As Regras não escritas do Futebol de Rua

Lucas Ninno Ometto

Futebol de rua é mais do que um esporte, é um formador de caráter. Não é um jogo de habilidade, a prática requer imaginação e disposição física. Quantas ruas de paralelepípedos não viravam Maracanã lotado naquele jogo contra o time da rua de baixo?

E não importa em que canto do Brasil você jogasse, algumas regras eram universais: desde o gol feito de chinelos até o obrigação da turma toda parar quando um carro estiver passando.

Para te lembrar desse momento mágico da infância que não volta mais, o MHM listou alguma das regras não escritas do futebol de rua. Confira:

A bola

1

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Em dias “normais” a bola pode ser qualquer coisa que pode ser chutada com os pés: um bolo de meias, uma dente-de-leite furada, uma latinha. Mas em dia de “contra”, por tradição, o vizinho rico deve trazer a melhor bola para honrar a partida.

Há de se lembrar do poder divino estabelecido ao “dono da bola” que pode encerrar o jogo caso esteja revoltado com o placar ou caso a mãe dele chegue para chama-lo para ir jantar mais cedo.

O gol

I015846

O clássico é uma par de chinelos para marcar cada uma das traves, mas você pode improvisar com pedras, cones, coco… Não importa. E sim, sempre vai ter a dúvida se o gol vale ou não quando a bola passa por cima da trave improvisada.

O campo

1310758419_medium

Simples: A largura vai de um meio-fio ao outro. Agora, o comprimento vai da disposição do time da sua rua, mas normalmente era quase um quarteirão inteiro. Para demarcar o campo, tinta cal branca. E não deixe os baixinhos pintarem a rua para não fazerem merda.

Duração da partida

futebol_Diego_Cupolo

Nos “contras” c0m a rua de cima ou de baixo era 5 vira, 10 acaba. Nos jogos do dia-a-dia 2 gols ou 10 minutos. Ou até a mãe de alguém aparecer com a chinela na mão para voltar para casa.

Intervalos

5149568264_328114e2ba_z

Quando um carro passa na rua todos jogadores devem se manter parados em suas posições podendo apenas se mexer para evitar atropelamentos. Além dessa ocasião, o jogo só para quando passa alguma mulher bonita ou quando a bola cai na casa de algum vizinho.

Juiz

futebol_de_rua_1

 

O juiz é o bom senso, mas normalmente, não há bom senso nenhum nas partidas. É só você pedir uma falta que o time adversário fica puto: “Vai ficar pedindo falta? Então, beleza?”. Ai, a partir desse momento, qualquer esbarrão é um pedido de pênalti.

Em caso de briga, vale praticamente tudo, menos contar para a mãe. Afinal, ninguém gosta de um X-9.

► E você? Perdeu o tampão do dedão jogando futebol na rua? Lembra de alguma regra que nós esquecemos? Deixe seu comentário.

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »