A importância da linguagem corporal em uma entrevista de emprego

tim-roth-as-dr-cal-lightman-in-lie-to-me

Mesmo que a gente não perceba, nosso corpo projeta nossas emoções, inseguranças e pensamentos. De forma inconsciente, nossas sobrancelhas, braços e postura refletem aquilo que passa dentro da nossa cabeça. Ainda mais em momento de tensão, como uma entrevista de trabalho.

Não é a toa que hoje profissionais de Recursos Humanos tem se especializado cada vez mais em linguagem corporal para sacar se você está contando uma mentira ou se está nervoso. E não é a toa. Estudos apontem que 70% da nossa comunicação tem seu alicerce em gestos e ações posturais.

Por isso, é fundamental passar uma boa imagem através da linguagem corporal e demonstrar confiança, credibilidade e interesse pela empresa em que se almeja trabalhar.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

O professor Luiz Eduardo Gasparetto, especializado em Recurso Humanos, dá algumas dicas das melhores posturas para uma entrevista de emprego. Se liga:

maxresdefault

Postura: Procure se sentar de forma ereta e cabeça erguida evite se jogar na cadeira ou ficar balançado.

Braços cruzados: São relacionados a uma postura defensiva, podem apontar que o entrevistado não se sente confiante ou confortável.

Corpo inclinado em direção à outra pessoa: Demonstra interesse e empatia pelo o que é dito, pela outra pessoa e pelo assunto tratado.

Apresentação: Ao se apresentar procure não manter uma ação intima, um aperto de mão é suficiente para o contato inicial.

entrevista_emprego

Ansiedade: Controle a ansiedade, atitudes como ficar balançando os pés, pernas mexendo ou batendo canetas nas mesas. Isso representa um visível estado de nervosismo e desconforto. A entrevista é um momento que requer controle e calma, pois representa uma oportunidade de tratar sobre a experiência profissional e conhecer as propostas da empresa.

Contato visual: Procure olhar diretamente para o entrevistador, mas sem encará-lo, isso implica em demonstrar atenção e interesse. Olhar cabisbaixo pode demonstrar timidez e para os lados aponta indecisão ou discordância.

Gestos repetitivos: Realizar gestos repetitivos pode demonstrar insegurança e ansiedade.

mastering-job-interview

Sobrancelhas: Tendem a revelar informações, quando passam uma atitude afirmativa costumam estar arqueadas, transparecendo interesse, e caso aparentam estar franzidas podem significar dúvida ou falta de compreensão;

Gestos com as mãos e braços: Ao usar esses gestos deve ter em mente o equilíbrio, sem exageros. Se utilizados corretamente podem demonstrar convicção naquilo que é afirmado, porém se usado de forma exacerbada pode cair na repetição e contar com o efeito negativo.

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »