Por que algumas pessoas adicionam água no whisky

whiskey

Homem que é homem bebe whisky cowboy. Afinal, uma bebida que levou de 8 a 21 anos em um barril, deve ser apreciada em seu estado natural, certo? Então, por que tantas pessoas – entre elas especialistas – insistem em adicionar água mineral na hora de beber a bebida maltada?

+ Motivos pelos quais você deve tomar whisky

+ Confira 13 rótulos de whisky que todo homem deveria beber antes de morrer

Em uma aula com o mestre Moizes de Barros, na Bartender Store, tiramos nossas dúvidas sobre a prática e explicamos para vocês. Se liga:

670px-Try-whiskey-with-water-Step-3

“Você pode fazer um comparativo de quando acordamos. Não temos toda aquela disposição do meio dia por exemplo. Inicialmente, acordamos tomamos um banho e vamos nos despertando”, explica o bartender Moizes de Barrros.

“O whisky é parecido. A bebida fica muito tempo parada em um garrafa. Precisa de oxigênio, de água para liberar seus aromas que estava ‘dormindo’ esperando para ser acordados e despertados. Em contato com água,  o whisky libera seus aromas mais complexos. Todas as nuances e notas florais, achocolatados, abaunillhados, frutados, spicy e diversos outros aromas são ressaltados”, conclui o professor.

Ou seja, a adição de água muda completamente a experiência sensorial de se experimentar um whisky, adicionando novas camadas e complexidades que você não sentiria se fosse tomar a bebida no estilo cowboy.

18kwxp9qzp9isjpg

Para quem gosta de química: As moléculas odoríficas são muito parecidas com as moléculas de álcool. Na bebida, elas acabam se misturando muito facilmente, o que dificulta sua vaporização e conseqüentemente seu descolamento para fora da bebida. Quanto mais álcool a bebida tiver, menos aromas são liberados.

Quando adicionado na bebida, a água acaba diluindo o etanol que – além de anestesiar a língua – “segura” cadeias de partículas de cheiro e sabor da bebida. Com essa quebra, outras substâncias se tornam mais voláteis e mais ressaltadas para o nosso paladas e olfato.

Os efeitos da adição de água se tornam mais notáveis quanto maior a graduação alcoólica do whisky, tendo efeito notável em bebidas com mais de 50%. Para quem quiser experimentar adicionar um pouco de água no seu single malte, a medida ideal é até um terço da dose de whisky servida e é recomendado que a água não esteja muito gelada. O mesmo processo também serve para o café e outras bebidas alcoólicas.

Logo, próxima vez que você estiver tomando um cowboy no bar e for querer tirar onda com alguém que adicionou água na bebida, saiba que aquela pessoa pode saber muito mais sobre whisky do que você.

Texto feito em parceria com a Bartender Store. Está procurando saber mais sobre o mundo da bebida ou comprar itens para o seu bar? Visite o site dos caras.

 

Comentários

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Bom Humor e Boa Bebida Liberados!
A Bartender Store é referência no seguimento de Coquetelaria e Bares por oferecer diversos produtos e serviços voltados para um público diverso e cada vez mais exigente
Inspiração para homens que querem ter uma casa ou home-office com identidade e que reflita a sua personalidade
esporte de um jeito diferente
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »