9 Coisas que você nunca deve deixar de lado por causa de um relacionamento

Créditos: Shutterstock

Muitas pessoas veem o relacionamento com uma tábua de salvação, a luz no fim do túnel ou o único barco viável para a travessia de sua vida. Eu não.

Antes de entrar em qualquer relacionamento, eu recomendo que a pessoa esteja realmente preparada, segura de si, com uma boa autoestima. Caso contrário, a vida a dois só vai potencializar as falhas e insegurança que cada um carrega dentro de si e transmiti-la ao outro.

Se um bom envolvimento pode ajudá-lo a crescer e descobrir uma felicidade mútua, alguns maus relacionamentos podem afetar drasticamente a vida dos dois.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

A regra prática que uso aqui é simples: antes de saber o que fazer, você deve saber o que não pode ser feito. No caso da vida compartilhada, jamais entre em uma relação se você estiver disposto a sacrificar estas coisas abaixo:

1# Sua felicidade

A felicidade depende muito mais de fatores internos do que externos. Mas, se a sua companheira está minando seus momentos felizes e levando você pra baixo, você precisa repensar. É claro que você não precisa fingir um sentimento que não tem e, por diversas vezes, você (ou ela) não terá boa disposição.

Mas, se existe deliberadamente uma intenção da parceira em deixá-lo mal, você tem que sair desse envolvimento. Se você quiser fazer alguém feliz, primeiro precisa trabalhar este sentimento dentro de si mesmo. Se alguém não é capaz disso, não pode ter um relacionamento saudável.

2# Sua alegria

Créditos: Shutterstock

O que faz você feliz? Não há nada melhor do que poder rir descontraidamente com seus amigos, sua parceira em coisas que vocês fazem juntos. Considero que ser feliz e divertir-se deveria ser os princípios fundamentais que regem a vida a dois. Para isso, sua companheira deve respeitar seus momentos de alegria com ela e sem ela presente. Afinal, quem gosta quer ver o outro bem. Ou não?

3# Sua liberdade

Créditos: Shutterstock

Vejo muitos problemas em relacionamentos em questão deste ponto. Algumas pessoas acham que o envolvimento é uma espécie de prisão, onde a outra pessoa só tem o direito de sair e se divertir acompanhada dela ou em esporádicos banhos de sol assistidos. Ledo engano.

Um relacionamento saudável envolve parceiros terem um tempo juntos e também conservarem um tempo para terem sua liberdade sem o outro por perto. Você precisa ter total liberdade de sair sem se preocupar com sua parceira em infinitas ligações querendo saber com quem você está, o que está fazendo e que horas volta pra casa.

Quem quiser aprontar não vai escolher momento ou ocasião, faz a qualquer hora e lugar (no trabalho, na balada ou indo comprar pão na padaria). Já o sentimento de posse é um grande indicador de insegurança e este problema é pessoal e cada um tem que consertar sozinho (e não envolver uma outra pessoa nisso). Ninguém é dono de ninguém, por isso todos precisam ter sua liberdade e espaço para viver.

4# Sua paz interior

Créditos: Shutterstock

Em meio a uma vida atribulada e com diversas responsabilidades, não tem dinheiro que pague o seu bem-estar interior. Ele é mais que necessário para você alcançar seu equilíbrio. É sua fortaleza quando as coisas externas não estão bem.

Agora, se a pessoa ao seu lado faz, frequentemente, você se sentir ansiosos, irritado, nervoso, puto da vida, você precisa repensar este envolvimento. Questione se realmente é necessário viver neste conflito, se isto é temporário ou é algo comum. Se não há solução viável e diálogo possível, a melhor coisa é deixar a pessoa ir.

5# Suas experiências

Créditos: Shutterstock

A vida é feita de experiências. Se elas serão boas ou ruins, só o tempo vai dizer. Mas, é na construção dessas coisas que moldará sua personalidade, sua identidade e sua visão de mundo.

Se a sua parceira anda na contramão das coisas que você sonha em fazer ou realizar, é melhor deixar de lado a vida a dois. Um companheiro não pode podar o outro, e sim incentivá-lo a ser mais feliz e realizado.

6# Sua personalidade

Créditos: Shutterstock

Diferente do ator, que usa máscaras de interpretação de acordo com o palco em que vai atuar, a sua personalidade é algo intrínseco a você, que você deve se orgulhar e levar onde estiver. Se a pessoa ao lado quer mudar o seu jeito de ser só para moldá-lo ao perfil que ela considera ideal do companheiro, ela não te ama e nem te quer bem.

Você é apenas mais uma marionete na vida dela. E, provavelmente, quando ela conseguir o que quer vai largá-lo como um brinquedo usado e sair em busca de outro desafio. Quem ama, ama o outro pelo que é e não pelo que poderia ser.

7# Seus outros relacionamentos

Créditos: Shutterstock

É completamente normal quando você entra em um relacionamento se envolver com intensidade e profundidade na vida a dois e deixar o resto das sua vida momentaneamente de lado. É a chamada lua de mel.

Passado a paixão aguda, vocês vão retomando as atividades e, se a outra pessoa começa a criticar seus momentos com a família ou amigos, isso é um grande indicador de comportamento possessivo. Um envolvimento saudável respeita a individualidade e não precisa ser dependente para existir.

8# Seus sentimentos

Créditos: Shutterstock

O respeito deve ser algo que rege a vida a dois. Se, em algum momento, você observa que suas opiniões, sentimentos e ações são ignorados e julgados por sua parceira, repense. Uma vida a dois não é duas pessoas concordando com o que uma fala, mas um diálogo em que as duas se respeitam e construam um ponto de vista em comum.

9# Suas crenças e escolhas

Reprodução

Você é Palmeirense e ela, Corintiana. Você é espírita e ela, evangélica. Você gosta de cerveja e ela, não bebe álcool. Você consome carne e ela, vegetariana. A vida é feita de crenças e escolhas e ninguém tem o direito de impor o que é certo e tentar mudar seu estilo de vida. Toda mudança precisa ser algo interno e uma escolha individual para ser verdadeiro.

Se sua parceira não acredita ou faz as mesmas coisas que você, o relacionamento pode ser ainda mais rico. Agora se ela não respeita suas escolhas ou valores, não merece tê-lo ao lado.

Queremos saber de você: O que você nunca sacrificaria por um relacionamento?

Obs: como falamos para o homem, todas as nossas comparações leva em conta o relacionamento com uma parceira. Mas elas podem ser transportadas tanto para a visão masculina quanto feminina.

Inspiração: Lifehack

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »