Faces da Morte é uma farsa e enganou todo mundo por décadas!

Faces da Morte é uma farsa e trollou todo mundo por décadas!

Se você cresceu nos anos 1980 e 1990 e curte filmes de terror, provavelmente se lembra da série “Faces da Morte”. O primeiro filme da série foi lançado em 1979, mas chegou aqui no Brasil apenas nos anos 1980, e, mesmo assim, chocou até aqueles que estavam acostumados com as imagens fortes de filmes de horror. O motivo de tanto espanto? As cenas em “Faces da Morte” eram reais.

Por causa das cenas explícitas de acidentes, assassinatos, sexo e mutilações, os filmes foram banidos em mais de 40 países, como Nova Zelândia, Austrália, Noruega e Finlândia.

Se você já assistiu algum vídeo da série, sabe que as imagens eram bastante convincentes e perturbadoras e, por isso, até se questionou sobre a veracidade da produção. Mas como a série é fruto de uma época em que o bom senso parecida não existir, era fácil acreditar que tudo aquilo era real.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Pois é: muita gente foi enganada por pensar justamente assim. A série “Faces da Morte” foi um hoax – termo utilizado na internet para designar farsas que conseguem enganar um grande número de pessoas – que se popularizou nos videocassetes do mundo todo.

Nos anos 1980 e 1990, era fácil cair em uma história dessas. Você provavelmente se lembra da polêmica que surgiu em torno do filme “A Bruxa de Blair” que, mesmo depois de meses do seu lançamento, continuava enganando os espectadores que tinham certeza da veracidade da produção.

Porém, ninguém imaginava que esse seria o caso de “Faces da Morte”, afinal, a série não alcançou o grande público – como aconteceu com a Bruxa de Blair – e era restrita ao boca a boca dos corredores escolares. Por causa do seu ar de produção transgressora e underground, ele se popularizou apenas em um público restrito.

Por isso, ninguém conversava muito sobre o filme com pessoas fora do seu ciclo. Assistir “Faces da Morte” era um segredo e, por isso, ninguém investigava se as imagens eram reais ou não.

Além disso, a qualidade das imagens era bem precária e elas eram reproduzidas em videocassetes instalados em televisões de tubo com poucas polegadas. Ou seja: era ainda mais difícil observar os detalhes e enxergar uma possível armação.

Hoje, um hoax assim é inimaginável.

A revelação da farsa foi realizada no lançamento da coleção de DVD da série, na comemoração dos 30 anos do primeiro filme.

Entre as cenas do DVD, há um documentário chamado The Death Makers, um Making Off da série. Nele, quase todos os segredos são revelados: os cérebros dos macacos eram feitos de couve-flor, os homens assassinados eram atores, e luta entre cachorros era intensificada com geléia. Enfim, todas as cenas foram fabricadas. Ou pelo menos, eram fabricadas as cenas que não eram historicamente reais e retiradas de documentários sobre grandes acidentes da humanidade.

No fim das contas: ainda bem, né?

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »