Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

Smart TV LED. OLED. 4K HDR. O mundo das TVs está cada vez maior, mas também mais confuso. Então, no cenário de hoje, como escolher uma TV?

Hoje, há uma gama ampla de aparelhos de alta definição (HD) e 4K Ultra HD nas lojas, desde telas simplesmente grandes até telas de última geração que distinguem as melhores TVs disponíveis.

As Smart TVs estão chamando a atenção por suas funções inteligentes, como o acesso à Internet e aplicativos ao estilo YouTube, Netflix, Globo Play e redes sociais. Porém, antes de cair no papo de vendedor ou sair comprando comprando qualquer modelo, vale a pena analisar alguns itens importantes!

Veja como escolher uma TV e não errar na hora de comprar a sua:

Quanto, em média, eu devo gastar?

Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

A principal resposta para esta pegunta é: qual o seu orçamento? Sempre damos dicas de economia por aqui, mas é importante lembrar que o seu limite é apenas seu.

Tenha isso em mente para começar a pesquisar TVs dentro do seu orçamento. Esta é a principal dica de como escolher uma TV!

Dito isso, vale lembrar que é possível encontrar TVs básicas por cerca de R$ 600. Mas nem sempre é o modelo ideal para você. Explicamos:

TVs HD de alta qualidade de 32 polegadas começam em cerca de R$ 1.000 – se você investir um pouco mais, cerca de R$ 1.800, você consegue encontrar TVs de 40 a 43 polegadas, um pouco maiores, algumas das quais com uma tela Ultra-HD de 4K de maior qualidade, que devem atender bem a maior parte do público.

TVs de 60 polegadas com tela curva ou com tela QLED de última geração podem ser encontradas a partir de R$ 6.500.

Então, por que pagar mais?

Segundo o portal especializado Guia da Compra, TVs top de linha terão tecnologia melhor e um design mais atrativo, muitas vezes com acabamentos metálicos e painéis mais finos.

O melhor processamento de movimento, por exemplo, é um diferencial nas TVs premium, o que significa que muitas vezes essas TVs terão imagens mais suaves, enquanto os modelos mais baratos podem, muitas vezes, ter imagens não tão nítidas.

TVs OLED – a tecnologia de tela amplamente considerada a melhor para contraste e movimento – podem ser encontradas por cerca de R$ 9.000 com uma tela de 55 polegadas, mas como você deve imaginar, o céu é o limite e algumas TVs OLED chegam até R$ 24.000.

De novo: tudo vai depender do seu orçamento.

Considere a tecnologia da tela

Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

Os avanços na tecnologia LED (diodo emissor de luz) fizeram com que as TVs plasma e as telas LCD tradicionais caíssem em desuso.

Pela estrutura, as pequenas luzes dos conjuntos de LEDs permitem que as TVs com essa tecnologia sejam mais finas do que as TVs LCD. Por isso, é importante levar isso em consideração na hora de pensar como escolher uma TV.

A maioria das TVs que você vê por aí possui telas LED padrão.

No passado, você provavelmente ouviu falar em TVs de plasma, mas essa já é uma tecnologia não tão comum. Hoje, é mais comum encontrar OLED (LED orgânico) ou QLED (pontos quânticos) nas TVs top de linha.

Qual a melhor? Bem, é uma briga. A LG diz que OLED proporciona a melhor qualidade de imagem possível, mas a Samsung trabalha com pontos quânticos.

Tamanho da tela

Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

Depois de considerar seu orçamento, vale pensar no tamanho disponível na sua sala ou quarto para colocar a TV. É possível achar Smart TVs “gigantes” com até 110 polegadas. Mas vale a pena?

É importante pensar no espaço que o dispositivo com esse tamanho todo irá ocupar: cerca de 190 cm (1,9 m) ou mais de largura.

Há ainda as smarts com tela mais modestas, entre 40 e 50 polegadas, porém, que atendem muito bem os consumidores menos exigentes. É importante ver alguns modelos pessoalmente para ter certeza da compra, conferir medidas completas e analisar seu tipo de uso diário.

LED ou LCD

As telas de cristal líquido (as famosas LCD) funcionam quando a luz de trás da tela brilha através de uma matriz de pequenas células coloridas de cristal líquido. Os sinais controlam cada célula, permitindo quantidades variadas de cor para construir a imagem.

Já os televisores LED – light-emitting diode – usam mais ou menos a mesma tecnologia de tela LCD, porém, com uma diferença: as lâmpadas de luz de fundo que tradicionalmente iluminam as TVs LCD são substituídas por um número maior de pequenos LEDs.

Estes são dispostos em torno da borda da tela ou espalhados por toda a parte traseira da TV.

As TVs com iluminação na borda são as mais comuns e melhores – pois permitem que as TVs sejam mais finas.

Como escolher a melhor marca de TV

Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

Apesar de várias marcas que têm suas Smart TVs, vamos focar apenas em quatro: Samsung, LG, Sony e Panasonic.

A Samsung é líder de mercado em TVs, seguida pela rival LG. Ambas têm muitas opções com uma ampla variação de preço. A Sony e a Panasonic possuem intervalos comparativamente menores, mas oferecem uma faixa de tamanho e tamanho semelhantes.

Além desses quatro gigantes das TVs, existem várias outras marcas menores, como a Toshiba, a Sharp, a Philips, a JVC e a Philco, todas com uma fatia de mercado menor, mas presentes com vários modelos na Brasil.

Na lista das melhores Smart TVs do ano passado, a primeira é da LG: a LG C8. A segunda, da Sony: Sony Bravia A8F – e a terceira, da Samsung: Samsung Q7FN.

HD ou 4K Ultra-HD?

Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

Sobre a qualidade da imagem: bem, este é um ponto bem discutível porque ultimamente uma onda de tecnologias inundou o mercado.

As TVs de alta definição são divididas em dois tipos. As TVs HD são mais baratas do que aquelas com tecnologia Full HD. As duas podem exibir transmissões de TV em HD, mas é melhor comprar uma TV Full HD se você tiver grana pra isso, pois isso significa que você também obterá o melhor dos filmes e jogos de última geração.

Porém, assim como todo item tecnológico, as TVs HD serão ultrapassadas em alguns anos. Os modelos que podem suportar esta resolução superior são chamados de TVs Ultra-HD 4K, e já compõem a maior parte dos modelos encontrados nas principais lojas.

As TVs Ultra-HD 4K custam a partir de R$ 2.000.

Essas TVs têm quatro vezes mais pixels dos que os modelos Full HD. Ou seja: podem exibir imagens ainda mais detalhadas e vibrantes.

Embora esteja limitada à TV fechada, aos serviços de streaming como Netflix e aos discos Blu-ray Ultra-HD por enquanto, a tendência é que a tecnologia Ultra HD 4k se torne padrão em imagens de alta definição em alguns anos.

HDR vale a pena?

 

Muitos conjuntos agora têm High Dynamic Range ou HDR. Um termo emprestado do mundo da fotografia, isso significa essencialmente que a TV pode exibir cores escuras mais escuras, brancos mais brilhantes e mais sutileza de tons entre eles.

Desde 2016, as TVs ultra-HD de 4K raramente vêm sem essa tecnologia adicional. Mas, como no 4K Ultra-HD, você precisa de conteúdo HDR para ver os benefícios. Ainda não existem transmissões de TV com essa tecnologia, mas uma parte do conteúdo no Netflix, alguns Blur-Rays e alguns jogos do Xbox One e Playstation 4 suportam HDR.

Essa tecnologia ainda não é tão difundida, mas vale a pena investir pensando no futuro.

Entradas

Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

Os modelos de Smart TVs mais atuais vem com entradas HDMI – tecnologia que te permite conectar seu computador, por exemplo, e transmitir imagens e som e alta resolução.

Esse plug também é importante para quem quer investir em jogos modernos. Além disso, normalmente há o USB, ideal para plugar pendrives e HDs externos.

Para conectar a internet via cabo, o aparelho precisa ter entrada LAN, isso permite uma conexão mais estável com a internet, ideal para assistir vídeos por streaming.

Então, dê uma olhada no manual ou site da fabricante se o seu modelo contém essas entradas básicas, para não ficar na mão quando precisar.

Vale a pena comprar gerações anteriores

Como escolher uma TV: o que considerar na hora de comprar sua Smart TV

Se você não está muito preocupado com os recursos e tecnologias mais recentes, vale a pena procurar modelos de gerações anteriores, com mais de um ano de lançamento.

Dessa forma, você não gasta tanto e garante uma boa Smart TV.

Com essas dicas de como escolher uma TV, você não arriscará uma compra ruim!

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »