Como o esporte salvou minha vida

418907_10150982638283603_1100885775_n

Em julho de 2010 eu pesava impressionantes 115 quilos. Para alguém de 1,70m isso não é pouca coisa. Cada escada representava um pequeno desafio e cada breve corrida era um martírio. Lembro de, muitas vezes, me olhar no espelho e pensar: “Como foi que eu cheguei aqui?”

Quando era mais novo, eu tinha por costume praticar esportes. Sempre joguei bola na rua, adorava aulas de educação física, praticava judô e boxe na academia, mas em algum momento, tudo mudou.

Faculdade, trabalho, rotina… A rotina me fez sedentário e, em algum ponto, desisti de mim. Estava deprimido, triste e sem perspectiva. Eu não acreditava em mim.

Foi em um dia comum, sem nada de especial, que decidi: “Eu não quero ser assim”. Não era só sobre o peso. Não era só sobre me olhar no espelho. Era questão de auto-estima.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

308237_10150304755993603_27885215_n

De lá pra cá, comecei uma revolução dentro de mim. Tudo começou com a caminhada, que logo evoluiu para uma corrida. Quando descobri que conseguia correr, voltei para as quadras. Futsal e handebol. Comecei a arriscar: Fui dar uma volta pelo rugby e pelo Muay Thay.

E mesmo hoje em dia, adoro me arriscar em uma modalidade nova, só para ver como é.

Hoje, com meus 90 quilos (poderia estar mais magro, eu sei) esporte não é algo que eu faço só para estar em forma, é algo que eu faço para me manter são. Porque, no meio de toda endorfina liberada, vieram também as mais diversas lições de vida.

11880623_10153093334003603_3979016720701905739_n

Nas vitórias e derrotas, nas cervejas pós jogo, aprendi o que é o conceito de grupo. Existe uma magia quando você entende que aquele jogador sabe exatamente o seu tempo de bola e você o dele. Quando você tem visão de jogo para saber que é hora de passar a bola e não arriscar um ponto sozinho.

Há quem veja o esporte como algo lúdico: “Vou só bater uma bolinha por diversão. Não precisa nem contar quem tá ganhando ou vencendo”. Entendo, mas para mim, esporte é o que te faz ir além.

É quando você aquela bola que está quase saindo pela lateral e resolve dar aquele pique a mais. Você acredita, vai e salva uma bola perdida. Chuta e é gol. Aquela bola, não é só uma bola. É a vida.

O esporte te ensina uma coisa, há sempre espaço para melhorar:

  • Naquele um meio quilômetro a mais que você coloca na caminhada;
  • Naquele chute que você tanto treinou e começa a acertar com mais frequência;
  • Naquele trabalho que você consegue entregar mais rápido para o seu chefe;
  • Naquela uma hora a mais que decide estudar para passar em uma prova;
  • Naquela mina que você cria coragem do nada para chegar.

Há sempre espaço para desenvolvimento. Sempre.

217907_10150982638473603_231528777_n

Hoje, os 25 quilos que perdi não foi o que me fez mais leve. Foi entender a força e a capacidade que tenho dentro de mim. Não consigo descrever o prazer de praticar esportes que todos falaram que eu não seria capaz. De terminar provas de rua as quais muitos nem cogitariam entrar.

De ter uma consciência corporal e saber até onde consigo forçar meu corpo a ir. De entender a importância de manter um controle psicológico sobre si mesmo. Quantas provas ou jogos meu corpo simplesmente não me pedia para desistir? Mas dei aquele passo a mais.

Se em julho de 2010 eu me olhava no espelho triste com o que tinha virado, hoje deito na cama feliz após cada treino concluído.

O esporte salvou a minha vida. E hoje, não sei o que seria de mim sem ele.

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »