A verdade sobre dinheiro e relacionamentos

Os românticos afirmam que o dinheiro não pode comprar amor, mas é impossível não colocar dinheiro na equação quando vivemos em uma sociedade capitalista.

Para muitos casais, o dinheiro pode ser um ponto de conflito e raiva – às vezes, o problema é tão grande que causa a separação.

Mas, no seu cerne, a maior razão pela qual o dinheiro pode acabar com relacionamentos não tem que ver com gastos ou contas bancárias encobertas. Na verdade, não tem a ver com o dinheiro em si, mas sim com a forma que os casais enxergam ele.

O amor pode, de fato, conquistar tudo, mas o amor ainda precisa de um teto sobre a sua cabeça para sobreviver em plenitude, e é complicado viver uma vida feliz em união quando não há dinheiro pra comer.

A verdade sobre dinheiro e relacionamentos

O dinheiro é importante por causa das expectativas que surgem com ele, e por causa do modo como ele dita não apenas o que você pode fazer da vida, mas quais são suas limitações em um relacionamento.

E se, por exemplo, você decidir reunir o seu dinheiro com o dinheiro da sua parceria, às vezes as necessidades individuais são submetidas ao que pode ser melhor para vocês dois. Então, naturalmente, ter um diálogo aberto sobre o dinheiro é crucial para não permitir que as questões financeiras transbordem.

Quando você está em um relacionamento sério com alguém, não é incomum que a maior parte do seu dinheiro se torne “dinheiro dos dois”.

Porém, isso nem sempre acontece, afinal, alguns casais passam por seus relacionamentos e até mesmo casamentos com quase completa independência financeira, o que pode ser ótimo. Mas para muitos casais, o dinheiro se mistura de acordo com o avanço do relacionamento.

Se você mora com sua namorada, por exemplo, você precisa pagar o aluguel, as contas de casa, comprar um novo sofá, talheres, etc. Suas prioridades financeiras se tornam as prioridades financeiras do relacionamento.

A verdade sobre dinheiro e relacionamentos

E mesmo quando vocês não moram juntos, os gastos são vistos em conjunto. Por exemplo: vocês saíram pra jantar no último final de semana e querem sair de novo na próxima semana?

Ótimo, mas vocês têm dinheiro pra isso? E quando apenas uma parte do casal tem dinheiro e a outra parte não tem? O amor realmente é o bastante para te fazer abraçar um estilo de vida completamente diferente do estilo de vida que o seu bolso permite?

A felicidade é uma união de várias coisas. Para alguém, felicidade pode ser ter alguém pra amar, ir ao cinema toda semana, sair para comer em lugares legais e viajar. Para outra pessoa, a felicidade pode ser ter alguém pra amar, comer coxinha na padaria e descer para praia uma vez por ano. Você pediria para a outra pessoa abrir mão de todo o resto que a faz feliz para ter apenas uma parte? E você abriria mão da sua parte para se encaixar no padrão de vida de outra pessoa? Se a resposta for sim, ótimo. Se for não ótimo também.

O importante é entender que esse assunto é bem mais complexo do que parece, e que não é tão fácil assim discutir a importância do dinheiro dentro de um relacionamento.

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »