1/3 dos funcionários passará vergonha na festa da firma, segundo estudo

1/3 dos funcionários passará vergonha na festa da firma, segundo estudo

Você provavelmente já passou vergonha na festa da firma – ou já viu alguém passando vergonha entre o pessoal do escritório depois de tomar algumas. Bom, as estatísticas provam que, na verdade, o esperado é que pelo menos 1 a cada 3 funcionários passe vergonha na festa de fim de ano. E o envolvimento do álcool nem sempre é necessário.

De acordo com uma pesquisa conduzida pela empresa de marketing OnePoll em parceria com o site de planejamento social Evite, um em cada três funcionários de escritório faz algo que lamenta em uma confraternização de Natal do trabalho.

E fica fácil imaginar o motivo, afinal, o conjunto da obra é a receita perfeita para algum vexame acontecer: bebida liberada, clima de fim de ano, colegas de trabalho – com gênios bem diferentes – desentendimentos acumulados, sentimentos secretos e até brincadeiras que exigem uma intimidade além do ideal podem resultar em sinceridade demais.

Dois em cada cinco entrevistados revelaram ter passado por um grande mico na festa da firma ou ouviram revelações bombásticas sobre os colegas.

Falando em revelações, na verdade, outro dado interessante descoberto na pesquisa foi o seguinte: as fofocas rolam soltas na festa da firma. Segundo o levantamento, feito em 2 mil escritórios norte-americanos, um trabalhador ouve, em média, sete novas fofocas sobre colegas enquanto participa da festa de fim de ano – e muitas são rumores sobre relacionamentos no trabalho.

Alguns dos rumores, claro, acabam sendo reais. Dos entrevistados, 37% disseram que viram colegas sendo “afetuosos demais” um com o outro em uma festa da firma.

“Tudo pode acontecer em uma festa no escritório, e é por isso que não é nenhuma surpresa que a maioria dos funcionários fique ansioso por isso todos os anos”, explicou Julian Clark, especialista em festas internas da Evite, em um comunicado à imprensa. Sim, “Especialista em festas internas” é uma função real, cada vez mais exigida em grandes e pequenas empresas.

E não é só isso: festa da firma é o terreno certo para um vexame

1/3 dos funcionários passará vergonha na festa da firma, segundo estudo

O estudo também destaca outras informações um tanto quanto curiosas: cada funcionário participará de seis fotos de grupo na festa, em média.

Além disso, sexta-feira é o dia favorito e ideal para as festas da firma – obviamente.

Também foi atestado que nos casos em que a confraternização é realizada em um dia da semana, 35% dos funcionários chegam atrasados ​​para o trabalho no dia seguinte – e outros 17% tiram o dia de folga.

Porém, nem tudo é desastre: 75% dos entrevistados disseram aguardar ansiosamente pela comemoração de fim de ano. E a principal razão é a oportunidade de socializar informalmente com os colegas de trabalho, o que é ótimo para o networking – especialmente para os tímidos.

De acordo com o levantamento, a festa da firma é o momento ideal, já que 35% das pessoas alegam que um colega aparentemente reservado é sempre “a vida” da festa de fim de ano.

Como falamos acima, a festa da firma também é um bom momento para fazer networking e se fazer presente para as pessoas mais importantes da empresa. É tímido ou nunca teve a chance de se aproximar verdadeiramente de um superior ou daquele colega que pode ser uma mão na roda para a sua carreira? A festa da firma pode ser uma excelente oportunidade.

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »