes: um underdog, um treinador/mestre com temperamento difícil – mas eficaz, uma competição feroz e o grande resultado final. Mas, na verdade, ele é mais indutor de adrenalina do que a maioria dos filmes baseados em esportes que eu já vi.

O Quarto de Jack (2015)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Um conto esmagador de fuga, surpresa, descoberta, luto e despertar, “O Quarto de Jack” é facilmente um dos filmes mais emocionantes que eu já vi. Uma ode ao vínculo mais forte que pode existir, entre a mãe e seu filho, “O Quarto de Jack” é tão tocante quanto angustiante.

Simplificando, “O Quarto de Jack” é um filme que você não conseguirá esquecer por muito tempo.

Mad Max: Estrada da Fúria (2015)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Mad Max: Estrada da Fúria é um trabalho tão emocionante não por causa de suas cenas de ação, mas devido às idéias que tenta se propagar.

A principal delas – além do mundo apocalíptico brilhantemente concebido – é que, em um cenário semelhante ao do apocalipse, as mulheres feitas apenas para procriar, sobreviventes e protetoras, representariam, de fato, a esperança em subverter o status-quo e construir uma sociedade mais igualitária.

O filme, além de ser uma incrível jornada de ação capaz de te deixar colado na tela, também é um bom item de reflexão.

Antes da Meia-Noite (2013)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

A série de filmes “Antes” é uma das maiores trilogias feitas em todo o cinema, e o que a torna tão grande é que cada um dos filmes, além de ser romântico, engraçado, esclarecedor e doloroso, é sobre nós mesmos – é sobre quem somos – seres inseguros que buscam o amor.

“Antes da Meia-Noite “, como seus predecessores, é cheio de graça, espirituoso e engraçado – na verdade, o mais engraçado entre todos -, mas é mais prático ou pragmático em sua abordagem, deixando de lado o romantismo mais piegas. O filme acrescenta um capítulo às vidas de Jesse e Celine, apenas para nos deixar querendo mais.

Se você não sabe sobre o que se trata a trilogia do “Antes”. um breve resumo: são filmes sobre um casal que se reencontra por pouquíssimo em momentos específicos da vida. No primeiro filme, descobrimos que eles se conheceram em um trem enquanto viajavam pela Europa.

Amor (2012)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

“Amour”, uma palavra francesa que significa amor. E nenhum filme nesta década retratou a dor e o sofrimento que vem junto com o amor de uma maneira tão comovente quanto “Amour”.

É uma história que pode ser difícil de entender, mas a recompensa – se você quiser chamar o clímax emocionalmente devastador – é enorme. Você ficará pensando no filme por dias, até semanas.

Um dos melhores filmes da década, sem sombra de dúvidas.

Drive (2011)

Crédito: Reprodução

Vamos dizer isso e acabar com todos os outros argumentos: “Drive” é simplesmente o filme mais estiloso que foi lançado nesta década.

Seja a música retrô, a cinematografia pouco ortodoxa, ou o ritmo lânguido dos diálogos, “Drive” tem estilo e audácia por toda parte.

Aquela cena de “beijar dentro do elevador” sozinha é suficiente para me convencer de como o ‘Drive’ é inconvencionalmente brilhante.

E, para ser honesta, “Drive” parece um filme de gângster da década de 1970 que, de alguma forma, foi enviado em uma máquina do tempo para ser lançado em 2011.

Gravidade (2013)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

“Gravidade” está apenas nesta lista porque nenhum filme nesta década, ou mesmo neste século, vai lhe dar a emoção e a grandiosidade da experiência de assistir filmes como este filme faz.

De tirar o fôlego, visceral, visualmente assombrosa (talvez mais do que qualquer coisa no cinema até hoje) e uma maravilha tecnológica em todos os aspectos, “Gravidade” estabeleceu um novo padrão para todos os outros filmes que vêm depois dele. O filme em si pode ser esquecido enquanto a tecnologia faz avanços, mas sua contribuição para o cinema não pode e não deve ser negada.

A Origem (2010)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Precisamos conversar sobre isso? Ou devemos deixar o peão girar? Considero “A Origem” como o melhor filme de Nolan desde “Memento”!

Sem exageros, ele é uma delícia para todos aqueles que amam o cinema como alimento para seus cérebros.

Se você viver embaixo de uma pedra e não sabe sobre o que ele se trata, uma breve sinopse: Don Cobb é um ladrão que invade os sonhos das pessoas e rouba segredos do subconsciente.

As habilidades especiais de Cobb fazem com que ele seja procurado pelo mundo da espionagem empresarial, mas lhe custa tudo que ama. Cobb recebe uma missão impossível: plantar uma ideia na mente de uma pessoa. Se for bem-sucedido, será o crime perfeito, mas um amigo prevê todos os passos de Cobb.

Birdman (2014)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Repleto de energia bruta, “Birdman” brinca com a arte de fazer filmes como você conhece, e dá uma nova dimensão a ela.

Um olhar cáustico e assombrosamente engraçado para a cultura de fama instantânea e celebridade nesta era de Facebook, Instagram e Twitter, zomba daqueles que são prisioneiros da sua própria imagem.

Surpreende, desafia e encanta; às vezes tudo de uma vez. É divertido, e é uma experiência que você, com toda a certeza, nunca viveu antes no cinema. Verdadeiramente, um filme para se lembrar no futuro! Por isso, um dos melhores filmes da década.

Carol (2015)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Assistir “Carol” é como experimentar uma fusão de sentimentos: tristeza profunda e inescapável combinada com uma incessante e triunfante exaltação.

A vastidão do relacionamento das personagens e a intimidade de seu isolamento do mundo que os rodeia é o que torna o filme tão especial.

É um filme extraordinariamente belo que explora o amor em sua forma mais vulnerável. Muito poucos filmes são honestos em sua interpretação. A cena final do filme é um dos finais dentro do subgênero drama-romance mais impressionantes que eu já vi.

Cópia Fiel (2010)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

“Cópia Fiel” é facilmente um dos filmes mais originais e interessantes que já vi nesta década.

A ideia do roteiro é infinitamente fascinante, e essa ideia é: Na vida, somos escravos de nossos desejos e, na verdade, na maioria das vezes estamos tentando ser outra pessoa.

Criamos uma percepção da realidade ao nosso redor que pode ou não existir. Mas isso significa que deixamos de ser originais? Ou somos cópias autenticadas da pessoa que queremos ser?

Certamente, um dos melhores filmes da década.

Shame (2011)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Quantas vezes tentamos mascarar nossos próprios medos e fraquezas interiores sob o véu do vício?

“Shame” lida com o desejo de esconder sua vergonha interior, tentando imergir-se em algo tanto que você acaba se tornando obsoleto. “Shame” é uma conquista fenomenal no cinema, e revela um aspecto do comportamento humano como nenhum filme desta década conseguiu fazer.

Manchester à Beira-Mar (2016)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Existem filmes que você ama. Então, há filmes que você nunca esquece. “Manchester à Beira-Mar” é certamente um daqueles filmes raros que ficam com você a vida toda.

Além da narrativa fluida, o que é tão impressionante no filme é como ele consegue fazer você rir e chorar ao mesmo tempo – muitas vezes nas mesmas cenas. O diretor Kenneth Logan aproveitou os momentos cotidianos de uma família atingida pela tragédia e criou uma obra de arte singular que é ricamente matizada e humana e humorística.

Separação (2011)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

“Separação” não evita levar uma jornada difícil à sua mente e coração, mesmo que isso signifique fazer com que você se sinta desconfortável à medida que se desenrola em uma ousada cena após a outra.

É um feito insuperável o que ‘Separação’, em um tempo de execução de apenas 2 horas, consegue alcançar e mostrar: a fragilidade de um casamento, a contradição de crenças religiosas, a penosidade da velhice e até a sutil referência a política iraniana.

Um dos melhores filmes da década, e talvez um dos cinco melhores filmes fora do circuito hollywoodiano dos últimos tempos.

La La Land (2016)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

“La La Land” é o epítome do que um musical deve parecer e sentir.

O truque em fazer um musical de sucesso é não segurar barras. Damien Chazelle faz exatamente isso, ao mesmo tempo garantindo que seu filme conte uma história comovente com a qual todos que já se apaixonaram podem se relacionar.

É por isso que “La La Land” é possivelmente um dos melhores musicais já feitos recentemente. Repleto de números de música e dança de arregalar os olhos, “La La Land” é um conto fascinante e emocional de aspirações em um mundo onde o sucesso é tanto o melhor amigo quanto o pior inimigo. Não me lembro da última vez em que eu gostei tanto de assistir a um filme em um cinema.

Infiltrado na Klan (2018)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Um dos filmes mais viscerais dos últimos tempos. Spike Lee na sua melhor forma.

Em 1978, Ron Stallworth, um policial negro do Colorado, conseguiu se infiltrar na Ku Klux Klan local. Ele se comunicava com os outros membros do grupo por meio de telefonemas e cartas, quando precisava estar fisicamente presente enviava um outro policial branco no seu lugar.

Depois de meses de investigação, Ron se tornou o líder da seita, sendo responsável por sabotar uma série de linchamentos e outros crimes de ódio orquestrados pelos racistas.

É um filme ácido, com um humor apurado e afiado que incomoda demais – de uma forma extremamente necessária.

Um dos melhores filmes da década. Sem pensar duas vezes!

O Segredo dos Seus Olhos (2010)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

O personagem Benjamin Esposito (Ricardo Darín) se aposentou recentemente do cargo de oficial de justiça de um tribunal penal. Com bastante tempo livre, ele agora se dedica a escrever um livro.

Benjamin usa sua experiência para contar uma história trágica, a qual foi testemunha em 1974. Na época, o Departamento de Justiça onde trabalhava foi designado para investigar o estupro e consequente assassinato de uma jovem.

É desta forma que Benjamin conhece Ricardo Morales (Pablo Rago), marido da falecida, a quem promete ajudar a encontrar o culpado. Para tanto ele conta com a ajuda de Pablo Sandoval (Guillermo Francella), seu grande amigo, e com Irene Menéndez Hastings (Soledad Villamil), sua chefe imediata, por quem nutre uma paixão secreta.

Um dos melhores filmes da década.

Bastardos Inglórios (2010)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Não poderíamos deixar Quentin Tarantino de fora desta lista, poderíamos?

Durante a Segunda Guerra Mundial enquanto a França está ocupada pelos nazistas, otenente Aldo Raine (Brad Pitt) é o encarregado de reunir um pelotão de soldados de origem judaica, com o objetivo de realizar uma missão suicida contra os alemães.

O objetivo é matar o maior número possível de nazistas, da forma mais cruel possível. Paralelamente Shosanna Dreyfuss (Mélanie Laurent) assiste a execução de sua família pelas mãos do coronel Hans Landa (Christoph Waltz), o que faz com que fuja para Paris. Lá ela se disfarça como operadora e dona de um cinema local, enquanto planeja um meio de se vingar.

Cômico e ao mesmo tempo político, um dos melhores filmes da década.

Relatos Selvagens (2014)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Diante de uma realidade crua e imprevisível, os personagens deste filme caminham sobre a linha tênue que separa a civilização da barbárie.

Uma traição amorosa, o retorno do passado, uma tragédia ou mesmo a violência de um pequeno detalhe cotidiano são capazes de empurrar estes personagens para um lugar fora de controle.

Um filme visceral e realmente inesquecível.

Três Anúncios Para Um Crime (2017)

30 melhores filmes da década (2010-2018)

Impactante, marcante, único e absolutamente imparcial. Um filme cuja proposta é realmente abalar suas convicções e morais.

Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada.

A inesperada atitude repercute em toda a cidade e suas consequências afetam várias pessoas, especialmente a própria Mildred e o Delegado Willoughby, responsável pela investigação.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »