Como fazer uma massagem erótica

Massagem, uma arte milenar capaz de despertar sentidos adormecidos e estimular reações em praticamente todo o corpo. Se uma boa massagem pode relaxar ou despertar o corpo, imagine o que uma boa massagem erótica pode fazer.

+ Aprenda como fazer uma boa massagem

Pode parecer difícil mas, depois que você desenvolve as técnicas básicas, evoluir os movimentos e acertar os pontos precisos do corpo da mulher serão só outros passos do processo.

Além de aumentar a intimidade e proporcionar um momento bem gostoso para os dois, uma massagem erótica pode fazer ambos alcançarem um orgasmo muito mais intenso.

Um banho para começar

Tome um banho com a sua parceira antes de começar a massagem. A sensação de conforto e frescor é fundamental para que ambos se sintam à vontade.

Ainda embaixo do chuveiro, vocês podem aproveitar para espalhar um pouco de óleo pelo corpo e dar inicio às preliminares ali mesmo.

Mas cuidado para não queimar a largada, viu? Parte do sucesso de uma boa massagem erótica é a expectativa e a extensão das sensações.

Crie o clima

A preparação do ambiente é muito, muito importante e com certeza vai influenciar na qualidade da massagem. Troque os lençóis da cama, tire de vista qualquer objeto que possa estar carregando visualmente e fisicamente o ambiente. Se possível, reduza a luz do quarto e acenda algumas velas.

Se ambos curtirem, acender um incenso também pode impulsionar os efeitos da massagem: escolha um aroma especial, como o de rosas vermelhas, por exemplo.

Pedras, vendas, e outros acessórios são comuns nesse tipo de massagem, mas você pode alcançar o mesmo objetivo sem eles. Basta se concentrar na técnica e se conectar com o corpo da sua parceira.

Ao fundo, uma trilha sonora envolvente também ajuda a criar o clima perfeito. Existem várias playlists específicas para essa finalidade, é só procurar a que mais combina com vocês.

Deixe o óleo que você vai usar para a massagem ao lado da cama. Você pode, é claro, comprar óleos desenvolvidos para massagem erótica em algum sex shop, mas saiba que não é esse tipo de produto que vai fazer a diferença, e sim como você usa as suas mãos.

O importante é usar um óleo, mesmo que o escolhido seja o clássico óleo de amêndoas.

Use a boca

Não estamos falando de beijos e mordidas – mas você pode dar uns beijinhos de vez em quando, estamos falando de comunicação e entrosamento.

Converse com sua parceira – com limites, é claro – essa é a parte mais importante da massagem. Saiba que, depois que começar os movimentos, é importante saber se ela está gostando e o que ela está sentindo.

Escute os desejos dela mas também não fale demais. Assim como no sexo, saiba ler os sinais, interprete os desejos através dos gemidos e movimento dos olhos, da boca e, é claro, da extensão dos sorrisos.

A massagem

Já explicamos como fazer uma boa massagem e, em uma massagem erótica, você vai usar as mesmas técnicas mas, ao final de cada movimento, ir um pouco além.

Nunca despeje o óleo diretamente no corpo, pingue algumas gotas em uma colher ou nas suas mãos e, depois deixe-as escorrer pelas costas da sua parceira.

O movimento de pressão com as mãos fechadas é excelente para começar, mas, é claro, tome cuidado para não pressionar demais os músculos. Você não quer curar uma dor na coluna, você quer seduzir e estimular pontos de prazer.

Leia as respostas através dos gemidos de aprovação e continue.

O segundo movimento mais indicado é aquele realizado com os polegares nas áreas de tensão. Quando colocar as mãos entre os ombros e o pescoço, tome cuidado: essa região normalmente é bem tensionada e, para não machucar sua namorada, os movimentos precisam ser mais delicados.

Faça movimentos circulares e, depois, desça as mãos para a região das nádegas e da lombar.

Nessa hora, um beijo no pescoço e um carinho, feito com a ponta do nariz, na região da orelha também são gestos excelentes para estimular os sentidos.

Preste atenção nas áreas esquecidas

Antes de mergulhar nas zonas erógenas e dar início aos movimentos de massagem perto das genitálias, experimente estimular sua parceira em pontos comumente esquecidos, como os pulsos, o arco dos pés, os dedos e as palmas das mãos, a nuca e as orelhas.

Massagear esses pontos pode ser ainda mais excitante do que você pensa. É importante não se apressar! A essência da massagem é a entrega total e o comprometimento em dar prazer para a outra pessoa. Assim como sexo, ela deve tomar o tempo necessário.

Suas mãos são quentes e são suas. Com certeza, vão dar mais prazer para a sua parceira do que outros objetos na hora da massagem, como rolos ou frascos. Por isso, trabalhe com elas.

Massagem tântrica

Depois de passar alguns minutos nas etapas anteriores, é hora de estimular pontualmente a zonas mais erógenas do corpo.

Até agora, sua namorada provavelmente estava deitada de bruços. Peça-a para que deite-se com a barriga para a cima e, se você quiser, pode até usar uma venda.

O ideal é que os próximos passos durem cerca de quarenta minutos:

  1. Comece a massagem pelas coxas, subindo e descendo as pontas dos dedos e, depois, massageie os pés.
  2. Descubra o corpo da sua parceira, suba as mãos e percorra toda a região da barriga, braços e seios. Não se preocupe em estimular uma área por tempo determinado, apenas descubra e redescubra o corpo dela.
  3. Passe a ponta dos dedos nas laterais do corpo, sinta a curva da cintura, o caimento dos seios, os músculos e a pele.
  4. Peça para que a sua parceira deite-se novamente de bruços e concentre, agora, a massagem nos glúteos. Nessa hora, é esperado que ela sinta alguns espasmos involuntários da musculatura. Se isso acontecer, continue os movimentos circulares com delicadeza.

Depois de fazer os movimentos anteriores por cerca de quarenta minutos, prepare-se para mais meia hora de massagem. A segunda etapa é mais intensa:

  1. Massageie, com a ajuda do óleo, a região da virilha de cima a baixo, coloque um pouco mais de pressão na ponta dos dedos, mas tome cuidado para não exagerar. Depois de explorar a virilha, passe os dedos nos grandes lábios e, depois, deslize eles com cuidado para os pequenos lábios e, posteriormente, para o clitóris. Massageie ele com movimentos circulares e, de preferência, com a ponta do polegar.
  2. Quando perceber que sua parceira já está bem perto de gozar, comece o sexo oral. Suba as duas mãos pela cintura dela até os seios e, enquanto estimula o clitóris dela com sua língua em movimentos mais sutis, pressione, com delicadeza, os mamilos dela.
  3. Depois que você penetrá-la, pode ter certeza que o sexo vai ficar ainda mais intenso!

Não se esqueça: o mais importante da massagem erótica é a entrega e a troca. Não se distraia durante o processo, se permita, se envolva. É bem fácil sentir quando um dos dois não está completamente envolvido na transa e na massagem e esse sentimento resulta em uma experiência pouco intensa.

Se algum dos dois estiver com pressa ou desconectado, é melhor deixar a massagem para outro dia.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »