Sábado, às 19h37, é o horário em que mais pessoas praticam sexo

Pesquisa revela o horário de dia da semana de preferência dos casais

Quer saber quando mais pessoas fazer sexo? Um estudo publicado no site Lovehoney descobriu que é no sábado, às 19h37. De acordo com a pesquisa, o dia da semana é o mais popular para a prática do sexo, eleito por 44% dos casais, seguido pelo domingo, que recebeu 24% dos votos, e das sextas-feiras, com 22%.

Quando o quesito é excitação, o horário de pico acontece na madrugada de sábado, às 4h33. A discordância de horário acontece porque um quarto das pessoas acorda com desejo sexual, mas somente 10% realizam a vontade por causa das pressões de trabalho ou do cotidiano.

De acordo com a pesquisa, poucas pessoas agem espontaneamente quando se trata de sexo. Quase metade dos entrevistados disse estar tão ocupados que precisavam fazer planejamento de tempo para o sexo.

“O agendamento das relações sexuais pode parecer nada romântico, mas descobrimos que a intimidade física regular é a chave para a felicidade geral do relacionamento, se essa é a única maneira, por que não?”, disse o co-fundador do site Richard Longhurst. A pesquisa ainda apurou que 62% dos casais têm dias específicos para noites românticas e, nessas datas, 88% fazem sexo.

E não é apenas a hora do dia que influencia a libido de homens e mulheres, mas também a época do ano. As pessoas querem fazer sexo muito mais no verão – apontado como a temporada mais sexy por dois terços dos entrevistados -, seguido pelo inverno, que teve 16% dos votos, a primavera, com 14%, e o outono, com 4%.

Fonte: Daily Mail

Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Homem também tem que ter estilo
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »