13 Cervejas Alemãs que você precisa experimentar

Cerveja Alemã

Quando o assunto é cerveja, não se pode deixar de lado a vocação e a tradição da Alemanha para o assunto. Não é pra menos.

+ Descubra algumas das melhores cervejas feitas pelas regras da Escola Inglesa
+ Confira uma seleção de cervejas para tomar no inverno

Os germânicos têm a honra de criar e organizar a Oktoberfest, a maior festa cervejeira do mundo. Além disso, contam com mais de 1300 cervejarias, sendo o país o terceiro maior produtor de breja do mundo e consumindo internamente quase 90% de toda sua produção.

Exigentes, os alemães criaram a Lei de Pureza, que obrigava os produtores a fazerem a cerveja com somente três ingredientes básicos: água, malte de cevada e lúpulo (na época eles não conheciam as leveduras).

O principal objetivo era evitar que milho, arroz e outros cereais mais baratos fossem usados para a produção da bebida, diminuindo a qualidade da mesma.

Oktoberfest 2010 - Opening Day

Para você entender um pouco mais das cervejas alemãs separeis alguns dos principais rótulos que são vendidos aqui no Brasil. Confira:

Paulaner Hefe-Weissbier Naturtrüb

Paulaner Hefe-Weissbier Naturtrüb - cerveja alemã

Com a cor amarela turva, notas de banana e cravo, a cerveja é tradicional na Alemanha e exportada para vários países. A cervejaria é patrocinadora oficial do Oktoberfest Fest e do Bayer de Munique, estando presente inclusive nas comemorações de título.

  • Teor alcoólico – 5,5%
  • Estilo – German Weizen
  • Temperatura ideal – 5- 7ºC

Oettinger Pils

Oettinger Pils - cerveja alemã

Essa é a pilsen deles e, assim como cá, também o tipo de cerveja mais consumido no país. Conservando as leis de Pureza Alemã, ela é um puro malte, com amargor pronunciado e servida em copos de tulipa. Na Alemanha, ela é muito popular por ser vendida a 35 centavos de euro a garrafa de meio litro.

  • Teor alcoólico – 4,7%
  • Estilo – German Pilsner
  • Temperatura ideal – 0- 4ºC

Weihenstephaner Vitus

Weihenstephaner Vitus - cerveja alemã

A cerveja de trigo, dourada, com leve amargor e aroma de especiarias, já conquistou por diversas vezes o prêmio de melhor cerveja do mundo (World Beer Awards). O rótulo especial passa por um estágio mais longo de armazenagem a frio nos porões da cervejaria, para aprimorar o sabor.

  • Teor alcoólico – 7,7%
  • Estilo – German Weizenbock
  • Temperatura ideal – 8- 12ºC

Erdinger Wibier Dunkel

Erdinger Wibier Dunkel - cerveja alemã

Com um sabor encorpado de lúpulo e malte tostado, o rótulo ganha uma segunda fermentação dentro da garrafa. A cervejaria, que produz 1,5 milhão de hectolitros, é considerada a maior produtora de weissbier do mundo.

  • Teor alcoólico – 5,6%
  • Estilo – German Dunkelweizen
  • Temperatura ideal – 8- 12ºC

Dab Original Dortmunder

Dab Original Dortmunder - cerveja alemã

Do estilo Dortmunder Export (produzido na cidade de Dortmund), é um símbolo da cultura cervejeira alemã. Tem a cor dourada brilhante, amargor pronunciado e notas de lúpulo.

  • Teor alcoólico – 5%
  • Estilo – Dortmunder Export
  • Temperatura ideal – 5- 7ºC

Aecht Schlenkerla Rauchbier Märzen

Aecht Schlenkerla Rauchbier Märzen - cerveja alemã

Fabricada desde 1678, na cidade de Bamberg, é considerada a mais tradicional do estilo rauchbier da Alemanha. Cerveja bem escura, aromática, de fermentação inferior, feita 100% de maltes defumados. Por seu sabor que divide opiniões, já ganhou prêmios em categorias que variam de “a mais esquisita cerveja do mundo” a “melhor especialidade culinária”.

  • Teor alcoólico – 5,2%
  • Estilo – Rauchbier
  • Temperatura ideal – 7- 8ºC

Schneider Weisse TAP5

Schneider Weisse TAP5 - cerveja alemã

Medalha de prata no Brewing Industry Awards 2011, a cerveja de trigo tem foco no lúpulo e foi feira em parceria com a cervejaria norte-americana Brooklyn. Boa para acompanhar pratos apimentados e exóticos.

  • Teor alcoólico – 8,2%
  • Estilo – German Weizenbock
  • Temperatura ideal – 5- 7ºC

Hofbräu Original

Hofbräu Original - cerveja alemã

Fabricada em uma das cervejarias mais famosas do mundo, o rótulo traz a atmosfera de Munique. Refrescante, levemente amarga e picante, é produzida de acordo com a Lei de Pureza, sem aditivos químicos, corantes, conservadores ou cereais não maltados.

  • Teor alcoólico – 5,1%
  • Estilo – Munich Helles
  • Temperatura ideal – 0- 4ºC

Ayinger Celebrator Doppelbock

Ayinger Celebrator Doppelbock - cerveja alemã

Única Doppelbock a atingir a nota 100 no ranking ratebeer, o rótulo foi classificado entre as melhores cervejas do mundo pelo Testing Institute Chicago várias vezes e já ganhou inúmeras medalhas de platina. Tem um sabor de malte dominante, ela que é uma receita originária de monges. A tonalidade é quase preta e conserva um gosto de café.

  • Teor alcoólico – 6,7%
  • Estilo – Doppelbock
  • Temperatura ideal – 5- 7ºC

Früh Kölsch

Früh Kölsch - cerveja alemã

Refrescante, com coloração amarelo-dourada, bem maltada e levemente frutada, ela é a terceira maior cervejaria do estilo Kölsch de Colônia. Mais leve do estilo e menos amarga, foi produzida com o objetivo atingir mulheres e mais jovens.

  • Teor alcoólico – 4,8%
  • Estilo – Kölsch
  • Temperatura ideal – 5- 7ºC

Köstritzer Schwarzbier

Köstritzer Schwarzbier - cerveja alemã

A cerveja Preta mais famosa da Alemanha tem toques de café e chocolate amargo, conservando um aroma levemente azedo. Com um suave sabor de lúpulo, popularmente é considerada uma pilsen preta.

  • Teor alcoólico – 4,8%
  • Estilo – Munich Helles
  • Temperatura ideal – 8- 12ºC

Uerige Doppelsticke

Uerige Doppelsticke - cerveja alemã

A cerveja extra-forte tem 8,5% de álcool e leva muito malte. Tem bastante amargor e nuances de chocolate e rum no paladar. Foi fabricada a pedido de um importador americano, que queria uma cerveja superforte para o paladar americano.

  • Teor alcoólico – 8,5%
  • Estilo – Specialty Beer
  • Temperatura ideal – 13- 15ºC

Schneider Aventinus Weizen-Eisbock

Schneider Aventinus Weizen-Eisbock  - cerveja alemã

A cerveja com alto teor alcoólico e notas de ameixa, banana e baunilha surgiu por um erro de transporte. Na década de 40, um lote foi enviado de caminhão para Baviera sem controle de temperatura. A bebida foi parcialmente congelada e a fermentação foi concentrada, separando parte da água do líquido. O resultado é uma bebida muito mais complexa. Com o sucesso, a cervejaria agora repete o processo dentro de suas instalações.

  • Teor alcoólico – 12%
  • Estilo – Eisbock
  • Temperatura ideal – 8 – 12ºC

Compartilhe


Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Produtos para Barba, Cabelo, Corpo e Acessórios Masculinos
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
esporte de um jeito diferente
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
O Cinema do Brasil no Mundo
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Clube de Assinatura de Cervejas Especiais
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »