Por que você não deve fazer sexo em uma banheira de água quente

Por que você não deve fazer sexo em uma banheira de água quente

Tem o fetiche de transar em uma banheira? Saiba que você corre sérios riscos de encarar alguns problemas bem desagradáveis de saúde.

Se você já curtiu algumas horas na hidromassagem de um motel e nada grave aconteceu, deu sorte. Pelo menos, é isso o que alguns médicos dizem.

Transar na banheira pode provocar uma infecção séria por fungos e até erupções vermelhas na virilha. Normalmente, as mulheres sofrem primeiro com os sintomas, mas, depois, podem passar a infecção para o parceiro.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Isso acontece, segundo a Dr. Diana Hoppe, ginecologista da Califórnia entrevistada pelo jornal Daily Mail, por causa da mistura de produtos químicos com a água quente da banheira: “a união dos produtos de limpeza com o calor da água é um terreno fértil para o crescimento de bactérias nocivas e a proliferação de fungos”.

Segundo a médica, uma gama de produtos químicos são utilizados para encher a banheira em todos os estágios – do cano até, de fato, a banheira – e isso pode alterar o pH da vagina e encorajar o crescimento de uma série de bactérias e fungos.

Por que você não deve fazer sexo em uma banheira de água quente

A candidíase, por exemplo, uma das infecções por fungo mais desagradáveis que atormenta mulheres e homens principalmente no verão, pode dar as caras depois de uma transa na banheira de água quente.

Na banheira, aliás, a camisinha perde quase que completamente sua capacidade de proteger contra DSTs e contra a gravidez. A Dr. Hoppe explica que a água quente com cloro, além de remover a camisinha com facilidade, também pode afetar a eficácia do método contraceptivo.

Além das infecções causadas por fungo, há uma outra inflamação bem comum de acontecer depois de uma transa na banheira: a Foliculite por Pseudomonas. Ela é causada por uma mistura de bactérias na água que, ao entrar em contato com a pele durante o sexo, causam comichão e protuberâncias vermelhas na região da virilha – afinal, essa é a área que mais sofre atrito durante o sexo.

Ou seja, é melhor evitar transar dentro da banheira de água quente. Para reduzir os riscos de encarar qualquer um dos problemas acima, transe na beirada da banheira ou em qualquer outro lugar do quarto.

Se a banheira em questão for uma banheira de motel, triplique os cuidados, afinal, por mais higiênico que o estabelecimento possa parecer, não é muito legal transar em uma banheira onde vários outros casais já transaram sem ter a total garantia que nenhuma proliferação de bactérias sobreviveu, é?

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »