Como ganhar a família da sua namorada

Você não namora a família da sua namorada, você namora a sua namorada, então, por isso mesmo, não há problema algum em não morrer de amores por todo mundo que divide sangue com ela.

Mas a boa convivência é, sim, a chave para um relacionamento mais leve. Imagina só, encarar uma sogra que não vai com a sua cara ou precisar encontrar todos os finais de semana um cunhado que te odeia?

Para ganhar a família da sua namorada, ou pelo menos conquistar um espaço entre eles sem se sentir incomodado, tente seguir esses passos:

Se você não for um idiota, seja você mesmo

A gente já disse que você não pode mudar a sua personalidade para conquistar uma garota, certo? O mesmo vale para a família dela.

Não se preocupe com a sua timidez, por exemplo. Provavelmente ela vai ser sua aliada quando você for conversar com os pais da sua namorada, eles vão sentir que você está tímido e esse é um sinal de humildade.

Porém, se você já ouviu de alguém que você costuma bancar o “sabe tudo” em todas as conversas, é melhor repensar suas atitudes – não só com os pais da sua namorada, mas com todas as pessoas ao seu redor.

Em uma conversa, é bem desagradável ter alguém que parece saber tudo sobre tudo e ser o rei da verdade. As pessoas não costumam ir com a cara de sabichões, então, não banque um com a família da sua namorada.

Demonstre interesse no trabalho das pessoas, nas suas histórias e nos seus hobbies. Preste mais atenção e tente só falar de você quando você for questionado sobre alguma coisa.

Fale do seu futuro com segurança

É normal não ter tanta certeza sobre o seu futuro, mas não é legal falar isso quando está conhecendo seus sogros. A gente aposta que seus pais também não gostariam de ouvir isso da sua namorada, certo? Então, tenha um plano, mesmo que simples, preparado quando for conversar com eles.

Se você ainda estiver se preparando para o vestibular, seja honesto sobre as suas dúvidas em relação à carreira, mas demonstre confiança quando falar sobre sua vontade de trabalhar ou de fazer o que gosta.

Se você já está trabalhando, este tópico é ainda mais fácil. Demonstre certo entusiasmo sobre o seu emprego – sem parecer um maluco fanático, é lógico – e tente não falar mal do seu chefe. Você pode odiar o seu gerente, por exemplo, mas seu sogro não precisa te ver reclamando dele.

Você não precisa, entretanto, dizer que ama o seu emprego quando na verdade você odeia.

Seja você mesmo, lembra? Se você estiver infeliz com o seu trabalho, você pode incluir esse tópico na conversa, mas demonstre um plano.

O importante é fazer com que a família da sua namorada perceba que você está preocupado com o seu futuro.

Faça seu dever de casa

Esta dica é importante, mas perigosa: tente descobrir pontos da personalidade e da vida dos parentes que você vai conhecer. Por exemplo, se você vai em uma festa para ser apresentado aos seus cunhados, é legal saber com o que eles trabalham, por exemplo.

Mas tome cuidado para não sair conversando sobre detalhes pessoais! Se você fizer isso, pode parecer um maluco em vez de parecer alguém simplesmente interessado.

Na hora de pesquisar sobre eles, entretanto, vale descobrir alguns desses detalhes pessoais para não cometer nenhuma gafe. Por exemplo: sua cunhada já engravidou mas perdeu o bebê? Então, quando estiverem conversando e surgir algum assunto sobre crianças, é melhor tomar cuidado com o que diz.

Beba com eles

Se você, por algum motivo, não ingerir bebidas alcoólicas, tudo bem. Pule este passo! Mas, se você costuma beber socialmente, beber com a família da sua namorada é um bom jeito de criar laços e intimidade.

Quando te oferecerem um vinho ou uma cerveja, aceite e tome com eles. Use esse tempo para relaxar e aproveite. No fim do dia, você vai ver que a experiência não foi tão ruim e até vai perceber que gostou da família.

Deixe que eles ganhem

Olha, aí vai uma dica polêmica mas honesta: certa vez, um amigo meu foi jantar na casa dos pais da namorada logo na primeira semana de namoro.

Depois do jantar, ele aceitou jogar uma partida de um jogo de corrida no videogame. Foi divertido, ele já estava se enturmando com o cunhado mas, nas eliminações do jogo, ele acabou jogando contra a sogra.

Ele ganhou. Passou pela linha de chegada 3 minutos antes da sogra e ficou comemorando depois. O problema é que a mulher era bem competitiva e não gostou muito da brincadeira.

Então, se você ainda não conhece direito a família da sua namorada e não tem intimidade com eles, tome cuidado com a empolgação e se controle.

Também não é para parecer que você está deixando eles ganharem de propósito, mas tenha bom senso.

Cuidado na hora de torcer

Coincidentemente, você saiu com seu cunhado ou com o seu sogro no dia de uma partida do seu time contra o dele. Com a intimidade, vocês vão aprender a rir disso. Sem a intimidade, pode rolar um climão, então, tome cuidado para não se empolgar na torcida e nem para comemorar muito ao lado dele quando o time do cara levar um gol.

Se o seu sogro ou cunhado ficar te provocando, sinta o clima da brincadeira. A gente sabe quando alguém faz algo para nos constranger e quando a pessoa está simplesmente brincando. Sinta o clima e entre nele, mas com cuidado.

Desconfiou que é uma armadilha? Pule fora. Dizer que não curte tanto futebol pode ser um tiro pela culatra, e falar que você “não é tão competitivo” pode soar como uma provocação. Então, simplesmente dê risada e tente desviar o foco comentando sobre alguma notícia que ouviu sobre algum dos jogadores, por exemplo.

Ah, essa dica também vale para política! Infelizmente, muitas pessoas acabam encarando a política como encaram o futebol, e se o seu sogro for uma dessas pessoas, é melhor reagir da mesma maneira que citamos acima.

Coma

Se você não for alérgico ao prato que sua sogra serviu, coma. Não há desculpas. Sua namorada provavelmente disse para os pais dela o que você gosta ou não gosta de comer, mas, se ela não fez isso, não seja sem educação.

Por mais que você não seja tão fã de frutos do mar, coma pelo menos um pouco para não deixar seus sogros sem graça.

Se você não curtir salada, por exemplo, não fale isso logo de cara. Eles podem achar que você é meio fresco e mimado, então, se controle.

Ofereça ajuda para lavar a louça e tire seus pratos da mesa. Se você faz isso na sua própria casa – ou pelo menos, deveria – por que não fazer na casa dos outros?

Diga que quer vê-los outra vez

É sério! Diga que você quer encontrá-los de novo, isso é importante. Eles vão se sentir queridos e, consequentemente, você também. Fale, por exemplo, que da próxima vez você quer levá-los para jantar em algum lugar que gosta, ou quer preparar uma reunião na sua casa, por exemplo.

Mas demonstre que você gostou de conhecê-los.

Quando seu sogro for um babaca, tenha calma

Olha, isso acontece. Às vezes, o seu sogro, sua sogra ou seu cunhado podem fazer de tudo para te deixar constrangido ou você pode perceber que eles são meio babacas.

Quando você sentir que o clima apertou, quando você ouvir algo que não concorda ou um comentário muito sacana sobre algum assunto ou pessoa, não faça parte da conversa, não finja que você concorda quando você não concordar mas não entre em uma discussão sobre isso. Fique quieto, sorria, tente mudar o foco da conversa – sem parecer desesperado – ou simplesmente fale que precisa ir no banheiro.

Uma boa estratégia quando perguntarem sua opinião sobre algo que não concorda, – mas eles sim – é dizer algo como: “é, isso é complicado” ou tentar contornar a conversa de modo que eles continuem compartilhando a opinião deles sem você se expôr.

Que fique claro: essas dicas valem quando você sentir hostilidade e agressividade em uma conversa. Quando o clima for leve e você sentir que a conversa também é, dê sua opinião de um jeito educado! Isso vai mostrar pra eles que você não é alienado sobre certos assuntos.

Mas você com certeza sabe diferenciar alguém que realmente quer debater de alguém que só quer reforçar seu próprio pensamento e ser bajulado, certo?

Se alguém da família está tentando te deixar constrangido de propósito, não entre na pilha errada. Sorria, encare tudo numa boa e tenha muita, muita paciência.

Você tem que ter jogo de cintura, mas não saia de perto da pessoa como se estivesse fugindo das provocações, fique um tempo com ela, tenha bom humor e, depois, parta para conversar com alguém que realmente queira te fazer se sentir confortável.

No fim do dia, saiba que você tem a sua namorada do seu lado e eles não vão mudar isso.

Em geral, fique tranquilo! A grande maioria dos pais vão querer te fazer se sentir bem e confortável, afinal, a filha deles gosta de você. Aproveite o momento para conhecer gente nova e fazer amizades, você vai acabar amigo do seu cunhado ou do primo da sua namorada, pode ter certeza.

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »