Conheça a seleção da Alemanha na Copa do Mundo 2018

Alemanha - seleções favoritas copa do Mundo

Tetracampeã e última seleção a vencer o torneio mundial, a Alemanha vem à Copa do Mundo 2018 mantendo a base consagrada do torneio anterior, com jogadores experientes e vencedores, somada a uma renovação nos últimos anos, com jovens e bons atletas que prometem dar o gás e manter o favoritismo do time germânico.

+ 8 Seleções Favoritas para a Copa do Mundo 2018
+ Tudo o que você precisa saber sobre a Copa da Rússia
+ Seleções classificadas para a Copa do Mundo 2018

A seu favor, um retrospecto louvável da seleção na competição. A Alemanha é o país que mais vezes chegou em uma final de Copa do Mundo. A seleção foi campeã em 1954, na Suíça; vice-campeã em 66, na Inglaterra; campeã em casa, em 1974; vice-campeã na Espanha, em 1982; vice-campeã no México, em 1986; campeã na Itália, em 1990; vice-campeã em 2002, na Coreia do Sul e Japão; e campeã do mundo em 2014, no Brasil.

No total, foram 8 presenças numa final de Copa, ganhando 4 e ficando 4 vezes como vice.

Ranking da Fifa: 1º lugar
Probabilidade da Alemanha ser campeã*: 11,4%

Eliminatórias da Copa

Alemanha - seleções favoritas copa do Mundo

Os atuais campeões do mundo terminaram as eliminatórias europeias na liderança absoluta do Grupo C. A equipe venceu todos os 10 jogos que disputou, terminando na liderança do grupo C com 30 pontos conquistados e 100% de aproveitamento.

Durante o classificatório, foram 43 gols marcados e apenas três sofridos. A chave ainda tinha Irlanda do Norte, República Tcheca, Noruega, Azerbaijão e San Marino.

Alemanha na Copa do Mundo 2018

Alemanha - seleções favoritas copa do Mundo

Para a Copa do Mundo, a Alemanha entrou no sorteio como cabeça de chave no grupo F, que tem México, Suécia e Coréia do Sul. Apesar de ser considerado um dos grupos mais difíceis da Copa do Mundo, a Alemanha e franca favorita para levar a primeira vaga.

+ Todas as Camisas da Copa do Mundo 2018

O fantástico time alemão que goleou o Brasil por 7 a 1 e conquistou o Tetra em 2014 manteve a qualidade e ganhou renovação, montando um elenco muito forte e consistente. Comandada pelo técnico Joachim Low, a seleção conta com o craque Toni Kroos, do Real Madrid, um meia marcador, que organiza as jogadas e ainda aparece como opção de ataque.

A Copa das Confederações foi o momento para testes do time, que mostrou uma geração nova, com atletas como o excelente volante Leon Goretzka, o meia Stindl e o artilheiro Timo Werner, que tem a responsa de ocupar o lugar do Klose. O meia Julian Draxler mostrou que pode ser um protagonista.

Eles se juntam aos remanescentes campeões de 2014, como Neuer, Tony Kroos, Khedira, Ozil e Muller, resultando em uma verdadeira constelação de craques.

Lista de pré-convocados da Alemanha para a Copa do Mundo 2018

Alemanha - seleções favoritas copa do Mundo

Goleiros
Bernd Leno (Bayer Leverkusen)
Manuel Neuer (Bayern de Munique)
Marc-André ter Stegen (Barcelona/ESP)
Kevin Trapp (Paris Saint-Germain/FRA)

Defensores
Jérôme Boateng (Bayern de Munique)
Mats Hummels (Bayern de Munique)
Joshua Kimmich (Bayern de Munique)
Niklas Süle (Bayern de Munique)
Mathias Ginter (Borussia M’Gladbach)
Jonas Hector (Colônia)
Marvin Plattenhardt (Hertha Berlin)
Antonio Rüdiger (Chelsea/ING)
Jonathan Tah (Bayer Leverkusen)

Meias
Julian Brandt (Bayer Leverkusen)
Julian Draxler (Paris Saint-Germain/FRA)
Leon Goretzka (Schalke 04)
Ilkay Gündogan (Manchester City/ENG)
Sami Khedira (Juventus/ITA)
Toni Kroos (Real Madrid/ESP)
Thomas Müller (Bayern de Munique)
Sebastian Rudy (Bayern de Munique)
Marco Reus (Borussia Dortmund).

Atacantes
Mario Gómez (Stuttgart)
Leroy Sané (Manchester Ciy/ENG)
Nils Petersen (Freiburg)
Timo Werner (RB Leipzig)

* A análise foi realizada pela Opta, prestigiado site britânico de estatísticas do esporte. Sua pesquisa se baseia nos dados ofensivos e defensivos de cada país, levando em conta as performances das seleções em todos os resultados oficiais nos quatro anos anteriores à Copa do Mundo, incluindo eliminatórias, campeonatos da confederação, amistosos e performance nas duas Copas anteriores (2010 e 2014). Além disso, os confrontos no torneio mundial de 2018 também são levados em conta.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »