Geração Y vs Empregos de Merda

7029-workaholics-workaholics

Esta semana, publiquei uma notícia aqui no site apontando que 70% dos profissionais estão insatisfeitos com  seus empregos.

Entre as principais desculpas para tal situação desesperadora, uma das responsáveis pela pesquisa aponta que “(…) essa insatisfação é relativo a famosa Geração Y que possui muito menos paciência para esperar que as coisas aconteçam”. Claro. A culpa é dos funcionários e não das empresas que não se atualizam. Arram.

Acontece que a nova moda no mundo empresarial é culpar a Geração Y. A empresa oferece salários de merda para empregos de bosta e quando o profissional vai pedir um aumento ou promoção, falam que o mesmo é jovem demais e está com pressa. Ou que o mercado está foda – a mesma desculpa de sempre.

Oferecer boas condições de trabalho, plano de carreira ou perspectiva ninguém quer. É mais fácil contar com escravidão voluntária de centenas de jovens que se formam nas faculdades todos os anos.

scott_pilgrim_vs_the_world_trailer_2_image_27_zpsed08cbfb

As reclamações são sempre as mesmas:

  • Maldita geração Y que acha que um profissional deve ser promovido ou receber aumento de acordo com o quanto trabalha ou realiza;
  • Maldita geração Y que quer um ambiente de trabalho mais harmonioso e que inspire criatividade;
  • Maldita geração Y que não quer ouvir broncas de um chefe estúpido que não explica suas ações;
  • Maldita geração Y que quer fazer horários alternativos para poder escapar do trânsito;
  • Maldita geração Y que não quer ficar presa 60 horas por semana dentro do escritório.

Se você é gestor e está reclamando da “maldita geração Y,” deixa eu te contar: Não são os profissionais que estão ruins, é a sua empresa que oferece empregos de bosta. Falo isso por experiência própria.

Já tive um cargo de gestor e vi muitos talentos indo embora porque minha empresa se recusava a oferecer perspectiva ou até mesmo aumentos de salário. Isso que eram cargos “pequenos”.

Enquanto isso, gestores dinossauros ganhavam uma bolada para ficarem sentados em seus tronos de marfim reclamando que seus funcionários precisavam ser mais proativos ou empreendedores. Não é a toa que, nos 4 anos que estive lá, vi projeto atrás de projeto afundar.

Os valores da Geração Y em um ambiente de trabalho

Multiethnic Group of People Social Networking at Cafe

Não sou cego de falar que esta geração de jovens que está se estabelecendo nas grandes empresas é feita de santos. Existem sim vários profissionais apressados que mal saíram da faculdade e querem sentar na cadeira do presidente. Mas não são a maioria.

A real é que estamos vendo uma das gerações mais bem instruídas até hoje chegar ao mercado de trabalho. Tanto no Brasil quanto no mundo. Eles tiveram mais acesso à faculdade, cursos online e presenciais e com a vantagem de possuir um talento a mais para aprenderem sozinhos. O que isso quer dizer?

Que este profissionais são mais educados e não se contentam com qualquer coisa. Querem fazer um trabalho que signifique alguma coisa. Duvida?

Team working at a start up

O site Knoll, especialista em estudar a relação de pessoas e seus ambientes de trabalho, separou uma lista com alguns dos valores da geração Y. Se liga:

  • Meritocracia: Essa geração acredita que alguém que tenha talento e trabalhe bem deve ser bem sucedida;
  • Camaradagem: O sucesso obtido em grupo é melhor do que obtido individualmente.
  • Fazer diferente: A geração Y não acredita em fazer algo só porque é o jeito como sempre foi feito. Preferem procurar uma maneira nova e melhor de executar uma tarefa.
  • Independência: Funcionários com cargos diferentes e tarefas diferentes devem ser tratados individualmente, não como uma coisa. Ou seja, quem faz a limpeza, não precisa chegar no mesmo horário de quem cuida da direção de arte, e por assim em diante.

Friends Looking At Cell Phone

Outros dados que valem a pena serem analisados é uma pesquisa feita pelo Intelligence Group sobre o comportamento da Geração Y:

  • 64% deles dizem que querem um trabalho que ajude a fazer um mundo melhor;
  • 72% querem ser seus próprios chefes, mas se não conseguirem, querem um patrão que assuma a função de treinador ou mentor;
  • 88% preferem uma cultura de trabalho colaborativo ao invés de um ambiente competitivo;
  • 74% querem horários de trabalhos flexíveis;
  • 88% querem um melhor equilíbrio entre a vida e o trabalho.

Geração Y vs Emprego Merda

07a2e70b-5a97-4a9a-a713-d2dbb3b16e79

Reparou algo de parecido em todos os dados apresentados? A geração Y não é ambiciosa demais, como muitos chefes de RH tentam endemonizar por aí. Ela só não vai aceitar qualquer emprego de merda como as outras gerações faziam. E isso é foda.

Estamos falando de jovens que querem viver uma vida boa e mentalmente saudável. Que querem chegar no trabalho e criar novos métodos e caminhos. Querem o sucesso e reconhecimento por isso. Em pequenas promoções ou aumentos de salário.

Chega de profissionais que querem só cumprir a carga horária das 9h às 18h e tão cagando para o futuro da empresa. Chega de gente que trabalha só pelo dinheiro si e não tem a menor pretensão de entregar um trabalho foda ou crescer na carreira.

Happy designers working on a document

Estamos falando de profissionais que querem focar no plano a longo prazo e não só no pagamento no fim do mês. De uma empresa que reconheça seus talentos e seu respectivo trabalho duro.

Chega daquela divisão simples de cargos em funcionário, gerente e diretor. Todos sabem que existem muitas camadas aí no meio e que um bom trabalho deve ser reconhecido. Independente de crise ou não crise.

A real é que, por pior que esteja o mercado, se você é um bom profissional, você acha outro trampo. Se a empresa não sabe reconhecer, promover ou dar um aumento, ela que se contente com um funcionário medíocre que aceite trabalhar em um emprego de merda. E com o provável futuro de merda que essa empresa vai ter.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »