Uma lição simples sobre privilégio com uma bolinha de papel

Reprodução

Você acha que realmente conhece o que é privilégio? Pois saiba que, você que agora lê esta matéria leva inúmeras vantagens em cima de milhares de pessoas que nem imagina. Coisas que você acredita serem primordiais e básicas a todo ser humano, mas que são negadas a muitas pessoas que estão próximas a seu vínculo de conhecidos.

Se você ainda não acredita no que estou falando, vou apresentar uma lição simples e pontual, que circulou os sites de internet como um aprendizado que professores de faculdade americanas passam a seus alunos na sala de aula.

Com um simples papel amassado e uma cesta de lixo, determinado professor tinha como princípio básico ensinar o que era privilégio e mobilidade social para seu grupo de estudantes.

Reprodução

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

O professor começou a lição dando a cada aluno um pedaço de papel e pedindo que todos amassassem.

Logo em seguida, colocou uma lixeira no centro do quadro negro, na frente da sala e disse: “O jogo é muito simples – cada um de vocês fazem parte da população de um determinado país. E todo cidadão neste país tem a chance de crescer, ficar rico e pertencer às classes mais altas”.

Reprodução

Para passar para a classe alta, tudo o que você deve fazer é jogar seu papel amassado para o lixo enquanto está sentado em seu assento.

Os estudantes no fundo da sala, revoltados, imediatamente argumentaram: “Isso é injusto! As pessoas que estão sentadas nas primeiras filas tinham uma chande muito maior de acertar o cesto de lixo”.

Reprodução

Mesmo com a reclamação, todo mundo teve a chance de jogar a bolinha de papel e – como esperado – a maioria dos estudantes na frente acertou, enquanto apenas alguns alunos do fundo tiveram o êxito.

Depois da atividade, o professor concluiu, dizendo: “Quanto mais perto você estiver da lixeira, melhor as suas chances. Isto é o que se chama de privilégio”.

Reprodução

“Vocês notaram que os únicos que se queixaram sobre a igualdade de direitos eras os que estavam no fundo da sala?”

“Por outro lado, as pessoas que estavam na frente da sala eram muito menos propensos a ter consciência do privilégio em que nasceram. Mesmo muito próximo do seu objetivo em relação aos alunos mais afastados”.

Conclusão:

Reprodução

“O trabalho de vocês – como os estudantes que estão recebendo uma educação superior – é estar ciente de seu privilégio. E usar esse privilégio especial chamada “educação” para fazer o seu melhor para realizar grandes conquistas particulares, ao mesmo tempo que defendem os direitos e as oportunidades dos que estão nas fileiras mais atrás (e sem tantos privilégios quanto você”.

Depois de ver essa lição, sua concepção sobre direitos, igualdades e privilégios mudaram? Ou você ainda acha que pessoas com gêneros e etnias diferentes ainda são tratados de maneira igualitária?

Fonte: BuzzFeed

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »