Feitos um para o outro, mas separados pela idade

feitos um para o outro, só que em tempos opostos

Costumo dizer que homens e mulheres foram feitos uns para os outros, o único problema é que nasceram em épocas opostas. Talvez isso seja a causa e a consequência de tantos desentendimentos amorosos.

Duvida? Vou mostrar para você.

No início da adolescência, enquanto as garotas começam a desabrochar e mostram alguns interesses pelo sexo oposto, estamos nós, meninos, preocupados em passar a tarde toda jogando futebol com os amigos, empinando pipa e fazermos campeonatos de videogames.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Enquanto elas arriscam suas primeiras ficadas com os caras mais velhos do colégio, somos rejeitados por sermos desengonçados, esticados ou gordos, com a voz falha e braços longos demais. Nossa iniciação sexual ou nosso contato sexual mais intenso acontece nos sites de pornografia da internet.

O frescor da juventude

feitos um para o outro, só que em tempos opostos 2

Nessa época, são os homens os campeões em colecionar NÃOS e rejeições. Somos jogados a escanteio por elas sem dó nem piedade. Por aquelas que se tornam cobiçadas pelos mais novos, pelos da mesma idade e pelos mais velhos, por seus corpos em plena formação, com tudo em cima. A mulher, nessa época, guarda o frescor da juventude e é feliz por ignorar por completo a lei da gravidade.

Na próxima fase da vida, levada pelo cinema, pelas revistas de comportamento e pelas fábulas infantis que ficaram na sua cabeça, as mulheres sentem a necessidade de viver um romance de verdade. Precisa encontrar um cara que valha a pena para namorar, ou mesmo para desenvolver uma experiência sexual satisfatória. São intensas, choram, terminam e voltam como nunca.

Não precisa nem dizer que o homem, na mesma idade, está um passo atrás. Não tem status e nem maturidade para encarar um relacionamento romântico desse tipo. Enquanto ela imagina o sexo como um jantar a dois em um restaurante requintado, o homem pensa na transa mais como uma passada à tarde no fast food da esquina: rápido e o suficiente para encher a barriga naquele momento, mas sem critério algum. Priorizamos a quantidade do que qualquer coisa.

Enquanto elas precisam de um companheiro para as aventuras, nós precisamos de alguém que saibam conduzir-nos.

A bomba do Relógio biológico

feitos um para o outro, só que em tempos opostos 3

O jogo só muda quando o relógio biológico da mulher bate e ela sente que precisa de um progenitor para seu projeto de ser mãe. Aí, é um Deus nos Acuda!

Da mesma forma como o tempo eleva a mulher a uma condição de princesa aos 20 anos, na década seguinte é o mais cruel dos vilões. Se a mulher ainda não conseguiu um companheiro, para a família e amigas, ela precisa parar de ser tão ‘complicada e perfeitinha’ e aceitar o que estiver disponível no mercado.

Os níveis de critérios despencam mais que a fortuna de Eike Batista. O protagonista para suas histórias de amor pode até dar lugar a um figurante de um filme de segundo escalão.

Por outro lado, o homem, já munido de suas experiências e frustrações, chega aos 30 anos no auge, com seu peso valendo ouro. Sua família e amigos encorajam a se acertar na vida e aproveitá-la ao máximo antes de escolher uma parceira para a vida toda.

Começa a ganhar sua independência financeira e pessoal, tem mais repertório do que um moleque de seus 20 anos, sabe lidar com uma mulher e passou da fase do oba oba das micaretas. Ganhou maturidade no paladar e nos relacionamentos. Agora é ele que é admirado pelas mais novas, cobiçado pelas da mesma idade e ganha olhares até das mulheres mais maduras.

Visões opostas na sociedade

As convenções sociais levam os homens nesta idade a serem tidos como ‘vividos’, enquanto as mulheres são rotuladas como ‘peças de segunda mão’. O passear do pai com o filho pode resultar em um afrodisíaco e sinal verde para o sexo oposto chegar. Já para elas, o pequeno ao lado pode representar um sinal de ‘afaste-se, perigo!’ para o público masculino.

É por essas e outras que levo em conta o que disse Leo Jaime, no livro Cabeça de Homem:

“É como se a vida da mulher de 30 anos a colocasse em posição diametralmente oposta à do homem da mesma idade. As mulheres de 20 e os homens de quarenta parecem afinados. Assim como os homens de 20 e poucos com as mulheres de 40. Isso faz com que esses casais assimétricos sejam cada vez mais frequentes”.

Entendeu agora quando falo que a principal causa para os desentendimentos amorosos dos casais está relacionada as fases opostas que eles vivem na vida?

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »