Coisas que uma broxada ensina (e outras que é melhor esquecer)

Coisas que uma broxada ensina 6

Existe uma daquelas coisas que o homem vive a negar mas que, inevitavelmente, passou, está passando ou vá passar pelo menos uma vez na vida: O ato de broxar.

Pode acontecer em um primeiro encontro, em meio a um relacionamento longo ou mesmo depois da terceira vez naquela noite, o negócio é estar  preparado, psicologicamente, quando esta falha ocorrer.

Negar, culpar a parceira ou fingir que nada aconteceu, pouco vai contribuir para você se tornar um cara melhor. Para fugir dos rótulos e atos clichês, achei legal apontar uma campanha que contribui com isto de certa maneira.

É o movimento “Homens, Libertem-se (Men Get Free)”, que questiona valores sexistas em busca de promover maior respeito entre homens e mulheres. Entre os direitos dos homens manifestada pelo movimento, está em broxar.

Como tudo que acontece na vida pode lhe proporcionar ensinamentos úteis, resolvi aqui usar este polêmico tema da falha masculina na hora H para apontar coisas para você refletir e até levar como aprendizado para sua vida. Confira!

1# Respeite o seu tempo e a sua vontade

Coisas que uma broxada ensina 7
Nem sempre você estará em um dia bom. Nem sempre você estará em ponto de bala. Nem sempre aquela garota é interessante o suficiente para você dividir a cama e o prazer com ela. Você não precisa provar para ninguém que é melhor baseado na lista de quantas fodas deu ao longo do ano. Muito menos recusando ficar com garotas só porque os seus bróders vão te zuar se você recusar.

A melhor coisa que você faz a sí mesmo é respeitar seu tempo e sua vontade. Se não tiver a fim de transar aquela noite, jogue a real, assim como as mulheres fazem. Sua masculinidade não precisa ficar vinculada a quantidade e frequência de ereções que você tem.

2# Não procure culpados

Coisas que uma broxada ensina 5
Aqui não existem culpados, mas cúmplices. Se vocês decidiram ir para a cama juntos, arranjar desculpas, pretextos ou incriminar atitudes alheias não vai trazer sua ereção de volta.

Não precisa dar uma de “Frente com Gabi” para discutir o não comparecimento do ‘júnior’. Deixe o tempo passar, mude o foco da conversa e depois tentem de novo. Se não rolar hoje, outro dia quem sabe?

3# Não gere grandes expectativas

Coisas que uma broxada ensina 8
De tanto tentar, você enfim consegue levar aquela gata maravilhosa para sua cama. Seus amigos, conhecidos e até você, estão orgulhosos disso. A pressão aumenta para que você faça daquela noite algo ‘Nunca antes vista na história daquela garota’.

Não precisa ser um expert nem um gênio para perceber que o resultado de toda essa pressão dificilmente vai passar de uma transa mediana, para não pensar no pior. Neste caso, o excesso de vontade pode deixá-lo fora da corrida.

A dica aqui é não dar tanta importância para o ato em si, deixe de criar grandes expectativas, pois elas são as mães das frustrações. Se você está lá, não é porque ela resolveu dar-lhe uma chance, mas foi você que conquistou e fez por merecer. Por isso, aproveite, mas sem grandes pressões.

4# Jogo é jogo, treino é treino

Coisas que uma broxada ensina 3
Diferente dos esportes, onde a dedicação ao treino, prática de fundamentos pode torná-lo um craque na modalidade, no caso do sexo a coisa nem sempre vai pelo mesmo caminho.

Deixe de lado a masturbação excessiva, pois ela pode atrapalhar sua performance durante a transa. Seu pênis pode ficar ‘condicionado’ a funcionar naquela situação e, na hora em que ele precisar de outra forma de estímulo, no caso o sexo mesmo em si, pode não pegar nem no tranco.

5# O sexo não se resume a penetração

Coisas que uma broxada ensina 4
O fato de não ter funcionado na penetração, não significa que o sexo não possa ser prazeroso para você e, principalmente, para ela, só que de outras formas. Preliminares, beijos, pegadas, estimulação manual e sexo oral fazem parte do processo e, muitas vezes, são estes recursos que podem ‘acordá-lo’ depois que você broxar.

Aprenda a conviver com esta máxima: Seu pau não é o centro das atenções durante uma transa. Assim como ela nem sempre vai chegar lá, deixe de colocar seu orgasmo como meta e pense em dar prazer a sua garota também.

6# Não preocupe-se com a quantidade, mas sim com a qualidade

Coisas que uma broxada ensina 10
Um dos problemas que você passa quando você é jovem é focar na quantidade e deixar de lado a qualidade. No sexo, isto resume-se a pensar em quantas transas você vai proporcionar para ela em uma noite ao invés de priorizar o maior prazer para você e sua garota.

Não entre em uma competição contra sí mesmo, achando que você deve fazer sexo três ou quatro vezes naquela noite. Se você fizer uma, mas bem feita, oferecendo prazer a sua garota,vale mais do que duas ou três meia-boca.

7# Cada relação é um novo aprendizado

Coisas que uma broxada ensina 12
Você pode até ter tido uma lista grande de garotas que você se relacionou, dormir com outras tantas, mas precisa encarar um fato: a cada vez que encontra uma parceira diferente, é como se estivesse começando do zero.

Com a nova gata, vem a ansiedade, vontade de querer mostrar ao que veio ou mesmo de não decepcionar. Este é o ônus de ter relacionamentos rotativos. Você vai precisar de um tempo para encaixar seus desejos e vontades no dela. Às vezes a coisa não vai tão bem na cama quanto na conversa, a aí você precisa admitir que é melhor deixar como está do que se envolver e frustrar.

8# A vida não é um filme pornô

Coisas que uma broxada ensina 9
Uma coisa que você deve apagar da sua memória são as atuações dos filmes pornôs. As mulheres de lá são preparadas para parecerem fantásticas e terem os mais incríveis orgasmos fazendo coisas que, a princípio, não dá prazer algum. Já os homens, carregam membros enormes, ficam eretos por horas, pegam até cinco mulheres ao mesmo tempo, tudo isto sem hesitar.

Você não é espetacular na cama e nem precisa ser na vida real. Encare suas falhas com naturalidade, pois elas virão. E lembre-se: ao contrário do que pensa, estes orgasmos acrobáticos dos filmes são infinitamente menos valioso do que aquele papai e mamãe que você faz gostoso com sua parceira, mas com bastante sentimento.

9# Nem sempre as coisas acontecem como o planejado

Coisas que uma broxada ensina
Sua vida profissional e pessoal sofrem por causa de acasos que ocorrem sem o seu controle. Com o sexo não é diferente e, às vezes levado por problemas exteriores da relação, você se vê em uma situação inusitada como esta, quando ele não quer responder.

Saiba preparar-se caso isto aconteça, remoer preocupações não vai ajudá-lo a encontrar a solução. Parta para um plano B, mude o foco da conversa e, mas tarde, tente novamente.

10# Só perde o pênalti quem bate

Coisas que uma broxada ensina 11
Broxou? Não precisa levar isto a sério. Encare como um sinal do seu corpo de que você teve um dia ruim e ainda não está preparado para o ato. E bola para frente, pois como diriam os futebolistas, só perde o pênalti quem bate. Se você errou, é porque teve a oportunidade de bater a cobrança. Não preocupe-se, outras tantas chances virão.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »