“Odeio meu emprego”, o que fazer?

Screen shot 2010-10-06 at 11.26.16 PM

Pouco tempo atrás foi divulgada uma pesquisa com os termos que as pessoas mais buscam no Google. No meio das mais procuradas, estavam algumas buscas como “Como curar um coração partido” e “Como ter um caso”. Mas uma em especial, me chamou muito a atenção. Era a frase “Odeio meu emprego”.

Odiar um emprego por muitas vezes é quase como estar em um casamento ruim, o qual você não pode se dar o luxo de se divorciar. Você precisa passar oito horas por dia em um ambiente que te faz mal e acaba abrindo mão de um tempo para curtir com sua família e amigos.

Pior ainda: Você abre mão da sua felicidade apenas para conseguir a grana para pagar as contas no fim do mês. Entramos na rotina desgraçada que é acordar, ir trabalhar, dormir, acordar, ir trabalhar, pagar contas… E a vida vai acabando. Um dia letivo de cada vez.

Queria poder te dar uma resposta simples como “Peça demissão e procure outro emprego”, mas a vida não é tão simples assim. Às vezes, você não tem outras opções de trabalho ou tem que ficar lá por algum motivo pessoal…

Por mais que não dê para jogar tudo pro alto, você não precisa ser completamente infeliz. Separei algumas dicas para você que odeia seu emprego e quer melhorar a situação no escritório. Se liga:

Galgue uma promoção

horrible-bosses

Não é porque você não pode sair do seu trampo que você precisa aceitar ficar na mesma vaga para sempre. Guarde grana, faça um curso de especialização ou cole em alguém que possa te ensinar algo que vai te fazer ser um profissional melhor.

Aproveite e vá conversar no setor de RH da empresa ou com o seu chefe. Qual a possibilidade de mudar de setor ou de conseguir uma promoção? Se continuar num trabalho fixo é falta de opção, ficar limitado ao mesmo cargo e salário é escolha sua.

Faça amigos no trabalho

quick-fix-movie-to-watch-office-space-image

Às vezes um ambiente de trabalho merda pode ser compensado por ter pessoas legais por perto. Então, vá conhece-las.  Cumprimente as pessoas todos os dias, seja educado e respeitoso. A empatia é muito útil no ambiente de trabalho.

Além de conciliar tretas, colegas de trabalho podem ajudar você em trampos futuros ou aliviar sua barra em um dia que você tenha que faltar ou que você passe mal. Além disso, ter uma companhia para o happy hour depois do trabalho é animal.

Valorize o motivo pelo qual você está lá

tumblr_ltt2lcULmq1r4k5f5o1_500

Muitas vezes não podemos abrir mão daquilo que nos sustenta e, mais importante ainda, sustenta a nossos entes queridos. Faça como Homer Simpson e faça dessa a sua motivação.

Lembre que cada gota de suor ou minuto perdido no computador é para dar sustento ou uma vida melhor para quem você ama. Mas também não esqueça de aproveitar um tempo com eles depois do trabalho.

Dê atenção para seu filho e esposa no seu momento livre. Isso fará com que você lembre porque o sacrifício vale a pena.

Resolva seus conflitos

shutterstock_72385453

Pare e pense: Por que você odeia o seu trabalho? É por culpa de um chefe babaca ou de algum colega que te infernize? Tente resolver esses problemas usando o máximo possível de política, boa educação e evitando conflitos. Um ambiente mais harmonioso vai te fazer mais feliz.

Aproveite e tire alguns pequenos intervalos para andar, tomar um café ou desestressar. Arrume sua mesa para deixa-la o mais organizada possível. Se organize para não ter que fazer horas extras.

Quantos mais harmonioso seu ambiente de trabalho, menos ódio você vai guardar no seu coraçãozinho.

Saia do emprego

yddYWCB

Nada deu certo? Vaza logo dessa, porra. Mas calma, trabalhe para que as condições sejam as mais harmoniosas possíveis na hora de jogar tudo pro alto.

Descubra se existem planos para fazer cortes na empresa e ofereça sua vaga. Sair com FGTS e seguro desemprego é melhor do que sair sem nada. Não consegue ser demitido? Comece a guardar dinheiro.

Pare de gastar dinheiro na balada, com pinga ou mulheres. Noitada nenhuma vale a infelicidade de 5 dias por semana pro resto da vida. Foque no que vai precisar para os próximos meses. Junte uma grana para que você possa se demitir e ter tempo de folga para correr atrás de outra vaga.

Se não consegue juntar a grana necessária comece a disparar currículos e procure um emprego melhor. Continue tentando. O mercado tá ruim? Vá atrás de uma especialização que te faça melhor. Seja melhor.

O que importa é que você não aceite a infelicidade como algo comum na sua vida. Vá buscar o que é seu. E seja feliz. :D

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »