15 Truques para gastar menos combustível

Reprodução

Sabia que em um ano, o brasileiro pode gastar até R$ 7.390 em combustível? Um estudo realizado pela revista Exame em parceria com a consultoria automotiva Jato Dynamics apontou esse valor significativo.

+ Conheça os veículos mais econômicos

Agora, se você tiver boas práticas no volante e fazer a manutenção correta do automóvel, pode reduzir o gasto em até 35%. O levantamento apontou que se você tivesse um Volvo XC 90, por exemplo, o valor economizado seria de R$2.585. Uma baita de uma grana, não é?

Como o valor da economia vai variar do modelo e conservação do seu carro, vou elencar abaixo algumas dicas que vão te ajudar a reduzir o consumo de combustível do seu bólido. Seu bolso agradece!

1. Compre carros mais econômicos

Se você está pensando em trocar ou comprar um carro, essa é a dica primordial para reduzir o consumo. O ranking anual do Inmetro mostra quais são os carros que menos consomem combustível e os que mais consomem, você pode ver neste link.

Carros movidos a diesel, elétricos e híbridos são as melhores opções para economizar com combustível. O híbrido Toyota Prius, por exemplo, compensa o gasto adicional na compra com a economia de combustível em menos de dois anos.

2. Reduza o consumo de ar-condicionado

O ar-condicionado é responsável por cerca de 20% de aumento no consumo de combustível. Hábitos como usar insulfilm, estacionar o carro na sombra para depois não precisar ligar o ar na maior velocidade e desligar o ar alguns minutos antes de alcançar o destino são truques para usar menos ar-condicionado, mesmo no período do verão.

3. Corte o peso do veículo

Reprodução

Quanto mais pesado é o carro, mais força ele gasta para se deslocar e, consequentemente, mais consumo de combustível. Algumas coisas simples você pode fazer para reduzir o peso, como manter o veículo limpo de barro e sujeira, evitar transportar coisas desnecessárias, como bagageiros, suportes de bicicleta e tralha no porta-malas.

Só para você ter noção, de acordo com o Escritório de Eficiência Energética e Energias Renováveis dos Estados Unidos (EERE), um peso extra de cerca de 40 quilos pode reduzir o consumo em até 2%.

4. Prefira carros menores e de menor potência

Quanto menor o peso do carro, menor o consumo. Por isso que no ranking de consumo de combustível do Inmetro alguns dos carros menos econômicos são das categorias grande (como o Volvo S60), fora de estrada (como o Kia Sorento) e minivan (como o Dodge Journey).

A maioria dos carros mais econômicos são das categorias compacto (como o Renault Sandero) e sub compacto (como Nissan March e Renault Clio). Carros mais potentes também têm maior gasto com combustível. Só para você ter uma ideia, o consumo de carros de motor 2.0 para cima pode facilmente chegar a ser o dobro dos carros 1.0 e 1.4.

5. Desligue o motor do carro

Ainda de acordo com o estudo do EERE, deixar o carro ligado quando parado pode representar um gasto de um a dois litros de combustível por hora, dependendo do tamanho do motor e do uso do ar-condicionado.

A recomendação é que, quando o carro ficar parado mais de vinte segundos, seja em um congestionamento, ou ao esperar alguém, o condutor desligue o motor e ligue só quando for partir (se for seguro, é claro).

6. Dirija mais devagar

Reprodução

“Quanto maior a velocidade, maior a resistência do ar. Quanto maior a resistência, maior o consumo”, afirma o gerente de desenvolvimento de negócios da Jato Dynamics, Milad Kalume Neto.

Em velocidades menores, a diferença pode não ser significante, mas a dica se aplica bem a velocidades mais altas. Como exemplo, dirigir a 140 km/h consome-se 25% mais combustível do que a 110 km/h, segundo a Energy Saving Trust, organização de promoção ao uso de energia sustentável do Reino Unido.

7. Mantenha seu carro o mais aerodinâmico possível

Quanto mais aerodinâmico seu carro tiver, menor a resistência de ar e maior a economia de combustível.

Para manter seu carro assim durante a locomoção, manter as janelas fechadas e retirar o bagageiro e apoio de bicicletas quando não estiver em uso. Outro truque é que, em altas velocidades, o ar-condicionado pode gerar um menor consumo de combustível do que abrir as janelas.

Segundo o site Daily Fuel Economy Tip, se a velocidade for inferior a 60km/h, o melhor a fazer é abrir a janela. Acima disso, o ar-condicionado consome-se menos combustível.

8. Troque de marchas da maneira correta e dirija suavemente

“A troca de marchas deve ser feita nos ‘tempos certos’, sem esticar exageradamente entre uma e outra troca”, orienta Amos Lee Harris Junior, diretor da Universidade Automotiva (Uniauto).

Esticar na troca de marcha é um grande vilão do consumo de combustível, por isso os motoristas devem seguir as orientações do manual do veículo para saber a velocidade ideal das trocas de marchas.

Além disso, acelerar de maneira suave e constante é melhor para economia de consumo. Evite usar o ponto morto em descidas. O ideal é descer com o carro engrenado e sem acelerar.

9. Evite congestionamentos e trajetos com muitos semáforos

Reprodução

Transitar em marchas baixas e fazer paradas frequentes elevam o consumo de combustível. Por isso, mantenha a velocidade constante do veículo evitando situações de trânsito intenso ou trajetos com muitos semáforos.

Se o congestionamento for inevitável, tente observar o trânsito, evitando frenagens repentinas e otimizando as frenagens, as retomadas de velocidade e as acelerações.

10. Calibre os pneus e mantenha o alinhamento da direção em ordem

“A calibração incorreta dos pneus aumenta o atrito do pneu no solo causando aumento do consumo. E o mesmo ocorre com um carro sem o alinhamento de direção em ordem”, explica Kalume.

Fazendo um paralelo, é como tentar dirigir uma bicicleta com o pneu murcho ou com a direção desalinhada, você faz muito mais esforço para obter o mesmo resultado, resultando em maior consumo de energia. Para saber qual é o nível de calibragem ideal do seu carro e quando deve ser realizada a revisão do alinhamento, leia o manual do veículo.

11. Faça a manutenção de óleo e filtro de ar

Se você rodar com o filtro de ar sujo, diminui-se o fluxo de ar para o motor, prejudicando a mistura de ar e combustível ideal para manter o bom rendimento do motor.

Além de seguir o manual do veículo para efetuar a troca no tempo certo, se o motorista costuma trafegar por estradas com poeira, areia ou lama, precisa substituir o filtro antes mesmo do tempo indicado.

Já para o óleo, a escolha de um de má qualidade ou se estiver vencido também elevará o consumo de combustível, pois o atrito do motor será maior, provocando aquecimento. Mantenha em ordem as velas, sistema de ignição, filtro de ar, e ingestão de combustível. Um motor desregulado provoca aumento de consumo de combustível, além de desgaste prematuro das peças.

12. Use o combustível indicado pelo fabricante

Reprodução

Ao contrário do que muitos postos de gasolina afirmam, às vezes os combustíveis “premium” podem não influenciar em nada o desempenho do carro.

Por isso, eles só devem ser usados quando houver essa indicação no manual do veículo, caso contrário, eles só irão aumentar seus gastos à toa. O oposto também vale, se o carro pedir combustíveis premium e é abastecido com os convencionais, o motor pode ser prejudicado e o barato sairá caro.

13. Desligue os dispositivos elétricos quando não necessários

O uso de dispositivos elétricos como faróis auxiliares, limpadores do para-brisa, sistema de ventilação interna, recarga de USB e outros devem ser usados apenas pelo tempo necessário. O aumento de corrente elétrica eleva o consumo de gasolina em até 25%.

14. Escolha os postos de combustíveis certos

Postos com má aparência, sem bandeiras conhecidas e com valores absurdamente baixos podem ser uma cilada. Um truque para ver se o posto tem um bom custo benefício, é ver se ele é bastante frequentado por frotistas e taxistas, já que é um forte indicativo de preços baixos e qualidade.

Tente, na medida do possível, abastecer no posto de sua confiança. Isso vai evitar combustíveis “batizados” ou bombas com “defasagem de quantidade”.

Outro conselho é não abastecer o carro no primeiro posto de combustível encontrado dentro depois de uma longa distância, como na estrada. Como a região oferece poucas opções, esses postos podem ter um valor mais elevado por serem a última saída para muitos motoristas.

15. Use mais táxi, uber, transporte público ou vá a pé

Reprodução

Dependendo da distância que se percorre diariamente e da região que se quer ir, utilizar táxi ou uber pode ser mais vantajoso financeiramente.

Um levantamento feito pela revista exame em parceria com a Academia do Dinheiro, mostrou que quem percorre até 10,5 quilômetros por trecho para ir ao trabalho e voltar gasta menos se utilizar táxi em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

Além disso, tem custos envolvidos com o uso de carro, como estacionamento. Transportes públicos podem ser uma via, considerando a rapidez das faixas exclusivas e o sistema de Metro em algumas regiões.

E, para pequenos trechos, como uma ida a padaria, açougue, entre outros, vale pegar deixar o carro de lado e se exercitar fazendo uma caminhada. Seu corpo fica mais ativo e seu bolso agradece.

Fonte: Exame

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »