Rota de fuga reúne Schwarzenegger e Stallone mais uma vez

061613ep_wp1_lg

Depois de uma breve parceria em “Mercenários” 1 e 2, Arnold Schwarzenegger e Sylvester Stallone, voltam a atuar juntos  no filme “Rota de Fuga”. Se no filme que reunia os grande ícones dos filmes de ação, Arnold aparecia apenas como coadjuvante de luxo, aqui o ex-governador divide as atenções do público com o Sly em um filme que  acerta em muitos pontos onde Mercenários falhou.

+ Como estão os principais atores dos filmes de ação dos anos 80
+ Confira os 6 Motivos para ver Mercenários 2
+ Veja os trailers de Rota de Fuga 

Na trama, Stallone vive Ray Breslin, uma autoridade mundial em construções de segurança máxima, especializado em projetar prisões à prova de fuga, que tem suas habilidades postas em xeque quando é acusado de um crime e encarcerado em um novo modelo de penitenciária. Schwarzenegger faz um colega de cadeia, que ajuda o personagem de Stallone a planejar uma fuga mirabolante.

O MHM assistiu ao filme e te conta como foi a nova parceria entre os dois atores. Confira:

O melhor de cada um
maxresdefault

Uma das principais qualidades do longa é saber explorar o que há de melhor em cada um dos dois atores. Stallone sempre flertou com o drama e suas lições de moral estão no filme. Assim como a necessidade de enfrentar o inimigo no braço.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Na mesma medida, Arnold relembra seus grandes papéis em “True Lies” e “Exteminador do Futuro 2”. Apostou, com sucesso, em seu carisma e um lado cômico para ganhar a simpatia do público. Ele também não deixa de lado seu gosto pelas grandes armas.

Os sexagenários em seus devidos lugares

Outra grande boa coisa é que o filme não fica martelando na questão de que os dois estão velhos e voltaram à ação, como outros filmes como “Red”, “O Último Desafio”, “Rocky Balboa” e o próprio “Mercenários” fizeram. Aqui, eles são apenas dois caras ‘fodões’ presos em uma situação extrema. Isso funciona tão bem hoje como funcionaria 20 anos atrás.

Há sim referências a outros filmes dos atores, mas ao contrário de “Mercenários”, aqui elas não são o ponto principal da trama e servem muito mais para agradar os fãs em pequenos momentos, do que sustentar a história. Dá para perceber que todos envolvidos na obra entendem da mística ao redor dos atores, como quando o Schawazza pega uma metralhadora ou o Sly houve um discurso motivacional após tomar uma surra.

escape-plan

Ponto falho

Um dos poucos pontos baixos do filme é uma reviravolta final um pouco desnecessária e que se destaca do clima que de tudo que estava rolando. Nada que vá estragar a experiência de ver os dois dinossauros juntos, mas poderia facilmente ter ficado de fora.

Quem é fã da dupla Schwarzenegger e Stallone, não vai ter o que reclamar de “Rota de fuga”. Um filme empolgante que relembra grandes filmes de ação como “Comando para matar”, “Rambo”, “Risco Total” e “True Lies”. Depois de muitos anos de espera, finalmente os fãs vão poder ver uma parceria entre os dois caras que faz jus a tudo que eles colaboraram para o cinema de ação.

Rota de Fuga – Trailer Oficial

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »