Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Pensando em comprar um carro em 2018? Certifique-se de reservar algum tempo para planejar essa grande compra.

Depois de uma casa, um carro é tipicamente a segunda compra mais cara que alguém faz – e escolher um veículo novo não é exatamente uma decisão simples: para tomá-la, você precisa pensar bastante e se planejar.

Siga estas 9 dicas para comprar um carro e ter certeza que vai obter um veículo possível de pagar e, é claro, de qualidade.

Entenda a sua real necessidade de comprar um carro

Comprar um carro está entre os maiores sonhos de consumo de algumas pessoas, isso é um fato. Mas, qual a sua real necessidade de investir em um veículo? Essa deve ser a primeira pergunta feita antes de você decidir comprar um carro.

Além disso, você também deve avaliar a urgência da compra. Você realmente precisa de um? E, se a resposta for sim, precisa de um carro agora?

Se você está nesta matéria, a sua resposta para ambas as perguntas provavelmente é “sim”. Então, vamos para as próximas dicas!

Estipule um valor limite

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Para não se enrolar, você precisa ter foco na hora de comprar um carro. Nem todo carro é para você, e nem todo carro se encaixará neste momento da sua vida. Por isso, estipule um valor máximo – e real – que você pode gastar com o investimento.

O ideal, nesse cenário, é listar o que você acha importante ter no carro e qual o valor máximo que pretende pagar por isso. Dessa forma, você limita as opções e dá prioridade ao que de fato lhe interessa.

Pesquise bastante os modelos com as características desejadas e liste os principais. Assim, você aprimorará suas escolhas.

Tente não financiar o valor total do veículo

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Na hora de comprar um carro, tente não financiar o valor total do veículo, afinal, fazer isso é praticamente dar um tiro no pé. No fim das contas, você acaba pagando o valor de uns 3 carros.

Por isso, o correto é dr uma entrada de 30% ou mais, reduzindo o valor do financiamento.

Essa porcentagem pode, inclusive, ser fruto de um investimento prévio. Nós já falamos muito sobre investimentos por aqui, e você pode dar uma olhada nas matérias anteriores para descobrir a melhor forma de investir o seu dinheiro e ter um retorno relativamente rápido – de acordo, é claro, com seu objetivo.

Contabilize todos os gastos possíveis

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Você precisa planejar todos os gastos futuros: se você financiou o veículo, precisa ter em mente a projeção do valor das parcelas, o gasto mensal de combustível, IPVA, seguro obrigatório, licenciamento, seguro contra terceiros, manutenções preventivas e outros gastos fáceis de serem esquecidos.

Por isso, antes de comprar um carro você precisa orçar os gastos futuros (fixos ou não).

Dessa forma, você vai conseguir visualizar qual será o impacto da compra do carro na sua saúde financeira. Em alguns casos, é mais interessante continuar andando de ônibus e esperar um pouco mais para investir em um carro. Porém, também é possível que a compra de um carro te ajude a reduzir gastos – mas você só vai saber a resposta para essa questão quando fizer um planejamento financeiro.

Tenha paciência e pesquise

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Segure essa ansiedade e essa emoção, cara! Antes de sair fechando a compra na primeira concessionária, tenha paciência e pesquise mais. Pesquisar antes da compra pode render uma boa economia.

Outra dica importante: não se limite. Vá além da sua cidade. Hoje é possível encontrar uma diferença de até 40% no valor de um veículo ao pesquisar o preço do mesmo carro em outras cidades.

Também vale a pena, inclusive, pechinchar. Você pode não conseguir um desconto muito grande, mas pode garantir um aparelho de som ou outro “presente”.

Escolha alguém de confiança para avaliar o carro

Tenha alguém de confiança para avaliar o carro

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Você pode ser durão e achar que sabe tudo de carro – e, na verdade, pode até saber muita coisa. Mas, mesmo assim, é sempre bom ter alguém de confiança para avaliar o carro antes de você comprá-lo.

Se você vai comprar um carro usado, por exemplo, tenha alguém que possa lhe dar um parecer sincero sobre o veículo. Um mecânico de confiança, por exemplo, é quase sagrado. Conversar com ele vai te ajudar a a escolher um bom carro e te fazer evitar futuras dores de cabeça com manutenções de emergência.

Visite as lojas no fim do mês

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Os vendedores costumam ser mais flexíveis na negociação no fim do mês para poder bater a meta de vendas. Muitas das tabelas de valores sugeridos pelas marcas também mudam no começo do mês, viu? O que (geralmente) significa aumento no preço.

Considere (ou nã0) comprar um carro que está saindo de linha

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

Nem sempre vale a pena comprar um carro que está saindo de linha. Mas é possível que essa ideia seja útil para você. Para descobrir, veja em qual quadro você se encaixa:

Você compra carro baseado apenas no custo financeiro?

Se esta for a sua principal preocupação na hora de comprar um carro, comprar um modelo prestes a sair de linha pode valer a pena. Os descontos, nesse cenário, costumam ser generosos. Os vendedores costumam negociar brindes e descontos com mais facilidade. Mas é bom checar também se o índice de desvalorização é baixo ou se mantém em um patamar estável.

Porém, se você gosta de ter o carro do ano e acesso às últimas tecnologias, talvez comprar um carro que está saindo de linha não seja uma ideia tão vantajosa.

Tenha em mente que um modelo que está saindo de linha (idealmente) costuma ser superado em tecnologia e segurança por seu sucessor. Ao comprar um modelo antigo, você corre o risco de ter um carro defasado tecnologicamente, menos confortável – e principalmente menos seguro.

Não aceite o primeiro financiamento oferecido

Comprar um carro: 9 dicas para não se dar mal na hora de investir em um automóvel

O financiamento funciona como um empréstimo feito com um banco. Porém, ele tem um objetivo determinado – no caso, comprar um carro. Não há uma taxa única, então a dica é pesquisar quais bancos têm as melhores condições.

Essas taxas podem variar de próximas a zero a mais de 10% do valor do veículo. Recentemente, entrou em vigor a lei que permite mudar de banco durante o financiamento para aproveitar taxas mais baixas. Então, negocie mesmo depois de fechar o negócio.

Pronto! Com essas dicas, você certamente vai ser mais certeiro na compra do seu carro!

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »