Cerveja Adriática, a cerveja Puro Malte Centenária do Brasil

Leonardo Guimarães/Deu Zebraa


A Ambev colocou no mercado mais um novo produto na categoria super premium: a cerveja Adriática. Mas quem pensa que a cerveja Puro Malte é uma novidade, errou. Ela é um relançamento de uma receita feita em uma cervejaria da cidade de Ponta Grossa, no Paraná, no início do século 20.

Para quem não sabe, foi a própria cervejaria a ser responsável por criar a cerveja Original. Ficou curioso para conhecer este novo e, ao mesmo tempo, tradicional rótulo brasileiro? Apresento a você a história abaixo.

História da Cerveja Adriática

Leonardo Guimarães/Deu Zebraa
A Adriática iniciou sua história em 1893, com uma cervejaria chamada Grossel, de Curitiba, e que abriu uma filial em Ponta Grossa. O alemão Henrique Thielen, que veio para o Brasil com 9 anos, tomou o controle da cervejaria, logo depois se tornando sócio da marca.

Utilizando equipamentos trazidos de seu país natal, Henrique produziu seus primeiros quatro rótulos: Operária, Primor, Brilhante e Cachorrinha. Em 1917, a fábrica ganhou o nome de Companhia Cervejaria Adriática, modernizando a fábrica, produção e processos.

Surgimento da famosa cerveja Original

Leonardo Filomeno
Em 1928, a cervejaria passou a produzir uma nova cerveja e que ganharia fama posterior: a cerveja Original tipo Pilsen. No seu rótulo constava “Para amantes de cerveja fortemente dosada com lúpulo”. Logo, a bebida ganhou gosto popular e foi distribuída para o Rio, São Paulo e regiões.

Em 1945, Thielen vendeu a Cervejaria Adriática para a Cia. Antarctica Paulista. Foi desde então que a cerveja ganhou o nome que tem até hoje: Antarctica Original. O rótulo mantém alguns elementos da sua criação – como o fundo amarelo, a tipologia e o losango azul com a inscrição “pilsen”. Hoje a Original faz parte do portfólio da Ambev.

Renascimento da Adriática

A cerveja Adriática ficou disponível ao mercado até a década de 40. Depois da venda para a Antarctica, os rótulos foram descontinuados. Para resgatar de uma das primeiras cervejarias brasileiras e recolocar Ponta Grossa de novo na rota da Cerveja, a Ambev reconstruiu a fábrica, modernizou os processos e retomou a receita da cerveja baseada em uma fórmula de 1918, do mesmo jeito em que ela era produzida há mais de 70 anos.

Afinal, como é a Cerveja Adriática?

Leonardo Guimarães/Deu Zebraa
A cerveja Adriática tem 4,9% de teor alcoólico e entre 10 e 12 IBU’s (unidades de amargor). Ela é um rótulo puro malte, ou seja, só leva em sua composição malte de cevada e sem adjuntos cervejeiros.

Tem uma coloração dourada brilhante, puxando para uma tonalidade mais intensa. A sua espuma tem ótima formação e persistência, sendo um dos grandes destaques em relação aos outros rótulos. No aroma, um dulçor do extrato de malte presente, somado com um herbal do lúpulo. No paladar, o amargor é bem equilibrado e leve, mas não remanescente.

O texto continua abaixo, clique no botão para continuar a leitura

Na minha opinião, ela é uma cerveja com muito mais identidade e corpo que uma Original, mas que não conta com tanto amargor quanto uma Serramalte. É uma boa opção para se tornar uma tradicional cerveja de boteco, reunindo amigos em um clima descontraído e como uma boa opção de cerveja.

Onde você vai encontrar?

Leonardo Guimarães/Deu Zebraa
Assim como era a cerveja Original nas décadas passadas, a distribuição da cerveja Adriática é bem restrita em um primeiro momento. Apenas 500 bares divididos em SP Capital, RJ Capital, Ponta Grossa, Curitiba e Ribeirão Preto contarão com a cerveja prima da Original.

Assim como a Original era requisitada e item de colecionador para quem curtia a cultura de cerveja boteco, a Adriática chegou para tomar este posto, oferecendo a um bom custo-benefício, uma cerveja de qualidade e tradição.

► [TRANSPARÊNCIA] Este post foi patrocinado pela Cerveja Adriática. Experimentando o rótulo você ajuda o MHM a crescer e continuar postando conteúdos deste e de outros tipos para você.

Fotos: Deu Zebraa/Leonardo Guimarães

Os comentários são listados abaixo, clique no botão para comentar ou ler outros comentários
Importante - Os comentários realizados nesse artigo são de inteira responsabilidade do autor (você), antes de expressar sua opinião sobre temas sensíveis, leia nossos termos de uso

Canal do MHM

Recomendado para você

Populares

Parceiros

Estilo e Moda Masculina para o Homem Moderno
A gente também pode
Fique por dentro de todas as novidades do blog
O primeiro e maior blog de engenharia do Brasil
Caderno de receitas, culinária prática e rápida
Homem também tem que ter estilo
Pausa para Nerdices - Sua dose diária de entreterimento
Tudo sobre seu carro
Fique por dentro de tudo que acontece no Manual do Homem Moderno.

Cadastre-se e receba semanalmente os principais destaques do Universo Masculino »